Técnicas de venda para farmácias: testes rápidos

técnicas de venda para farmácias

Veja como agregar valor no atendimento do balcão e conheça as técnicas de venda para farmácias e aprenda vender testes rápidos de interesse ao cliente.

Os serviços de atenção farmacêutica são um conjunto de serviços que fornecem assistência farmacêutica, auxiliando as pessoas na promoção e proteção da saúde, detecção de riscos, autocuidado, adesão e acompanhamento de tratamentos.

Oferecer serviços é ter oportunidade de impactar e beneficiar a saúde dos clientes, ser um profissional reconhecido, gerar nova receita com prestação de serviços e ter oportunidade de aumentar o faturamento da sua farmácia.

Uma estrutura sustentável desses serviços de atenção farmacêutica é uma combinação entre o valor em saúde que você entrega e técnicas de venda para farmácias manterem e agregarem renda.

Se você já passou pela fase de estruturação da sala para serviços farmacêuticos, o próximo passo é tornar o seu negócio rentável financeiramente e aproveitar ao máximo o espaço e o dinheiro investido.

Não existe uma fórmula mágica para fazer isso acontecer, porém um bom começo é entender o valor que você entrega com o seu serviço e quais sãos os clientes que podem se beneficiar.

Pensando nisso, separamos aqui algumas técnicas de venda para farmácias com o objetivo de que aproveite as oportunidades diárias e aprenda a oferecer testes rápidos que podem ser facilmente vendidos agregando valor ao atendimento e cuidado com a saúde do paciente.

Vamos abordar os principais testes rápidos de acompanhamento ou rastreamento em saúde de doenças com alta prevalência e os benefícios de cada teste.

Teste Rápido de Perfil Lipídico: o que saber para vender

O teste rápido de perfil lipídico é um teste que permite a quantificação de diferentes frações lipídicas no sangue do indivíduo: colesterol total, HDL-C, LDL-C, Não-HDL-C e triglicerídeos.

Qual é o benefício que o cliente ganha ao fazer o teste?

A doença cardiovascular (DCV) é a principal causa de morte no Brasil e o número total está aumentando principalmente devido ao envelhecimento e ao adoecimento da população.

As dislipidemias (níveis elevados de lipídios no sangue) representam importante fator de risco cardiovascular e hipertrigliceridemia (níveis elevados de triglicerídeos no sangue) é fator de risco independente para a DCV, em especial doença arterial coronariana (DAC). 

A identificação dos indivíduos assintomáticos com maior predisposição à DCV é crucial para a prevenção efetiva com a correta definição das metas terapêuticas. 

O acompanhamento de pessoas em tratamento também é importante para avaliar eficácia do tratamento e alcance das metas terapêuticas estabelecidas de acordo com o risco cardiovascular de cada paciente.

Quando você oferece o teste rápido de perfil lipídico, você oferece oportunidade de cuidado com a saúde, avaliação do perfil do paciente e define plano de cuidado adequado, que pode ser encaminhamento médico e/ou medidas não-farmacológicas.

Técnicas de venda para farmácias que oferecem o teste rápido de perfil lipídico

As estatinas são as medicações de primeira escolha para o tratamento da hipercolesterolemia (colesterol alto).

Sabendo isso, um ponto é certo: o teste pode ser oferecido para todos que procuram a farmácia para comprar esses medicamentos.

Se você vivencia a rotina de uma farmácia, você certamente sabe que as vendas de estatinas (sinvastatina, rosuvastatina, atorvastatina, entre outras) são diárias.

Os clientes que compram esses medicamentos são potenciais clientes para o teste rápido de perfil lipídico.

A venda de fibratos (exemplos: ciprofibrato e fenofibrato) e ômega 3 também são muito comuns e pode ser mais um momento para oferecer o teste. 

Outros clientes que podem se beneficiar muito desse serviço são pacientes diabéticos. Isso porque essas pessoas têm, no mínimo, risco cardiovascular intermediário.

O ideal é conversar com o cliente que está comprando o medicamento, perguntar como é o acompanhamento médico e a rotina de exames para, se necessário, oferecer o teste e explicar os riscos da DCV e os benefícios que ele pode ter ao ser atendido por você.

Você já percebeu também que as técnicas de venda para farmácias precisam ter o foco no paciente, suprir uma necessidade e agregar valor em saúde para ele, de forma integral e que faça sentido. 

Teste rápido de Glicemia

O Teste Rápido de Glicemia determina a concentração de glicose em amostra de sangue total. Esse teste é a principal ferramenta para rastreamento do diabetes mellitus e para acompanhamento dos resultados do tratamento.

Qual é o benefício que o cliente ganha ao fazer o teste??

Realizar o teste em paciente sem diagnóstico prévio de diabetes é de grande importância porque o rastreamento está diretamente ligado à possibilidade de encaminhamento médico para diagnóstico e tratamento precoces.

Essa identificação precoce minimiza os riscos de desenvolvimento de complicações, principalmente microvasculares. Dessa maneira, o cliente se beneficia muito quando realiza o rastreamento do Diabetes Mellitus e é avaliado pelo farmacêutico.

Pessoas com sobrepeso ou obesidade, hipertensão arterial e com história familiar de Diabetes Mellitus 2 sem diagnóstico devem ser testadas para rastreamento do diabetes. 

Além disso, as pessoas com diagnóstico e em tratamento também podem realizar o teste com o objetivo de acompanhar a evolução do controle glicêmico.

Nesses casos, o teste viabiliza a análise da efetividade e segurança do tratamento farmacológico e não-farmacológico.

Essa análise é significativa porque o objetivo do tratamento é manter o nível de glicose dentro da meta terapêutica, portanto essa é uma maneira de saber se o objetivo está sendo alcançado para que futuras complicações sejam evitadas.

Como agregar o teste rápido de glicose na venda de medicamentos

Você, farmacêutico, pode oferecer o teste rápido para pacientes que já buscam a sua farmácia com a intenção de realizar o teste de glicemia. 

Aproveitar a oportunidade da venda diária de medicamentos para o tratamento do diabetes também pode ser utilizada para oferecer o teste na farmácia para que o farmacêutico faça a avaliação do paciente que está em tratamento.

Essa avaliação e o acompanhamento do paciente com Diabetes Mellitus pode ser um diferencial que auxilia no tratamento farmacológico devido à facilidade de acesso às farmácias que oferecem testes rápidos. 

Além disso, há outras maneiras de identificar a necessidade de realização desse teste e oferecer ao cliente.

Pessoas que chegam na farmácia à procura de produtos para auxiliar a perda de peso podem se beneficiar ao realizar o teste de glicemia para agregar informação e avaliar o estado de saúde.

Técnicas de venda para farmácias também envolvem o processo de acolher, avaliar e aconselhar, por isso, conheça melhor seu paciente e identifique o porquê do teste ser recomendado para ele e o benefício que ele pode ganhar com o procedimento.

Teste rápido de Hemoglobina Glicada (HBA1c)

A hemoglobina glicada (Hb1Ac) é a fração da hemoglobina que se liga à glicose. O Teste Rápido de Hemoglobina Glicada mede a quantidade desse componente em sangue total.

Por que é importante saber o resultado do teste da Hb1Ac?

A quantificação dos níveis de HbA1c também é utilizada, de forma complementar aos testes de glicemia de jejum e TOTG, para o diagnóstico de Diabetes Mellitus e acompanhamento do tratamento.

A realização deste teste é imoprtante porque a Hb1Ac é considerada o melhor parâmetro preditor de complicações crônicas do DM e deve ser utilizada como parte do arsenal disponível para avaliação do controle glicêmico.

A determinação da HbA1c possibilita estimar quão elevadas as glicemias estiveram nos últimos 3 a 4 meses, portanto é um índice relevante tanto para diagnóstico quanto para avaliação e acompanhamento do paciente diabético e para o manejo terapêutico.

Ainda vale ressaltar que o exame de Hb1Ac é considerado padrão-ouro para acompanhamento do paciente com diabetes, com objetivo de acompanhar a evolução do controle glicêmico.

Como vender esse teste rápido na sua farmácia

A Sociedade Brasileira de Diabetes recomenda que o exame HBA1c seja realizado ao menos duas vezes ao ano em adultos com controle estável. No entanto, há evidência de maiores benefícios com a medida trimestral da HbA1c. 

Pergunte ao seu paciente há quanto tempo ele não faz o acompanhamento glicêmico e explique a importância desse acompanhamento focando na prevenção de futuras complicações.

A combinação dos índices de HbA1c e testes de glicemia fornecerá aos pacientes e médicos as informações que necessitam para avaliar continuamente a eficácia da terapia para o diabetes.

Técnicas de venda para farmácias não são mágica ou uma regra aplicável a qualquer situação. A venda cruzada de produtos precisa fazer sentido e suprir as necessidades do seu paciente.

 

*Esse artigo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.

Como fazer uma anamnese farmacêutica na farmácia

anamnese farmacêutica

A anamnese farmacêutica é indicada para profissionais da saúde, farmacêuticos, para guiar a o atendimento clínico e entrevista do paciente.

A anamnese farmacêutica pode resultar em diversas intervenções, tais como a prescrição de medicamentos, a solicitação de exames ou até mesmo ao encaminhamento para outros profissionais de saúde.

Ao receber o paciente para a consulta na farmácia, o profissional de saúde deve realizar uma anamnese para:

  • Acolher e identificar as necessidades de saúde do paciente;
  • Proceder a avaliação do paciente, identificando eventuais problemas de saúde;
  • Definir a conduta apropriada, fazer a prescrição farmacêutica (quando necessário) para produtos cuja venda é isenta de receita médica, orientar e encaminhar o paciente, conforme o caso;

O que o farmacêutico deve buscar solucionar na consulta

A consulta farmacêutica é o serviço voltado ao acolhimento das necessidades do paciente, sensíveis ao cuidado farmacêutico.

O objetivo deve ser claro: avaliação e recomendação de tratamentos para  problemas de saúde autolimitados, atuando também na prevenção e promoção do bem-estar.

O resultado da consulta farmacêutica pode ser a prescrição de um tratamento ao paciente, bem como seu encaminhamento para assistência médica, nos casos considerados mais graves.

A prescrição farmacêutica pode conter produtos industrializados, formulações magistrais e medidas não farmacológicas.

Os principais objetivos da consulta farmacêutica são:

Alívio de sinais e sintomas para problemas de saúde autolimitados

Promoção do bem-estar e qualidade de vida, observada por relato do paciente

Prevenção de doenças, por meio de melhoria de parâmetros fisiológicos ou de nutrição

Promoção do autocuidado, incluindo uso de dispositivos para automonitorização da saúde

Reconhecimento de situações que requeiram atendimento médico, por meio de sinais de alerta

Identificação de necessidades de saúde que requeiram outros serviços farmacêuticos

A Anamnese Farmacêutica

O paciente, quando procura uma consulta com um profissional de saúde, traz a expectativa de resolver seus problemas e obter melhora do seu estado de saúde geral.

Por isso, normalmente o motivo da consulta gira em torno de um ou dois problemas centrais, que serão identificados durante a anamnese farmacêutica. 

Como, por exemplo: 

“Minha pressão não controla de jeito algum. Acho que esses remédios não estão funcionando”; “depois que troquei meus medicamentos estou com uma tosse danada”; “o que me incomoda muito é meu intestino preso. Você pode me ajudar a resolver?”.

Registre as queixas sempre com uma frase curta que descreva o problema e sua duração, se possível. Por exemplo: “pressão arterial não controlando”, “Tosse com suspeita de reação adversa” ou “intestino preso há meses”.

Perceba que em todas as situações mencionadas a informação inicial apresentada pelo paciente não é suficiente para uma tomada de decisão. Então o que perguntar depois?

Existem perguntas que são direcionadas a condições clínicas específicas, portanto anamneses específicas, mas de um modo geral elas derivam de uma mesma ideia geral: 

  • Caracterizar melhor os problemas, sinais e sintomas de um paciente, a fim de estabelecer um plano de cuidado factível e individualizado para resolvê-los da melhor forma possível.

Existem diversos métodos descritos na literatura para estruturar o atendimento clínico. 

Apesar das diferenças terminológicas e organização dos dados, todas elas partem de um raciocínio em comum: é necessário coletar dados do paciente, de uma maneira estruturada, a fim de definir os problemas a serem resolvidos e estabelecer um plano de cuidado em conjunto com o paciente.

Após isso, é necessário acompanhar a evolução clínica geral do paciente. Perceba que se trata de um ciclo, que se reinicia a cada consulta.

anamnese farmacêutica

Para fazer a anamnese farmacêutica dos problemas expostos pelo paciente durante a avaliação, sugerimos que você avalie sete postos-chave, derivados do processo semiológico para conduzir o levantamento da história da doença atual. 

Eles vão te ajudar a entender o que está acontecendo com o paciente para que, assim, vocês possam estabelecer um plano de cuidado eficaz.

Fazendo uma anamnese farmacêutica com a Clinicarx

Na Clinicarx você pode registrar sua anamnese para problemas menores de dois modos diferentes. 

É possível escolher uma anamnese recomendada pela Clinicarx, pelo administrador da rede ou você ainda pode criar uma nova anamnese, que poderá ser salva e utilizada futuramente

As respostas para as perguntas exibidas pela seleção da anamnese ficam salvas no histórico do paciente. Essa anamnese pode ou não gerar uma DSF a ser entregue ao paciente, mediante geração intencional do documento.

Ainda é possível utilizar dados coletados na consulta para realizar uma prescrição farmacêutica: digite o motivo da consulta, sinais e sintomas relatados pelo paciente, para que o software indique tratamentos que você pode recomendar, já prontos para serem prescritos. É a tecnologia SmartRx.

Na tela de encerramento do atendimento existe um campo de texto livre para que você, se desejar, registre informações importantes antes de encerrar o atendimento. Essas informações também ficarão salvas no histórico de atendimentos.

7 pontos chave da anamnese farmacêutica: história da doença atual (HDA)

  1. Tempo: início, duração e frequência dos sinais ou sintomas.
  2. Localização: área precisa dos sintomas.
  3. Qualidade ou característica: termos descritivos específicos sobre os sintomas (exemplo: dor “aguda”, “em pontadas”).
  4. Quantidade ou gravidade: grau de impacto dos sintomas sobre o paciente, considerando bem-estar, comprometimento das atividades diárias, nível da dor  (leve, moderado ou grave).
  5. Ambiente: o que o paciente estava fazendo quando os sintomas começaram? Algo mudou na rotina? (exemplo: o paciente começou a sentir dor no peito durante o exercício ou “essa dor de cabeça começou desde que mudei de emprego”)
  6. Fatores que agravam ou que aliviam: fatores que fazem com que o sintoma piore ou que o alivie (por exemplo, dor de cabeça que piora com a luz; tosse que piora ao deitar; dor no peito que melhora com repouso)
  7. Sintomas associados: outros sintomas que ocorrem com os sintomas primários (por exemplo, dor no peito que é acompanhada por dor no braço; diarreia acompanhada por dor abdominal; dor de cabeça acompanhada de náuseas)

Motivo da consulta e anamnese são para qualquer tipo de atendimento?

Na verdade sim, mas muda o modelo de anamnese. O uso mais comum desta ferramenta é quando o paciente informa uma queixa, como um sinal, um sintoma, algum problema de saúde que requer cuidados. 

Mas a técnica também se aplica a atendimento para outros motivos de consulta, por exemplo: “revisão dos medicamentos”, “Aconselhamento sobre tabagismo” ou “Avaliação da carteira de vacinação”.

Nos casos em que o motivo da consulta não é propriamente uma queixa, a anamnese deverá sofrer adaptações, e diferentes ferramentas podem ser usadas para “compor” essa anamnese sob medida para o caso.

Por exemplo, em consultas para revisão dos medicamentos,  sua anamnese será mais focada no perfil farmacoterapêutico do paciente, isto é, nas doenças e medicamentos.  

No aconselhamento sobre tabagismo, sua anamnese irá se apoiar em avaliação da dependência nicotínica, razões para fumar, tentativas de cessação, etc. 

No caso da vacinação, a anamnese irá resgatar vacinas tomadas, doses esquecidas, situação vacinal atual. E assim por diante.

anamnese farmacêutica

Diferente de outras ferramentas, no caso da anamnese de um sinal ou sintoma não existe uma interpretação única, “como uma receita de bolo”.

Ela vai depender do raciocínio, do conhecimento clínico do profissional  e das informações fornecidas pelo paciente. 

A anamnese farmacêutica deve terminar com a definição de uma possível causa, evidência ou tratamento que será fundamental para a definição de um plano de cuidado adequado ao paciente.

Ofereça um atendimento completo com serviços de atenção farmacêutica aos seus clientes.

Com a Clinicarx, ainda é possível imprimir documentos importantes como Declaração de Serviço Farmacêutico (DSF), relatórios de acompanhamento e avaliação para entregar ao paciente. 

 

*Esse artigo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.

 

Como implementar e vender serviços de atenção farmacêutica com baixo investimento

serviços de atenção farmacêutica

5 passos básicos e práticos para você implementar e vender serviços de atenção farmacêutica com baixo investimento.

Os serviços de atenção farmacêutica tornaram-se uma tendência para as farmácias devido os benefícios de sua implementação

Entre vários motivos que levam a escolha de uma farmácia em detrimento de outra, um dos principais é a oferta dos serviços, que podem ser desde aqueles mais básicos como aplicação de injetáveis ou teste de glicemia, até serviços farmacêuticos mais elaborados.

Existem diversos tipos de serviços que podem ajudar a farmácia. 

Para facilitar tanto a implantação de serviços farmacêuticos nos pontos de saúde, quanto a acessibilidade a esses serviços pela população, o plano Free Clinicarx oferece os principais serviços para farmácias de forma gratuita e por tempo ilimitado.

Você pode implementar serviços de atenção farmacêutica e vendê-los com baixo investimento na sua farmácia através do nosso plano Free. Quer saber como? 

Confira nosso checklist com 5 passos básicos!

1. Conheça os serviços de atenção farmacêutica que você pode oferecer

No plano Free da Clinicarx, os serviços padronizados disponíveis para atendimento e registro são:

  • Triagem de COVID-19;
  • Principais Testes Rápidos (COVID-19, Perfil lipídico, Glicemia, Hemoglobina glicada e Dengue);
  • Prescrição farmacêutica;
  • Pressão arterial;
  • Glicemia capilar;
  • Aplicação de injetáveis;
  • Perfuração de lóbulo auricular.

Além disso, a Clinicarx disponibiliza a emissão do laudo laboratorial de testes rápidos e a Declaração de Serviços Farmacêuticos (DSF), documentos que devem obrigatoriamente ser entregues ao paciente após prestação dos serviços de saúde.

2. Prepare sua farmácia e sua equipe

Organize a sua farmácia, prepare e treine a sua equipe para atender os clientes e oferecer todos os serviços disponíveis. 

A Clinicarx disponibiliza treinamentos gratuitos para clientes, de forma rápida e prática, para que você e outros profissionais da sua farmácia estejam preparados.

Esse trabalho em equipe é fundamental para que as pessoas que visitam a sua farmácia saibam quais são os serviços que agregam valor e a diferenciam dos concorrentes. 

Uma farmácia referência, seja no seu bairro ou na cidade, começa pela oferta de serviços de atenção farmacêutica que interessam aos clientes com uma variedade de procedimentos. 

Além da equipe preparada e treinada para oferecer os seus serviços, o marketing digital  pode ser mais uma ferramenta para ajudar na divulgação dos serviços da sua farmácia de baixo investimento, uma vez que não envolve custos com impressão e produção.

Ações e promoções nas redes sociais podem atrair mais clientes de forma prática, além de criar um relacionamento mais próximo com clientes.

4. Ofereça os seus serviços de forma integrada

É fundamental oferecer os serviços de saúde da farmácia no balcão para todos os clientes que têm o perfil para ser atendido e beneficiado pelos seus serviços.

Oferecer serviços de forma integrada diminui os custos para captação de clientes, e mais do que isso aumenta o ticket médio da farmácia.

Você pode fazer a integração de serviços ao perceber, durante a anamnese do seu paciente, que outros procedimentos são necessários para obter mais informações, estruturar um plano de cuidado e orientá-lo com mais assertividade.

Vamos ver um exemplo prático?

Se um paciente chega na farmácia com sintomas de gripe ou suspeita de COVID-19, você pode oferecer os seus serviços começando pela  triagem COVID-19, padronizada na plataforma com questionário baseado em recomendações do Ministério da Saúde. 

Ao finalizar o questionário, o algoritmo informará o resultado, se o seu cliente é uma caso suspeito, provável, não suspeito, de acordo com as respostas e você terá em mãos mais dados para ajudar no cuidado ao paciente.

Na triagem, você pode acrescentar os dados da medida de pressão arterial do paciente, saturação de oxigênio e outras informações que ajudarão a entender o quadro clínico do paciente e agregar valor ao atendimento prestado.

Além da triagem, você pode oferecer o teste para COVID-19, que auxilia no processo de rastreamento e acrescenta mais informações sobre a condição do paciente. 

Adicionalmente, como os testes têm preço mais alto, a oferta de testes rápidos garantem um maior ticket-médio para a sua farmácia. 

Ao final desse atendimento, você também pode orientar o seu paciente com a prescrição farmacêutica, que é um grande diferencial de atenção e cuidado. 

É possível prescrever medidas de cuidado e, caso o paciente apresente sintomas, uma prescrição medicamentosa pode ser realizada para aliviar o desconforto. 

*Em casos de positivação para COVID-19, o paciente deverá ser encaminhado corretamente conforme orientações do Ministério da Saúde e as medidas de isolamento social deverão ser fortemente recomendadas.

5. Cobre pelos seus serviços de atenção farmacêutica

Você precisa rentabilizar e dar o devido valor ao atendimento que você oferece. Ao cobrar corretamente pelos seus serviços de atenção farmacêutica, você garante a sustentabilidade da sua farmácia. 

Um modelo viável que vai além da atuação farmacêutica no balcão, e é pensado para os serviços clínicos, transforma a farmácia e o trabalho do profissional da saúde, ajuda a diminuir os custos e investimento feito para oferecer os serviços.

*Esse artigo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.

LGPD para farmácias: tudo o que farmacêuticos e proprietários precisam saber

lgpd

Há anos as farmácias participam e oferecem programas de benefícios e descontos aos consumidores. 

Não havia obrigações legais como a Lei de Proteção de Dados (LGPD), aprovada em 2018, sobre a solicitação de CPF na Nota Fiscal e dos programas de benefícios das grandes redes de mercado.

Com o tempo, solicitar o CPF na farmácia se tornou algo rotineiro, não havia a preocupação em solicitar do consumidor (titular do dado) a autorização para a obtenção do dado e como o dado será utilizado.

Porém, agora isso mudou.

A LGPD entrou de fato em vigor em agosto de 2020 e transformou a forma como são recebidos e tratados os dados de clientes de vários setores, inclusive da saúde. 

Seu elemento principal é o consentimento. A aceitação por parte da pessoa física em oferecer seus dados é o primeiro ponto para que esses dados sejam colhidos e tratados pela empresa ou organização. 

Ainda, a LGPD estabelece que a lei vale para qualquer cidadão em território nacional, seja ele brasileiro ou não, sendo a sede da empresa no Brasil ou não.

A área da saúde, certamente, é o setor que mais trata os dados pessoais considerados sensíveis pela LGPD e, inevitavelmente, traz grandes desafios aos profissionais e organizações de saúde. 

O que é a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)?

A LGPD é a lei que estabelece regras sobre como os dados pessoais (de pessoa física) devem ser tratados nos meios físicos e digitais. 

A Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, Lei nº 13.709/2018 segue a tendência europeia General Data Protection Regulation e surge com o propósito de garantir a privacidade de dados pessoais e regulamentar o controle sobre eles.

O objetivo da Lei é proteger os direitos de liberdade e privacidade dos titulares de dados pessoais, isto é: pessoas que podem ser os pacientes e usuários dos serviços de saúde. 

A Lei afeta a rotina de administradores e gestores de saúde, uma vez que cria a figura do operador e controlador de dados, que fica responsável pela guarda e sigilo de informação dos pacientes e  medidas que garantam essa privacidade.

O que muda com a Lei Geral de Proteção de Dados?


A LGPD determina que qualquer atividade de tratamento de dados pessoais deve respeitar a privacidade do titular envolvido. Dessa forma, a atividade deve trazer informações claras, precisas e de fácil acesso sobre:

    • Como os dados pessoais serão tratados;
    • Para qual finalidade esses dados serão usados;
    • Quais são as medidas aplicadas para a segurança dessas informações;
    • Quais são os direitos que o titular envolvido tem sobre os seus dados pessoais.

Definições e nomenclaturas importantes

  • Titular: pessoa natural a quem se referem os dados pessoais que são objeto de tratamento;
  • Controlador: pessoa natural ou jurídica, de direito público ou privado, a quem competem as decisões referentes ao tratamento de dados pessoais;
  • Operador: pessoa natural ou jurídica, de direito público ou privado, que realiza o tratamento de dados pessoais em nome do controlador;
  • Tratamento: toda operação realizada com dados pessoais, como as que se referem a coleta, produção, recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração;
  • Anonimização: utilização de meios técnicos razoáveis e disponíveis no momento do tratamento, por meio dos quais um dado perde a possibilidade de associação, direta ou indireta, a um indivíduo.

O controlador é a pessoa física ou jurídica que decide a forma como os dados pessoais serão tratados.

O operador é a pessoa física ou jurídica que trata os dados dos titulares a partir das ordens recebidas pelo controlador.

O tratamento dos dados

É tudo que o controlador e/ou o operador fazem com o dado pessoal do titular desde a sua coleta até a sua eliminação.

O armazenamento de dados, por exemplo, durante um atendimento farmacêutico em que o paciente fornece dados pessoais e dados sensíveis, motivo da consulta, necessidades, é um tratamento de dados pelo controlador. 

Cuidados com formulários e recebimento de dados de pacientes em farmácias ou clínicas

Quando o cliente recebe um formulário impresso para preencher, é importante certificar-se de:

    • Destinar de forma segura esse documento;
    • Selecionar quem terá acesso e especificar somente pessoas necessárias;
    • Destruir o documento impresso, caso ele seja digitalizado posteriormente.

Para clínicas e consultórios com base de dados de pacientes em computadores:

    • Deve-se ter senha em cada terminal/unidade para acessar o banco de dados;
    • Programa antivírus atualizado;
    • Rede segura e protegida contra invasão.

A Clinicarx, prezando pela segurança de seus pacientes, clientes e fornecedores, adotou procedimentos internos para atender a todas as exigências da LGPD. 

Desde a segurança de dados na nuvem, controles de acesso, criptografia, até processos de atendimento ao usuário e ao paciente. 

Todos os dados, prontuários dos pacientes, informações clínicas e documentos ficam armazenados em servidor na nuvem, localizado nos EUA, com sistemas de backup e segurança de dados, dando a tranquilidade de que nada pode ser perdido. 

Além disso, as informações continuam sendo protegidas pelo período exigido legalmente, mesmo em caso de encerramento do contrato entre a farmácia e a Clinicarx. 

Criamos uma série de políticas e processos internos que buscam atender ao máximo a LGPD e as legislações sanitárias pertinentes à área da saúde, dando todo suporte técnico nessa questão aos nossos clientes.

Se você é cliente da Clinicarx ou foi atendido(a) em uma clínica ou farmácia associada à Clinicarx, temos um canal de atendimento específico para questões da LGPD.

Saiba como a Clinicarx cuida tratamento de dados pessoais e sensíveis aqui.   

Farmácia estética: atuação clínica e orientação farmacêutica

farmácia estética

A farmácia estética, ou saúde estética, é uma das áreas em que farmacêuticos(as) têm direcionado seu trabalho e encontram um horizonte de atuação dentro da farmácia.

O manejo clínico de diversas condições de saúde realizado pelo farmacêutico vai além do acompanhamento de tratamentos.

A avaliação, o desenvolvimento do plano de cuidado para cada problema identificado e a prescrição racional com segurança também fazem parte da atuação diária nos serviços de atenção farmacêutica. 

Diante das várias possibilidades de carreira, a farmácia estética, ou saúde estética, é uma das áreas em que farmacêuticos(as) têm direcionado seu trabalho e encontram um novo horizonte de atuação dentro da farmácia clínica. 

Farmacêuticos que trabalham com estética podem exercer a profissão tanto em clínicas de estética e beleza, como em farmácias, prestando orientações quanto ao uso de produtos estéticos, com dermocosméticos, por exemplo.

O reconhecimento da farmácia estética como área de atuação

A Resolução 585/2013 do Conselho Federal de Farmácia (CFF) regulamenta que o farmacêutico pode atuar no cuidado direto ao paciente, promovendo o uso racional de medicamentos e de outras tecnologias em saúde.

Além disso, no âmbito da saúde estética, a Resolução 573 CFF, dispõe sobre as atuações do farmacêutico no exercício da saúde estética e da responsabilidade técnica por estabelecimentos que executam atividades afins.

Para atuar e se tornar um profissional da farmácia estética, o farmacêutico precisa estar habilitado nessa área.

Isso significa finalizar um curso de pós-graduação lato sensu na área de saúde estética reconhecido pelo Ministério da Educação.

Nas farmácias também há diversas funções que o farmacêutico pode realizar com seus pacientes, como orientação de dermocosméticos e nutricosméticos.

Neste caso, não é necessário pós-graduação, porém cursos e capacitações são recomendados. 

Na Clinicarx temos cursos e certificações disponíveis para a área de Dermatologia e Saúde da Pele. Confira:

Atenção e atuação do farmacêutico na saúde estética

Procedimentos e técnicas regulamentadas

Técnicas e recursos já regulamentados que o farmacêutico pode realizar na área da farmácia estética:

  • Avaliação, definição dos procedimentos e estratégias, acompanhamento e evolução estética;
  • Cosmetoterapia;
  • Peelings químicos e mecânicos;
  • Sonoforese (ultrassom estético);
  • Eletroterapia;
  • Iontoforese;
  • Radiofrequência estética;
  • Criolipólise;
  • Luz intensa pulsada;
  • Laserterapia;
  • Carboxiterapia;
  • Agulhamento e microagulhamento estéticos;
  • Toxina botulínica;
  • Preenchimentos dérmicos;
  • Intradermoterapia e mesoterapia;
  • Atenção farmacêutica na estética;

É importante que o profissional farmacêutico da farmácia estética tenha a prática e conhecimento clínico associados à sua atuação diária, percebendo e exercendo o seu papel de entregar valor em saúde aos pacientes.

Integrar especialidades ou atuações direcionadas a áreas como a farmácia estética se torna mais coerente quando já se é habituado com o dia a dia do farmacêutico clínico. 

A solicitação de exames, para rastreamento e acompanhamento em saúde, e a realização de alguns testes rápidos também é uma prática da farmácia estética que faz parte da avaliação, acompanhamento e evolução estética. 

Alguns testes que o farmacêutico pode solicitar:

  • Dosagem de hormônios;
  • Micronutrientes; 
  • Hemograma para tratamento das alopecias, unhas e cabelos quebradiço;
  • HbA1c para monitoramento do diabetes, em pacientes a serem submetidos a procedimentos invasivos que exigem cicatrização regular;
  • entre outros.

O que o farmacêutico pode prescrever

O farmacêutico esteta pode prescrever medicamentos e outros produtos com finalidade terapêutica, cuja dispensação não exija prescrição médica.

Alguns produtos ou medicamentos que podem ser prescritos dentro da farmácia estética:

  • Agentes eutróficos e venotônicos;
  • Biológicos (Ex.: Toxina botulínica Tipo A);
  • Vitaminas, minerais e aminoácidos; 
  • Fitoterápicos; 
  • Peelings químicos, enzimáticos e biológicos, incluindo a tretinoína
    (ácido retinóico de 0,01% a 0,5% de uso domiciliar e até 10% para uso profissional ou em cabine); 
  • Solução hipertônica de glicose 50% e 75% 
    (uso exclusivo em procedimentos para telangiectasias);
  • Preenchedores dérmicos absorvíveis; 
  • Agentes lipolíticos (Ex.: Desoxicolato de sódio, e outros); 
  • Fios lifting absorvíveis.

Cada vez mais o direcionamento e ampliação da atuação clínica do farmacêutico se torna um diferencial no mercado de trabalho e na concorrência. Destaque-se e impulsione sua farmácia para atender as necessidades dos seus pacientes. 

Com a Clinicarx, você oferece mais de 30 testes rápidos, realizar prescrições automatizadas e orientadas, tudo isso dentro de uma plataforma com documentos personalizáveis como a Declaração de Serviço Farmacêutico

No nosso plano Free, você tem tudo isso gratuitamente e por tempo ilimitado, aproveite!

*Esse conteúdo foi aprovado pelo corpo técnico da Clinicarx.

Futuro da farmácia independente no Brasil: tendências e transformações no PDV

farmácia independente
Tendências para o contexto da saúde no Brasil apontam para o protagonismo da farmácia independente com serviços de atenção farmacêutico no mercado.

Apesar  das diversas mudanças que permearam os últimos meses, o varejo farmacêutico, como farmácia independente e associadas, foi um dos poucos segmentos que apresentaram um crescimento considerável no ano de 2020. 

Esse crescimento somado aos possíveis cenários e tendências que vêm se desenhando colocaram a farmácia independente em um lugar de destaque.

Farmácias independentes ou de redes associativistas cresceram cerca de 26%, segundo a FEBRAFAR. 

Uma análise do IQVIA demonstrou faturamento de R$ 139,37 bilhões no ano de 2020 nas farmácias no mundo. A demanda de medicamentos, em especial a procura por suplementos vitamínicos, foi o principal motivo de disparo nas vendas. 

O cenário no Brasil: a farmácia independente e o varejo

O Brasil ocupa uma posição importante no ramo farmacêutico: no ranking dos países com maior percentual de faturamento, o  país ocupa o 7º lugar, segundo estudo da Interfarma.

Esses dados podem ser justificados por fatores como a taxa populacional, já que o Brasil é o 6º país com maior população do mundo, e o crescente índice do envelhecimento populacional, haja vista que esse grupo tende a consumir mais medicamentos.

Com o cenário da pandemia, enquanto diversos setores entraram em crise, o mercado farmacêutico cresceu e disparou no faturamento, principalmente com os testes rápidos para rastreamento da Covid-19.

Medicamentos mais vendidos nas farmácias

Ainda segundo o estudo da IQVIA, Xarelto e Dorflex lideram o ranking de medicamentos que mais  vendidos nas farmácias. 

Glifage XR também está entre os medicamentos mais prescritos e vendidos  para tratamento de Diabetes Mellitus. 

Confira os 10 mais vendidos nas farmácias:

medicamentos 1

Acompanhamento e venda consultiva nas farmácias independentes

As condições crônicas no paciente idoso gera uma rotina de acompanhamento por profissionais de diferentes especialidades. 

Nessa situação, os pacientes podem receber várias prescrições e, devido à falta de comunicação entre os profissionais, pode ocorrer a sobreposição de tratamentos e eventuais interações medicamentosas. 

Nesse caso, o farmacêutico pode conciliar os medicamentos prescritos pelos diferentes profissionais, evitando que os tratamentos sejam sobrepostos e que venham causar consequentes danos à saúde do paciente.

Ou seja, o farmacêutico tem grande importância no cuidado ao tratamento medicamentoso dos pacientes.

A dispensação farmacêutica de medicamentos isentos de prescrição também demonstra forte tendência da necessidade de uma prescrição eletrônica na farmácia

A prescrição por escrito ocasiona  um dos  mais importantes erros de dispensação na farmácia e de administração de medicamentos por parte dos pacientes. Isso gera danos, mortes e elevados custos para a saúde. 

A prescrição farmacêutica para medicamentos isentos de prescrição médica vem se consolidando no Brasil. 

O papel do farmacêutico na indicação e recomendação de tratamentos é cultural e histórico, mas a novidade é que isso hoje está sendo feito de uma forma muito mais profissional e confiável: dentro do consultório e por escrito. 

Adquirir medicamentos desse modo se mostra mais seguro para o paciente.

Promover a consulta farmacêutica para problemas de saúde autolimitados gera uma venda qualificada e consultiva dentro da farmácia. Isso já vem sendo propagado como importante estratégia no setor e é uma forte tendência para os próximos anos. 

Transformações no PDV

Segundo especialistas do setor, a tendência central no varejo é a transformação do Ponto de Venda (PDV). 

Nessa mudança, definida como PDX (ponto de experiências), o varejo incorpora funções e atividades para além da venda de produtos

Nesse sentido, um cliente mais informado e com muito mais opções terá menos interesse em entrar em uma loja tradicional de produtos porque ele buscará algo a mais.

Serviços como medida da pressão arterial, teste de glicemia, aplicação de injetáveis e colocação de brincos formam a base dos serviços ofertados por muitas farmácias independentes. 

Observa-se uma tendência em ampliar o leque desses serviços básicos, adicionando novos checkups e avaliações de saúde, como medidas corporais, bioimpedância, avaliações de saúde, avaliação e acompanhamento das gestantes, entre outros. 

O objetivo é diversificar a oferta, atendendo as necessidades dos diferentes públicos e fornecer procedimentos para acompanhamento de diferentes doenças.

Confira nossa análise de mercado completa no eBook Desafios, Tendências e Oportunidades para pequenas redes de Farmácias. 

Serviços de atenção farmacêutica nas pequenas farmácias

Imagine que na esquina da rua onde você mora há uma farmácia. Nessa farmácia, hoje você apenas compra medicamentos e alguns produtos de conveniência. 

Em breve você poderá também fazer exames para colesterol e diabetes, se engajar em programas de saúde para parar de fumar ou perder peso, levar sua família para tomar vacinas e se aconselhar com o farmacêutico sempre que surgir um problema de saúde. 

Os serviços farmacêuticos são a porta de entrada desse movimento que está mudando a história da farmácia no Brasil, assim como em outros países. A história da evolução das farmácias levará esse estabelecimento de saúde a ser parte ativa no sistema de saúde. 

A tendência é que as empresas incorporem essa nova filosofia à sua missão e reorganizem os seus negócios, de modo que o farmacêutico e seus serviços passem a ser parte do centro de receitas das farmácias e não mais centro de custos.

A farmácia clínica irá fortalecer a importância da farmácia independente, de bairro, na saúde da família brasileira. 

Sua farmácia independente pode começar agora a oferecer os principais serviços de atenção farmacêutica com nenhum custo! Conheça nosso plano Free agora.

Clinicarx padroniza teste anticorpo Anti-Spike COVID-19

teste anticorpo anti-spike

Clinicarx padroniza novo teste anticorpo Anti-Spike COVID-19, quatro fornecedores parceiros oferecem os testes para clientes da plataforma.

Novos testes para COVID-19 estão disponíveis na Clinicarx. O teste anticorpo Anti-Spike é um dos últimos lançamentos e pode ser utilizado para detecção qualitativa de anticorpos para as proteínas N e S1 do novo coronavírus.

Vamos entender rapidamente as proteínas que compõem o vírus da Covid-19?

O SARS-CoV-2 possui em seu envoltório quatro proteínas estruturais:

    • Proteína Spike (S);
    • Proteínas de envelope (E);
    • Membrana (M);
  • Nucleocapsídeo (N).

O organismo humano pode produzir anticorpos contra todas essas proteínas, inativando o vírus por diferentes mecanismos imunológicos.

teste anticorpo anti-spike

A proteína S do SARS-CoV-2

A proteína S é composta de duas subunidades, uma mais próxima da membrana viral chamada de S2 e outra mais distal, chamada de PS1. 

Essa unidade S1 se liga ao receptor ACE2 da célula humana, essa região específica da Spike é chamada de RBD (receptor-binding domain), ou ao receptor de enzima ECA2. É a partir dessa ligação que o vírus consegue entrar na célula humana, se replicar e produzir o processo infeccioso. 

Por definição, os anticorpos Anti-Spike ou Anti-Proteína S são específicos, capazes de se ligar à proteína Spike, impedindo a entrada do vírus nas células humanas e, consequentemente, sua replicação. 

Os anticorpos Anti-Spike apresentam função neutralizante quando, comprovadamente, impedem a entrada do vírus nas células humanas.

A função neutralizante é quando o anticorpo específico efetivamente impede que o vírus entre na célula humana.

Assista ao vídeo completo do nosso CEO, Cassyano Correr, para entender melhor como funciona. 

Qual a diferença entre os Anticorpos Anti-Spike e os Anticorpos Neutralizantes?

Todos os anticorpos neutralizantes são anticorpos Anti-Spike, mas nem todos os anticorpos Anti-Spike são, necessariamente, anticorpos neutralizantes.

Testes rápidos que detectam a presença de anticorpos Anti-Spike, específicos para RBD ou para região NTD, não podem garantir que esses anticorpos possuem “função neutralizante”. 

Esses testes indicam que houve soroconversão e que o paciente possui anticorpos específicos contra Proteína S do SARS-CoV-2.

Para quem é o teste Anticorpo Anti-Spike?

  • Pacientes que tiveram COVID-19 no passado e se curaram, há pelo menos 30 dias;
  • Pacientes que já receberam o esquema completo da vacina contra o novo coronavírus há pelo menos 30 dias.

Quando indicar o Teste de Antígeno, o Teste de Anticorpos IgM/IgG ou o teste Anticorpo Anti-Spike?

Conforme o momento da história natural da doença ou se o paciente já recebeu ou não a vacina, diferentes testes são indicados para confirmar a presença do vírus ou formação de anticorpos.

Teste anticorpo Anti-Spike Covid-19 padronizado na Clinicarx

Os testes padronizados na plataforma Clinicarx são de quatro fornecedores do mercado farmacêutico, todos de alta qualidade,  com especificidade e sensibilidade acima de 90%, garantindo a segurança que o farmacêutico precisa para prestar um serviço de confiança e qualidade.

Confira os detalhes de cada teste anticorpo Anti-Spike de cada fornecedor padronizado já disponível para aplicação aos pacientes quando necessário. 

Teste COVID-19 Ab Plus ECO Teste

O teste COVID-19 Ab Plus ECO Teste é um kit imunocromatográfico rápido para detecção qualitativa de Anticorpos IgG e IgM anti-SARS-CoV-2 específicos para proteína N e proteína S1 (RBD).

Os anticorpos anti-SARS-CoV-2 na amostra interagem com a proteína recombinante conjugada com partículas de ouro coloidal, formando um complexo anticorpo-antígeno partículas de ouro. O teste possui três linhas pré-revestidas:

  • Linha de controle “C”;
  • Duas linhas de teste “G” e “M” na superfície da membrana de nitrocelulose.

O Anticorpo monoclonal IgY anti-galinha é revestido na região da linha de controle e anticorpos monoclonais anti-IgG e anti-IgM humanos são revestidos nas linhas teste “G” e “M”. Proteínas recombinantes de COVID-19 conjugadas com partículas de ouro coloidal são usadas como detectores para as linhas de teste “G” e “M”.

Trata-se de um teste imunocromatográfico. O cassete contém uma linha de detecção (linha T), uma linha de referência (linha R) e uma linha de controle de qualidade (linha C) na membrana de nitrocelulose.

Entenda tudo sobre o teste Ab Plus ECO aqui.


Teste DPP SARS-CoV-2 IgM/IgG – Chembio

O teste DPP SARS-CoV-2 IgM/IgG Chembio é um kit imunocromatográfico rápido para detecção qualitativa e semi-quantitativa para os Anticorpos IgG e IgM anti-SARS-CoV-2 específicos para proteína S1 (RBD).

O sistema DPP SARS CoV-2 IgM/IgG inclui:

  • Dispositivos de teste DPP SARS CoV-2 IgM/IgG;
  • Leitor DPP Micro Reader (não incluído junto ao kit).

O dispositivo emprega a tecnologia DPP (Dual Path Platform), patenteada pela Chembio, a qual consiste em uma primeira via (tira) da amostra, que distribui esta amostra em outras duas vias (tiras) de teste, que incluem áreas de detecção de anticorpos e controle de processo em cada uma das janelas de leitura das tiras de teste.

Entenda tudo sobre o teste DPP SARS-CoV-2 IgM/IgG – Chembio.

 

Teste MedTeste Coronavírus (COVID-19) Anticorpos Anti-Proteína S

O teste MedTeste Coronavírus (COVID-19) Anticorpos Anti-Proteína S é um kit imunocromatográfico rápido para detecção qualitativa de Anticorpos IgG e IgM anti-SARS-CoV-2 específicos para proteína S1 (RBD).

O dispositivo de teste contém partículas de ouro coloidal conjugadas com antígeno específico da proteína Spike e reagente de captura de anticorpos anti-proteína S revestido na membrana

Procedimento teste:

  1. O reagente de captura de anticorpos anti-proteína S é imobilizado na região da linha de teste.
  2. Depois que a amostra é adicionada ao poço da amostra no dispositivo de teste, ela reage com as partículas revestidas com antígeno da proteína Spike do teste.
  3. Esta mistura migra cromatograficamente ao longo da membrana de teste e interage com o reagente de captura dos anticorpos anti-proteína S imobilizados.
  4. Se a amostra contiver anticorpos anti-proteína S para SARS-CoV-2, uma linha colorida aparecerá na região da linha de teste, indicando um resultado positivo.
  5. Se a amostra não contiver anticorpos anti-proteína S para SARS-CoV-2, uma linha colorida não aparecerá nesta região, indicando um resultado negativo.

Saiba mais sobre o teste no artigo completo aqui.


Teste COVID-19 Anticorpos Neutralizantes Smart Test COV nAb – Vyttra

O produto Smart Test COV nAb é um kit imunocromatográfico rápido para detecção qualitativa de Anticorpos Anti-Spike e sua função neutralizante contra SARS-CoV-2.

Este teste simula a interação do vírus com a célula infectada, utilizando o domínio RBD da proteína Spike (S) conjugada e o receptor de superfície ECA-2, ambos sensibilizados no cassete.

Por isso, este é um teste Anticorpos Anti-Spike que, segundo o fabricante, também avalia a função neutralizante. Sendo assim, recebe a denominação de Teste para Anticorpos Neutralizantes (nAb).

O cassete contém uma linha de detecção (linha T), uma linha de referência (linha R) e uma linha de controle de qualidade (linha C) na membrana de nitrocelulose: 

  • A linha T é marcada com proteína humana ECA-2;
  • A linha R é imobilizada com anticorpo de controle de referência;
  • A linha C é imobilizada com um anticorpo de controle de qualidade;
  • A almofada de conjugado é marcada com ouro coloidal, e é pré-fixada e pré-pulverizada com Proteína S-RBD COVID-19.

Entenda tudo sobre o teste no artigo completo aqui.

Posicione sua farmácia no mercado e acompanhe as atualizações para oferecer um atendimento completo ao seu paciente com a Clinicarx. 

Com o plano Free, você consegue entregar mais valor em saúde com serviços de atenção farmacêutica e fidelizar seus clientes com baixo custo e por tempo ilimitado. Aproveite e acesse o plano gratuito aqui.

Prescrição farmacêutica: como fazer com a Clinicarx

prescrição farmacêutica

A prescrição farmacêutica é uma das maiores revoluções da profissão dos últimos anos. Ela vem se convertendo em realidade dia após dia, com milhares de profissionais aderindo a esta prática. Na sua farmácia, você faz prescrição farmacêutica?

Com a Resolução CFF 586/2013, a prescrição farmacêutica foi regulamentada e faz parte dos serviços clínicos disponíveis em farmácias e outros estabelecimentos de saúde. 

Este marco na legislação farmacêutica também trouxe uma nova necessidade: o preparo e a qualificação do farmacêutico que está à frente do atendimento. 

Algumas condições clínicas podem ser tratadas com medicamentos prescritos pelo próprio farmacêutico, que também acompanha a farmacoterapia. É uma situação que pede por capacitações além da graduação desses profissionais. 

Quando uma pessoa se sente mal, com algum sintoma, o que ela faz? Você talvez imagine que ela vá ao médico ou tome algum medicamento por conta própria, mas a realidade é outra. 

Um estudo publicado no Brasil revelou que a maioria (60%) das pessoas não faz algo em relação aos sintomas, apenas espera passar. Cerca de 32% se automedicam e apenas 8% procuram auxílio médico. Portanto, a automedicação é uma abordagem mais utilizada que a prescrição médica como conduta terapêutica pelos pacientes.

Segundo uma revisão sistemática publicada em 2015, 35% dos adultos brasileiros utilizaram algum medicamento por conta própria nos últimos 15 dias. 

É uma das taxas de automedicação mais altas do mundo. Os analgésicos, relaxantes musculares e anti-inflamatórios são os medicamentos mais usados.

Neste artigo, vamos abordar as temáticas referentes ao autocuidado e como o farmacêutico pode fazer uma prescrição farmacêutica com segurança através da Clinicarx.

Automedicação e o Autocuidado

Podemos dizer que a automedicação é ruim, mas o autocuidado é bom. Autocuidado significa tomar atitudes para melhor cuidar de si mesmo, seguindo algumas regras que maximizem os benefícios e reduzam os riscos. 

A recente reportagem sobre casos de “empurroterapia”, em que balconistas de farmácias são pagos para recomendar medicamentos sem necessidade aos clientes da farmácia alerta para a importância do farmacêutico e da orientação por um profissional da saúde. 

A obrigatoriedade do farmacêutico presente em farmácias e drogarias foi reiterada pela Lei 13.021/14 e determina, ainda, o farmacêutico como único responsável técnico do estabelecimento.

Dessa forma, o paciente pode receber orientações em saúde e prescrições de acordo com a real necessidade e de maneira segura.

Tomar medicamentos isentos de prescrição médica (MIPs) para cuidar de sinais e sintomas menores, seguindo algumas precauções básicas, é autocuidado. Aqui começa o papel do farmacêutico. 

Segundo dados da Abrafarma, cada farmacêutico atende, em média, 10 pessoas por dia que solicitam indicação de medicamentos. 

Portanto, são 18 milhões de atendimentos desse tipo por mês, apenas nas maiores redes de farmácias.

Segundo estudo do IBOPE/Interfarma publicado em 2011, 69% das pessoas procuram pelo farmacêutico quando decidem comprar medicamentos sem receita médica.

Troque sua indicação informal por uma prescrição farmacêutica

A maioria das indicações de medicamentos feitas por farmacêuticos nas farmácias não gera uma prescrição por escrito.

Isso é ruim, pois passa a ideia de que aquele atendimento é informal e não é um atendimento de saúde, mas apenas uma venda simples. Isso desvaloriza o profissional e pode prejudicar o paciente.

Uma prescrição por escrito, clara e legível, aumenta a segurança do paciente e, portanto, as chances de sucesso do tratamento. 

É direito do consumidor receber a informação completa sobre o produto que compra, especialmente quando esse produto foi recomendado por um profissional da saúde no próprio lugar dessa compra, a farmácia.

Além disso, é uma questão de marketing do serviço. Entregar uma prescrição escrita significa tangibilizar o serviço e melhorar a experiência do paciente. Isso transmite credibilidade e gera mais confiança e fidelização.

Entregue uma prescrição farmacêutica segura e de qualidade

Nós temos uma preocupação especial com a forma como o farmacêutico irá elaborar sua prescrição. Por isso, a Clinicarx possui prescrições automáticas cadastradas na plataforma para a autonomia do farmacêutico e segurança ao prescrever.

    • Inserimos na plataforma apenas produtos isentos de receita médica, a fim de que o profissional emita prescrições apenas para produtos isentos de receita médica, a fim de evitar erros de legalidade;
    • São diversas categorias de produtos que um farmacêutico pode prescrever: MIPs, dermocosméticos, nutricosméticos, suplementos alimentares, fórmulas magistrais, entre diversas outras;
    • Fornecemos uma ampla biblioteca com mais de 500 prescrições farmacêuticas prontas, para uma série de sinais e sintomas comuns, sensíveis ao cuidado farmacêutico;
    • A prescrição gerada tem um design único, personalizado e intuitivo, que vai reforçar a autoridade e profissionalismo daquele atendimento. Com isso, aumentam as chances de sucesso do tratamento.

Passo a passo para prescrever com a Clinicarx

Durante um atendimento, com a aba “Procedimentos” aberta, clique no botão “Prescrição” Farmacêutica”:

Buscar prescrições prontas

    1. Caso já tenha criado anteriormente uma prescrição para determinados sinais/sintomas ou queira usar uma das Sugestões Clinicarx ou as Sugestões da  Rede, pesquise pelos Sinais e Sintomas que este paciente apresenta.
    2. Ao pesquisar por sinais e sintomas, nosso sistema retornará com os tratamentos sugeridos, já incluindo a posologia e orientações ao paciente. Basta selecionar uma ou mais prescrições de medicamentos e clicar em “Adicionar” para adicioná-la ao atendimento.
    3. A prescrição adicionada aparecerá no lado direito no box “Sua prescrição”, permitindo que remova se necessário, clicando no ícone de 3 barras.

Para editar as prescrições, você deve clicar na aba “Condições e Tratamentos”, procurar pela prescrição que deseja editar e clicar no ícone de 3 barras.

prescrição farmacêutica

Criar uma nova prescrição

Selecionando a opção Produto: 

    1. Inicie indicando se sua prescrição será de um produto (para produtos comerciais), fórmula (produtos magistrais) ou outros tipos de tratamento (não-farmacológicos).
    2. Caso opte por prescrever um produto, pesquise pelo nome do produto na barra de busca, que inclui pesquisa pelo nome da marca e do princípio ativo.
    3. Em seguida, selecione a apresentação.
    4. Informe a forma farmacêutica e o número de unidades na caixa. Caso você selecione uma forma farmacêutica que não seja possível contabilizar as unidades contidas na caixa (ex: bisnaga, frasco, gotas, jatos, medida), tente estimar quantas doses aquela embalagem possui, baseando-se na posologia do tratamento.
    5. Informe ainda a frequência e a duração do tratamento. Caso o tratamento seja de uso ocasional, lembre-se de informar qual é a duração do tratamento em dias.
    6. Organize os horários de medicação deste paciente, escolhendo a quantidade a ser utilizada em cada dose e o período (refeição ou horário) .  
    7. Caso seja necessário, acrescente orientações extras ao seu paciente e clique em adicionar Instruções adicionais.
    8. Vincule sinais e sintomas que te auxiliarão a localizar esta prescrição futuramente.
    9. Clique em adicionar ao concluir o preenchimento de todas as informações e pronto! Sua prescrição está salva e você poderá utilizá-la futuramente.  
prescrição farmacêutica

Selecionando a opção Fórmula:

    1. Inicie indicando se seu tratamento será um produto, fórmula ou outros tipos de tratamento.
    2. Caso opte por prescrever uma fórmula magistral, inicie atribuindo um nome para a sua fórmula no campo Nome da fórmula.
    3. Em seguida, utilize o campo Formulação para digitar a fórmula que deseja prescrever ao paciente utilizando até 100 caracteres. 
    4. Informe a forma farmacêutica e a quantidade de unidades prescritas.
    5. Informe ainda a frequência e a duração do tratamento. Caso o tratamento seja de uso ocasional, lembre-se de informar qual é a duração do tratamento em dias.
    6. Organize os horários de medicação deste paciente, escolhendo a quantidade de unidades a serem utilizadas em cada dose e o período.  
    7. Caso seja necessário, acrescente orientações extras ao seu paciente clicando em Adicionar Instrução adicional.
    8. Vincule sinais e sintomas que te auxiliarão a localizar esta prescrição futuramente.
    9. Ao concluir o preenchimento de todas as informações, clique em adicionar e pronto! Sua prescrição está salva e você poderá utilizá-la futuramente.

Selecionando a opção outros: 

    1. Inicie indicando se seu tratamento será um produto, fórmula ou outros tipos de tratamento.
    2. Caso opte por prescrever um tratamento do tipo outro, inicie atribuindo um nome para o seu tratamento no campo Nome do tratamento.
    3. Em seguida, utilize o campo Descrição do tratamento para digitar os dados que deseja disponibilizar aos paciente utilizando até 100 caracteres.
    4. Vincule sinais e sintomas que te auxiliarão a localizar esta prescrição futuramente.
    5. Clique em adicionar ao concluir o preenchimento de todas as informações e pronto! Sua prescrição está salva e você poderá utilizá-la futuramente.  

Quanto mais prescrições farmacêuticas você fizer, maior será seu banco de prescrições sugeridas. Lembre-se de sempre vincular Sinais e sintomas às suas prescrições para que nas próximas vezes você possa encontrá-las mais facilmente e rapidamente através da busca por prescrições prontas. 

É um imenso potencial. Nós temos uma base estruturada com mais de 15 mil produtos que um farmacêutico pode prescrever!

Com o plano Free da Clinicarx você tem acesso à prescrições personalizadas e automatizadas dentro da Clinicarx, são mais de 500 protocolos cadastrados na nossa Base de Prescrição Smart Rx.

A Smart RX: Base de Prescrições Padronizadas

Criamos uma base com mais de 500 protocolos prontos de prescrição farmacêutica, indexados em um sistema inteligente que chamamos de SmartRx®.

Se o paciente apresenta uma condição para a qual você não tem segurança sobre o que recomendar, o sistema irá te apoiar nessa tomada de decisão. 

Cada sugestão Clinicarx traz o produto, apresentação e posologia corretos, já selecionados conforme idade e sexo do paciente.

É um sistema rápido e seguro para você consultar e fazer prescrições farmacêuticas visando um maior benefício dos seus pacientes. 

E um bônus: para diversos protocolos e produtos sugeridos, a Clinicarx University oferece cursos online de curta duração gratuitos, focados em prescrição farmacêutica, para que o profissional se desenvolva ainda mais.

Mude sua prática, seja no balcão ou no consultório farmacêutico. Forneça uma prescrição farmacêutica na próxima vez que um paciente lhe solicitar uma recomendação de tratamento.

Seus resultados profissionais nunca mais serão os mesmos!

 

*Este artigo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.



5 dicas de gestão financeira para farmácias

gestão financeira para farmácias

Os serviços farmacêuticos têm sido uma grande tendência nos últimos anos. A gestão financeira para farmácias demanda que esses serviços sejam sustentáveis e rentáveis.

Milhares de empresas brasileiras têm investido em estrutura física, equipamentos e treinamento de profissionais a fim de ofertar novos serviços a seus clientes. 

Farmácias estão expandindo e ampliando sua renda com serviços de atenção farmacêutica.

A drogaria Araújo, de Minas Gerais, possui hoje mais de 230 estabelecimentos com salas de atendimento para realização de exames, orientação e monitoramento de doentes.

Atualmente, a atenção farmacêutica clínica representa 45% do faturamento da loja de farmácias independentes.

Os serviços agregam rentabilidade e fidelizam consumidores, hoje mais dispostos a frequentar lojas de bairro em função do distanciamento social.

No entanto, para que essa tendência se solidifique, é fundamental que os serviços sejam sustentáveis do ponto de vista econômico.

É indiscutível que os serviços farmacêuticos e a atenção farmacêutica precisam ter alta qualidade para que o paciente receba bons cuidados em saúde, mas é preciso também gerar receita e obter lucro dessa operação.

Neste artigo, vamos guiar você que oferece serviços farmacêuticos e quer adotar uma boa prática de gestão financeira para farmácias.

Dicas práticas de gestão financeira para farmácias 

Vamos às 5 dicas de gestão financeira que vão revolucionar o seu olhar para o seu negócio.

1. Tenha metas claras para seus serviços de atenção farmacêutica

É importante traçar metas, pois isso procure motivar o time e criar mais previsibilidade em termos de resultados.

Uma forma de calcular a meta é considerar o resultado do mês anterior, acrescentar um % de crescimento desejado e acompanhar o alcance desse resultado.

As metas mais comuns são aplicadas para:

  • número de atendimentos;
  • média de faturamento com atendimentos.

Mas você pode ter metas para todos os indicadores do seu painel de gestão de serviços.

2. Indicadores dos serviços para acompanhar na gestão financeira

Os Indicadores-Chave de Desempenho, são uma técnica de gestão muito utilizada em diferentes áreas de negócios. 

Os KPIs são importantes para acompanhar os resultados do seu projeto, pois permitem saber o que está funcionando e o que não está. Dessa maneira, é possível fazer os ajustes necessários para atingir seus objetivos.

Então, quais são os indicadores importantes para uma boa gestão financeira para farmácias e análise de performance?

  • Número de atendimentos:
    Mostra o movimento de pacientes do seu serviço e é o indicador mais importante.

  • Faturamento com serviços:
    É o segundo indicador mais importante, que mostra o resultado financeiro do seu negócio baseado em serviços.

  • Número de procedimentos:
    Mostra a quantidade e variedade de procedimentos realizados, que impactam no faturamento e na satisfação dos pacientes. O objetivo é fazer mais de 1 procedimento por atendimento, em média.

  • Número de prescrições farmacêuticas:
    Mostra o quanto você está recomendando em termos de tratamentos, indicando atendimento às necessidades dos pacientes e oportunidades de vendas agregadas.

  • Número de agendamentos:
    Quanto mais agendamentos realizados, mais retornos, mais fidelização. O ideal é que o número de agendamentos do mês seguinte seja igual a 50% do número de atendimentos do mês anterior.

  • Ticket médio por atendimento:
    Dividindo-se o faturamento do período analisado pelo número de atendimentos desse mesmo período, obtém-se o ticket-médio. O objetivo é sempre aumentar esse valor.

  • Curva ABC de serviços:
    Uma tabela de produtividade de serviços que mostra aqueles com maior procura e mais rentáveis. Fique sempre de olho nos seus carros-chefe, ao mesmo tempo em que diversifique seu mix de serviços.
Muitas vezes começamos com um caderno de anotações, evoluímos para uma planilha. Mas, para que os Serviços Farmacêuticos realmente ganhem corpo e se tornem uma nova unidade de negócios da sua farmácia é preciso ter mais eficiência. Uma forma mais prática e rápida de obter os KPIs, garantindo que cada atendimento seja registrado, é trabalhar com um software de gestão de serviços farmacêuticos, que permita a recuperação dessas informações, transformadas em KPIs, trazendo mais inteligência para seu negócio.

3. Como calcular a taxa de agendamentos X total de atendimentos?

Calcule a razão entre o número de agendamentos e o total de atendimentos em um certo período. Faça isso dividindo o número de agendamentos pelo total de atendimentos.

Considerando que a maioria dos clientes de serviços farmacêuticos são pacientes com doenças crônicas, a prática de agendar o retorno ao final do atendimento gera um KPI importante a monitorar. 

  • Por exemplo, uma taxa de 30% significa que 1 a cada 3 dos atendimentos geraram agendamentos de retorno.

Por que o agendamento do retorno do paciente é importante?

Por vários motivos. Em pacientes com doenças crônicas, por exemplo, o tempo de acompanhamento e o número de retornos podem trazer mais resultados do que o tempo gasto com o paciente em uma consulta. 

Pode ser melhor para o paciente ter 5 atendimentos de 10 minutos com o profissional, e ter um acompanhamento mais constante, do que apenas 1 atendimento que dura 50 minutos.

Questões complexas como adesão ao tratamento e controle de exames são melhores trabalhadas quando o contato entre profissional e paciente é frequente ao longo do tempo. 

Além disso, o contato contínuo fortalece o relacionamento e amplia a compreensão do profissional sobre o contexto do paciente. O agendamento é uma estratégia para criar esse contato contínuo.

Agendamento de retorno, principalmente quando associados a lembretes automáticos, aumenta a adesão ao serviço, aos medicamentos e pode melhorar os resultados de saúde.

Além disso, sem uma taxa previsível de retorno, a saúde do seu serviço farmacêutico também pode entrar em colapso. 

Pacientes retornando significam mais fidelização e mais faturamento. Caso contrário, todo mês você terá que começar do zero, captando novos clientes para seu serviço.

Tenha em mente a regra do 50/50. É ideal para o serviço que, a cada mês, você tenha metade dos seus atendimentos com novos pacientes e metade com pacientes que estão retornando. Portanto, o agendamento deixará seu serviço mais saudável.

4. Saiba como funciona a tributação de serviços

Os serviços farmacêuticos “ambulatoriais” são sujeitos ao pagamento de ISS (Imposto Sobre Serviços) ao município, quando realiza emissão de nota fiscal ou equivalente para o paciente.

Produtos utilizados durante e para a prestação de serviços são considerados insumos e não estão sujeitos a Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). 

Nesses casos específicos, não estão sendo vendidos diretamente ao consumidor, mas consumidos para prestação de serviços. 

Foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico de 5 de outubro de 2020 o Acórdão relativo ao Recurso Extraordinário 605.552, que tratava da tributação sobre a manipulação de fórmulas das farmácias magistrais.

Decidiu-se que o tributo devido é o ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) quando houver manipulação de fórmulas individualizadas para atendimento de prescrição de profissional habilitado.

E ICMS quando se tratar de formulações preparadas previamente pela farmácia e expostas para venda.

5. Cobre pela prestação de serviços

Sim, você deve cobrar pelos seus serviços farmacêuticos na farmácia. Caso contrário, você não possuirá um modelo de negócios sustentável e não obterá sucesso em médio a longo prazo.

Para que os serviços farmacêuticos da sua farmácia tragam resultados reais para a empresa é necessário que eles sejam remunerados.

Se você busca remuneração pelos seus serviços farmacêuticos, existem no Brasil dois modelos de pagamento para profissionais da saúde: os convênios com planos ou operadoras de saúde e o desembolso direto do paciente (pagamento particular).

Como não dispomos, ainda, de um modelo de convênio maduro no país para serviços farmacêuticos, receber esta remuneração dos planos de saúde (ou do governo) não se mostra viável no momento.

Portanto, resta buscar o pagamento privado, em que o paciente irá pagar diretamente à farmácia pelos serviços prestados

Se você decidir prestar serviços gratuitos à população, isso significa que quem está pagando por esses serviços é a própria farmácia. Esse valor será retirado da margem de lucro da venda de produtos. 

A experiência mostra que essa conta não fecha. No final, o proprietário é obrigado a interromper os serviços por inviabilidade financeira. 

Faça a gestão financeira da sua farmácia com a Clinicarx 

Na Clinicarx, nossos clientes têm relatórios avançados de resultados dos serviços integrados ao Painel Gerencial, também há opções de relatórios financeiro, produtividade e taxa de retorno.

A plataforma integra a atenção em saúde com a gestão do seu negócio, onde é possível verificar a quantidade de atendimentos, procedimentos mais realizados, faturamento com cada um dos serviços, valor do ticket médio atual. 

Além disso, você pode personalizar seus relatórios, observar pontos de melhoria, onde pode investir mais para rentabilizar melhor, tudo isso de forma simples e intuitiva. 

Com a Clinicarx, seus serviços são conectados com seu checkout de serviços, e com diversos relatórios financeiros e de produtividade. Você verá que é possível fazer uma gestão inteligente e profissional de seu negócio baseado em serviços de saúde!

*Este artigo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.

Como fidelizar clientes na farmácia com essas ferramentas simples

fidelizar clientes

Sabemos que ao implementar serviços farmacêuticos, sua prioridade é fidelizar clientes e garantir o sucesso da sua farmácia e a rentabilidade para manter a vida financeira do seu negócio saudável. 

Um dos primeiros contatos que você, farmacêutico, tem com seu cliente é no balcão, seja para vender um medicamento ou dar orientações. Por isso, é fundamental oferecer os serviços de saúde da farmácia no balcão.

Por exemplo, se você executa procedimentos básicos, então pacientes que comprar anti-hipertensivos, antidiabéticos ou medicamentos injetáveis são seu público-alvo preferencial.

Além disso, existem ferramentas que podem agregar e fidelizar clientes, trazer valor para seu atendimento e garantir o retorno dos pacientes à sua farmácia. 

  • São elas: Calendário posológico e dispensação programada de medicamentos. 

Neste artigo, vamos entender como fidelizar clientes com essas duas ferramentas que você encontra na plataforma Clinicarx.

Como fidelizar clientes na minha farmácia?

Não existe fórmula mágica, mas aqui estão algumas dicas práticas para você fidelizar clientes com recursos disponíveis na Clinicarx!

  • Acolha e receba bem seu cliente. Escute as queixas, entenda a demanda do paciente e ofereça seus serviços sempre;
  • Agregue vários serviços que o paciente necessita, no mesmo atendimento;
  • Registre os medicamentos que ele/ela utiliza e suas doenças também;
  • Agende o retorno do seu paciente de acordo com o serviço que está sendo oferecido. Lembre-se de programar um retorno com intervalo menor para pacientes que precisam de mais cuidado;
  • Ofereça um calendário posológico digital ou impresso;
  • Agende a dispensação de pacientes polimedicados, promova adesão e aumente suas vendas.

     

    Gerencie sua base de clientes com todo cuidado. Cerca de 20% dos seus clientes provavelmente está garantindo 80% das suas receitas. Cuide bem deles. 

Ofereça produtos e serviços de qualidade para todos e atraia novos clientes pela melhor propaganda do mundo: o boca-a-boca. Faça isso e veja a diferença.

Já conhece o novo plano gratuito e por tempo ilimitado da Clinicarx? Acesse nosso plano Free e comece hoje a experimentar a plataforma.

banner blog free

O Calendário Posológico

O calendário posológico é um recurso visual para facilitar a adesão ao tratamento em pacientes polimedicados com dificuldades de leitura/alfabetização ou na organização de sua rotina de medicação.

Como fazer? 

Para cada medicamento que o paciente utiliza, registre o nome e dosagem, bem como os horários do dia para cada dose, sempre ligado aos horários principais das refeições que estruturam a rotina. 

Ao final você terá uma lista completa e organizada dos medicamentos, com uma rotina de medicação organizada, validada pelo farmacêutico. 

Como criar um calendário posológico na Clinicarx


Para clientes Clinicarx, funcionalidades de atenção farmacêutica que agregam no atendimento de qualidade ao paciente, estão padronizadas de forma intuitiva e otimizada. 

Você que é nosso parceiro, pode criar o calendário posológico da seguinte forma:

Ao realizar a prescrição de um medicamento ou adicionar um tratamento no perfil do paciente, você poderá criar o calendário posológico com estes tratamentos.

  • Durante um atendimento, vá até a aba de CONDIÇÕES E TRATAMENTOS;
  • No lado direito você verá “Tratamentos atuais”, lá você encontra tratamentos adicionados através da prescrição farmacêutica ou poderá registrar novos;
  • Na área de Tratamentos atuais, você pode mudar de ordem de exibição dos tratamentos, clique, segure e arraste para ordenar na posição desejada;
  • Para imprimir Calendário Posológico de todos os tratamentos, vá até a página “Documentos” e selecione a opção “Calendário posológico”;
  • Esse será o Calendário Posológico gerado (com os dados da farmácia e do paciente, de acordo com os padrões de impressões da Clinicarx). 

Melhore a adesão aos medicamentos de muitos dos seus pacientes com essa ferramenta simples. Eles vão gostar.

A Dispensação Programada

A dispensação programada consiste na entrega de medicamentos e orientação ao paciente sobre como utilizá-los, geralmente mediante uma prescrição médica.

Dispensação programada é uma estratégia de fornecimento de medicamentos cujo objetivo é garantir que o paciente obtenha toda quantidade de medicamentos necessária, com a periodicidade necessária.

Nesse serviço, o farmacêutico irá cadastrar todos os medicamentos utilizados pelo paciente, posologia e horários de uso, fornecendo uma certa quantidade de “dias de tratamento” sincronizados para todos os medicamentos. 

Dessa forma, sabe-se com precisão a data em que os medicamentos irão terminar e é agendado retorno do paciente para uma “dispensação programada”.

O farmacêutico auxilia o paciente no gerenciamento de seu tratamento, evita rupturas de estoque, interrupções de tratamento, melhorando a adesão ao tratamento e os resultados de saúde.

Você pode oferecer esse serviço para pacientes com doenças crônicas que fazem uso contínuo de medicamentos e que poderão voltar à sua farmácia para  comprá-los novamente . Você também poderá realizar uma avaliação em saúde para verificar a efetividade do tratamento.

Como fazer a dispensação programada de medicamentos

Vamos entender como você, farmacêutico, pode realizar o serviço de dispensação programada para seu paciente.

Construção da lista de produtos do paciente

Todos os medicamentos e produtos utilizados pelo paciente são identificados e cadastrados, juntamente com informações de posologia (dose, frequência e duração), instruções adicionais de uso e prescritor.

O objetivo é construir a lista de medicamentos e produtos mais completa possível, utilizando como fontes de informação o próprio paciente, caixas de produtos, receitas médicas, entre outras.

Revisão da medicação com foco na adesão ao tratamento

Cuide do seu paciente com atenção e cuidado, para uma melhor adesão ao tratamento, não deixe de conversar com ele sobre as medicações e possíveis dificuldades.

Tendo a lista de medicamentos construída, revisar com o paciente alguns pontos sobre cada tratamento, com base em uma anamnese estruturada:

  • Como está indo seu tratamento com medicamentos?
  • Como você utiliza cada um de seus medicamentos?
  • Está tendo algum problema ou preocupação com relação a eles?
  • Você acha que seus medicamentos estão funcionando?
  • Você acha que está tendo algum efeito colateral ou inesperado?
  • Você já esqueceu de tomar alguma dose? Quando foi a última vez?
  • Teria algo mais que você gostaria de saber sobre seus medicamentos?

 

O objetivo é ter no máximo 3 (três) momentos de medicação ao dia. A rotina de medicação pode ser organizada de acordo com as refeições ou em horários específicos.

Dispensação dos produtos

Os medicamentos e produtos que o paciente leva da farmácia são registrados, informando a quantidade de caixas de cada item. 

Considerando a posologia informada e a quantidade de produto em cada caixa, o sistema irá calcular a data de fim para cada tratamento, indicando a melhor data de retorno, de modo que todos os tratamentos fiquem sincronizados.

Sincronizar os medicamentos do paciente significa alinhar uma única data na qual o paciente leva quantidade suficiente para cumprir todo tratamento, até a data de retorno à farmácia.

Agendamento do retorno

É marcada uma data de retorno, geralmente 2-3 dias antes da data de fim dos medicamentos do paciente. O produto cujo tratamento irá acabar antes é usado como referência para a marcação desta data.

Na data marcada, os tratamentos do paciente são atualizados, caso tenha havido mudanças de produtos ou posologia. Com os dados atualizados, uma nova dispensação é realizada e nova data de retorno agendada.

Pronto! Agora você tem em mãos ferramentas valiosas e que são simples para sua atenção farmacêutica se tornar referência no bairro e na cidade.

Fidelizar clientes na farmácia se torna rotina quando você integra no seu dia a dia a missão de encantar e cuidar dos seus pacientes. 

*Esse conteúdo foi aprovado pelo corpo técnico da Clinicarx.

Saiba como a PharmaReal aumentou em 40% seu faturamento com a Clinicarx

PharmaReal

Com o sonho de se tornar um farmacêutico clínico de referência e ver sua farmácia crescer, Alan Rezende, dono da PharmaReal, Conselheiro Lafaiete (MG), experimentou na prática as soluções significativas com resultados incríveis que a Clinicarx proporciona às farmácias parceiras. 

Alan conheceu a plataforma através das redes sociais, se interessou pelo conteúdo e ao assistir alguns vídeos do nosso CEO, Cassyano Correr, percebeu que era possível ampliar sua atuação farmacêutica clínica.  

Além disso, ele reconheceu grandes redes de farmácias de sucesso como a drogaria Araújo e Drogasil, por exemplo, que são parceiras e utilizam a plataforma no dia a dia.

Foi assim que ele viu como era possível realizar o sonho de entregar mais aos seus clientes, oferecer um atendimento mais completo e se tornar um profissional de referência. 

“Eu queria entregar mais, fazer valer o meu diploma e mostrar que o farmacêutico é um profissional capacitado para oferecer esses serviços de saúde, orientar e acompanhar pacientes”, afirma. 


A Clinicarx, desde o início, foi um pilar importante nesse processo.

Alan recebeu retorno imediato dos nossos consultores quando entrou em contato através do nosso site. A equipe tirou suas dúvidas, mostrou como era possível oferecer os serviços farmacêuticos e assim ele começou a estruturar seu planejamento. 

Como tudo começou: a estruturação do consultório

Alan já tinha uma ideia do que queria oferecer na parte clínica da sua farmácia, a PharmaReal, que tipo de atendimento pensava em entregar aos seus clientes e, é claro, a fidelização e reconhecimento do seu trabalho. 

A PharmaReal tem aproximadamente 250m² de área privativa. Para implementar os serviços farmacêuticos, Alan decidiu que utilizaria uma parte da loja para reformar e montar o consultório de atendimento. 

Ele fez um planejamento de 20 dias para a reforma e para ter a sala clínica pronta. Após esse período, a farmácia estava estruturada e organizada, inclusive, com os banners que a Clinicarx disponibiliza para clientes que aderem ao plano. 

Alan já fazia alguns atendimentos limitados e decidiu trazer mais saúde para os clientes com serviços mais avançados e com a prática clínica. 

A divulgação nas redes sociais da PharmaReal

Com tudo pronto e a plataforma já instalada, a divulgação em veículos de comunicação e redes sociais começou. 

O marketing dos serviços farmacêuticos faz toda diferença para quem realiza essa prática, além de demonstrar o valor do seu atendimento, é uma forma de levar mais conhecimento aos seus seguidores que, futuramente, podem se tornar clientes.

No Instagram, a PharmaReal faz postagens sobre os serviços, dicas para pacientes e kit de posts disponibilizados pela Clinicarx, para divulgar que tipo de procedimento oferece e no que pode ajudar seus clientes. 

  • A plataforma Clinicarx desenvolve uma série de cards e banners para clientes, personalizáveis e em diversos tamanhos, para redes sociais e aplicação em pontos de venda para que a farmácia ou clínica utilize.

manual redes sociais

“Foi um bum!”

“Minha farmácia que só entregava medicamento praticamente virou uma farmácia clínica também, na minha vida foi uma coisa muito importante, hoje sou muito mais conhecido do que eu era antes”, conta Alan. 

Ao contratar a plataforma, realizar atendimentos clínicos e divulgar esses serviços farmacêuticos, a PharmaReal passou de uma farmácia de bairro para uma referência na cidade onde todos procuram para buscar atendimento e orientações.

O atendimento “de 0 a 100”: serviços e retorno financeiro


A plataforma Clinicarx permite realizar e oferecer serviços farmacêuticos com uma gestão em escala, com foco na praticidade e agilidade do atendimento para que o profissional consiga focar no que o paciente precisa e tudo esteja automatizado. 

Dessa forma, é possível otimizar o número de atendimentos e serviços feitos, além de gerenciar a performance da farmácia através de um painel que integra número de procedimentos, pacientes atendidos, custos e cobrança por serviço. 

Para Alan, a plataforma impulsionou significativamente o alcance dos serviços farmacêuticos da farmácia. “Se não fosse a Clinicarx eu não estaria no estágio que eu estou hoje”, comenta. 

  • A Clinicarx possui protocolos, documentos e Procedimentos Operacionais Padrão automáticos para cada serviço cadastrado, o que auxilia no processo mesmo que o profissional de saúde não tenha uma experiência prévia. 

A Central de Conhecimento da Clinicarx centraliza esses protocolos e orientações técnicas para cada um dos serviços com uma busca personalizável para consultas. Os documentos também são um diferencial, segundo o farmacêutico. 

  • A plataforma gera e entrega laudos clínicos detalhados, validados pelo Laboratório Clínico de Apoio, responsável pela realização e assinatura do laudo de todos os testes rápidos realizados. 

A Declaração de Serviço Farmacêutico, documento obrigatório exigido pela RDC 44/2009 da Anvisa, também é símbolo de qualidade da plataforma, assim, o paciente não fica com dúvidas sobre os procedimentos realizados, resultados e orientações. 

Quais serviços oferece com a Clinicarx na farmácia?

Alan começou a oferecer um escopo de serviços clínicos amplamente procurados nas farmácias brasileiras:

  • Acompanhamento de pacientes crônicos, como hipertensos; 
  • Rastreamento e controle em saúde;
  • Exame de Glicemia;
  • Aplicação de injetáveis;
  • Avaliação antropométrica e distribuição corporal;
  • Hábito tabágico;
  • Check-up de pressão arterial;
  • Teste rápido da Covid-19. 

A farmácia em Conselheiro Lafaiete (MG) obteve retorno desde os primeiros, conta o farmacêutico. 

“Não só tem o retorno da própria plataforma em que as pessoas acabam retornando para outros acompanhamentos, como indicações de familiares para virem aqui”, menciona.

Vários médicos indicam os acompanhamentos na farmácia, segundo Alan, como avaliação da glicemia ou da pressão arterial, pois os relatórios são gerados pela plataforma para que o farmacêutico entregue ao paciente ao final de cada atendimento.

Como disse, foi de zero a cem, até me assustei com o quão foi bacana isso na minha vida tanto em mostrar o meu trabalho como profissional de saúde, e também na questão financeira”. 

Falando em números…

A Clinicarx aumentou em média 40% as vendas da PharmaReal.

Isso porque a plataforma é sistematizada e incentiva uma cadeia de serviços de saúde que se complementam, ou seja, para o paciente que faz um teste para Covid-19, pode-se indicar suplementação de vitaminas, por exemplo. 

Ou, o paciente que fez um exame de glicemia, pode realizar um acompanhamento através de avaliações com relatórios evolutivos dos níveis glicêmicos e retornar à farmácia para esse controle. 

Frente à concorrência, Alan também viu a necessidade de implementar serviços avançados e investir ainda mais na PharmaReal. Além disso, ele continuou estudando sobre farmácia e manejos de condições clínicas com as certificações oferecidas pela própria Clinicarx.

Os cursos ofertados na plataforma foram muito importantes nessa trajetória para adquirir mais conhecimento, se dedicar e colocar a mão na massa, conta o farmacêutico.

  • A Clinicarx desenvolve capacitações exclusivas com certificados da plataforma EAD, em parceria com diversas indústrias farmacêuticas, disponíveis para clientes.

Na prática, para Alan, a Clinicarx dá a segurança que o profissional da saúde precisa, sempre atualizada com protocolos e com as informações acerca do contexto atual de fontes oficiais como a Organização Mundial da Saúde, entre outras. 

Quer fazer como Alan?

Agora, a Clinicarx está com um plano Free, com os principais serviços farmacêuticos gratuitos e por tempo ilimitado para você implementar na sua farmácia. 

Além disso, todos os serviços estão padronizados com modelos prontos e Protocolos Operacionais Padrão para já começar com os atendimentos e fidelizar seus clientes. Acesse e saiba mais aqui.

Hormônio Luteinizante (LH) no ciclo menstrual: dúvidas e orientações

hormônio luteinizante

O Hormônio Luteinizante (LH) é produzido pela hipófise e é responsável pela ovulação e produção de progesterona. É o preditor clinicamente mais útil da aproximação da ovulação.

Mulheres que desejam conhecer seu período de ovulação através dos níveis do Hormônio Luteinizante, encontram em farmácias e clínicas um teste rápido que ajuda a identificar esse período. 

Neste artigo vamos abordar:

  • O Hormônio Luteinizante no ciclo menstrual;
  • Valores de referência;
  • As fases ovulatórias, lúteas e folicular;
  • Orientações farmacêuticas às pacientes.

O LH no ciclo menstrual e valores de referência

Durante o ciclo menstrual, a concentração do hormônio LH varia, mas está presente em todas as fases.  A sua concentração aumenta durante o período fértil.

O LH no ciclo menstrual tem papel importante para a mulher, pois ele é um marcador para diagnosticar infertilidade, identificar a menopausa, entender causas de ausência de menstruação e liberação de óvulos.

Os valores de referência do LH são:

  • Fase folicular: 2,4 – 12,6 mUI/mL;
  • Pico ovulatório: entre 14 – 95,6 mUI/mL;
  • Fase lútea: 1 – 11,4 mUI/mL;

     

  • Menopausa: 7,7 – 58,5 mUI/mL.

Há diversas causas e condições clínicas associadas aos valores baixos ou altos do LH, vamos conhecer?

Para valores de referência de LH abaixo do normal, os indicativos são:

  • Problemas na hipófise;
  • Deficiência da produção do hormônio GnRH, que estimula a hipófise para produzir LH;
  • Síndrome de Kallmann, doença genética pela ausência da produção de GnRH;
  • Hiperprolactinemia.

Consequências:

Ausência de menstruação nas mulheres. É indicado procurar um médico para tratamento. 

Para valores de referência de LH acima do normal, os indicativos são:

  • Fase de ovulação;
  • Tumor na hipófise;
  • Puberdade precoce;
  • Menopausa precoce;
  • Síndrome do Ovário Policístico. 
hormônio luteinizante (LH)
MANUAL MSD - Versão para Profissionais de Saúde/reprodução

O Hormônio Luteinizante nas fases do ciclo

Os níveis de hormônio luteinizante (LH) estão diretamente relacionados ao ciclo ovulatório feminino. Nas mulheres, o aumento agudo de LH estimula a ovulação e o desenvolvimento do corpo lúteo. 

Com este resultado é possível estimar se a mulher encontra-se próxima da ovulação, período em que existe propensão para engravidar.

Os sintomas mais comumente associados ao período de ovulação são:

  • Mudanças na secreção vaginal, 
  • Aumento na temperatura do corpo, 
  • Dor abdominal de um lado da pélvis, 
  • Sangramento mínimo, 
  • Maior sensibilidade nos seios, 
  • Aumento da libido, 
  • Variações de humor, enxaqueca e náuseas.

Fase folicular 

A fase folicular do ciclo menstrual começa com o início da menstruação e termina no dia do pico de LH.

Nessa fase, os níveis de FSH aumentam, o que induz o recrutamento de um pequeno número de folículos. Mais tarde, entre os dias 5 e 7, um desses folículos se torna dominante. 

O folículo dominante se desenvolve e no meio do ciclo menstrual a hipófise libera uma onda de LH que estimula os estágios finais da maturação folicular e a ovulação.

Ovulação

A ovulação ocorre após o LH ser liberado em quantidades maiores, geralmente nas próximas 36 a 40 horas.

Dessa maneira, o pico de LH é responsável pela ruptura da parede do folículo e a liberação do óvulo maduro.

Fase lútea

A fase lútea se estende do dia do pico de LH até o início da próxima menstruação.

Com duração de 14 dias, o folículo se transforma em um corpo lúteo depois de liberar o óvulo. 

Primeiro, esse corpo lúteo estimula a produção de progesterona em quantidades aumentadas, chegando a uma média de 25 mg/dia, 6 a 8 dias após a ovulação. 

Nessa primeira fase lútea o estradiol também se encontra em níveis altos. Esse aumento de estradiol e progesterona aumentam a proliferação celular e a vascularização do endométrio para otimizar a fixação do óvulo fecundado.

Caso não ocorra fixação do óvulo no endométrio, na fase lútea tardia acontece a diminuição da síntese de estradiol e de progesterona e isso resulta no início do fluxo menstrual, que marca o início de um novo ciclo.

Hormônio Luteinizante (LH) e seu papel da fertilização

A duração média do ciclo menstrual é 28 dias (variando de 21 a 40 dias). O primeiro dia da menstruação é o dia 1 e a ovulação geralmente ocorre no dia 14.

Para acontecer a fecundação do óvulo nas tubas uterinas, o hormônio luteinizante provoca o rompimento da parede folicular que ocasiona a liberação do óvulo.  

Esse período em que o óvulo está disponível para ser fecundado é o que é chamado de período fértil de uma mulher.

Após a ovulação, se ocorrer a fecundação, o óvulo fecundado migra até o útero e se fixa no endométrio.

A gravidez ocorre quando esse óvulo consegue se fixar no endométrio. Para isso acontecer, o endométrio precisa estar saudável e com a vascularização adequada.

Os hormônios da gravidez ou hormônios placentários são produzidos no primeiro trimestre após a formação do corpo lúteo.

O estrógeno, a progesterona, o hormônio lactogênio placentário e hCG começam a ser produzidos nesse primeiro momento.

O hCG produzido pela placenta é o hormônio mais conhecido nessa fase da gravidez, ele é divido entre alfa e beta

A subunidade alfa do hCG é muito parecida às subunidades alfa hormônios hipofisários TSH, FSH e o Hormônio Luteinizante, produzidos pela hipófise.

Por esse motivo, o hormônio luteinizante na gravidez também pode aparecer em níveis mais altos

Como esses hormônios podem se confundir por serem semelhantes, no teste laboratorial de gravidez, analisa-se o beta do hCG, ou β-hCG, para garantir que não seja dosado um desses outros hormônios produzidos. 

O teste rápido de LH

Para quem é este teste?


O teste rápido para dosagem de LH é indicado principalmente para:

  • Mulheres que desejam identificar o período de ovulação;
  • Homens, para rastreamento de problemas de fertilidade;
  • Crianças, sob pedido médico, para rastreamento de puberdade precoce.

O teste rápido para dosagem de LH atende o interesse de mulheres que desejam a gestação, figurando como aliado para melhor previsão do período fértil ao longo do ciclo menstrual.

Dessa maneira, o teste rápido do LH pode ser feito por mulheres, por exemplo, que estão fazendo tratamento de fertilidade e precisam identificar o melhor momento para engravidar,aumentando as chances de sucesso do tratamento.

O resultado é mostrado no painel do equipamento em mUI/mL. Esse é o valor que deve ser inserido no laudo.

Monitorar níveis hormonais até o pico da liberação hormonal, a partir do qual se espera a ovulação em 36 a 40h.

Espera-se níveis de LH entre 14 – 95,6 mUI/mL durante a fase de ovulação, que equivale aos dias férteis da mulher. 

  • Outros valores são esperados para outras fases do ciclo ovulatório:

Valores fora do intervalo entre 14 – 95,6 mUI/mL e/ou redução nos níveis de LH em medidas sequenciais indica a ausência de ovulação ou que a ovulação já aconteceu. 

Para este último caso, aguarde o próximo ciclo e inicie o acompanhamento 2 dias antes da data provável da ovulação.

Testes Rápidos Clinicarx

Com o serviço de Testes Rápidos da Clinicarx, você pode implementar TLR na sua farmácia ou clínica, com todo suporte do nosso Laboratório Clínico Central, e emitir laudo laboratorial válido para entregar ao seu paciente. 

Você pode encontrar também um curso completo online sobre o assunto em nossa plataforma educacional, ideal para quem está começando no tema.

Aproveite nosso plano Free e utilize gratuitamente a plataforma, oferecendo testes rápidos na sua farmácia e mais valor em saúde às suas pacientes. 

 

*Esse conteúdo foi aprovado pelo corpo técnico da Clinicarx.

Clinicarx lança plano Free para farmácias implementarem serviços de saúde

plano Free

A missão que movimenta a Clinicarx é levar mais saúde ao maior número de pessoas, atender a população através de pontos de saúde estruturados e preparados para oferecer alta qualidade de atendimento e tornar o paciente protagonista da sua saúde. 

Como caminhamos para alcançar esse objetivo? Proporcionando ferramentas para que nossos clientes se empoderem, cresçam e impulsionem seus pontos de saúde. O plano Free é uma delas!

Ouça o que nossos clientes têm para contar 

O farmacêutico Alan Rezende, da PharmaReal, aumentou em pelo menos 40% seu faturamento mensal na farmácia com a oferta de serviços em saúde pela Clinicarx. 

Com os rastreamentos em saúde, avaliações e acompanhamento dos pacientes crônicos que ele consegue realizar pela plataforma, a fidelização de pacientes veio como consequência junto com o retorno financeiro.

Assista ao webinar completo!

A Attive Pharma, a primeira farmácia a realizar testes rápidos para Covid-19 em Mato Grosso do Sul, conseguiu aumentar sua renda em 300% no ano de 2020. A gerente Flávia T. França, conta um pouco desse processo aqui.

“A Clinicarx oferece o auxílio que você precisa para oferecer serviços em sua farmácia, como App para pacientes, menu de serviços, gerenciamento de resultados e muito mais”.

A farmacêutica Daniely Proença também turbinou seu faturamento com a oferta de serviços farmacêuticos mais variados, principalmente com os procedimentos de controle e rastreamento em saúde, como exame de glicemia e pressão arterial. 

Screenshot 1 1

O Plano Free Clinicarx nasceu embasado nesse propósito. Para facilitar tanto a implantação de serviços farmacêuticos nos pontos de saúde, quanto a acessibilidade a esses serviços pela população.

E você pode ser um dos mais de 14.000 mil profissionais do Brasil que utilizam nossa plataforma.

A plataforma Clinicarx em sua versão gratuita e por tempo ilimitado possui um algoritmo inteligente baseado diretrizes e protocolos clínicos atualizados para você realizar o atendimento farmacêutico

É possível orientar o paciente com toda a segurança, emitir relatórios de saúde completos e ajudar outros profissionais de saúde a tomar decisões mais assertivas no tratamento do paciente.

Além disso, o plano Free proporciona:

  • implantação dos serviços básicos e mais procurados nas farmácias como pressão arterial, injetáveis, exame de glicemia, perfuração de lóbulo e os testes rápidos;
  • rentabilizar e analisar custos, número de procedimentos, para pensar na saúde financeira da sua farmácia ou clínica;
  • realizar prescrições farmacêuticas orientadas com uma base de medicamentos que o farmacêutico pode prescrever já cadastrada através da SmartRx;
  • acesso a cursos exclusivos com certificações da plataforma EAD Clinicarx University;
  • aplicativo mobile para pacientes com acesso aos dados da consulta;
  • documentação e sistema de POP’s cumprindo a legislação e de acordo com a vigilância sanitária;
  • Declaração de Serviço Farmacêutico automatizada e personalizada.

A Clinicarx oferece e organiza tudo o que você precisa para começar a oferecer os principais serviços de saúde! 

Com o plano gratuito, é possível começar a entregar mais aos seus clientes, sabendo que os serviços cumprem a legislação vigente e têm todas as orientações necessárias para um atendimento diferenciado.

Para quem é o plano Free?

O plano gratuito da Clinicarx engloba diversos nichos farmacêuticos, seja para farmácias que estão começando ou querem começar a ofertar serviços de saúde, como para farmácias comunitárias e independentes. 

Para quem já oferece serviços básicos e quer avançar, implantar novos serviços mais especializados, como prescrição farmacêutica, aplicação de injetáveis, teste de glicemia, testes rápidos.

Para quem quer começar a visualizar melhor seu escopo de serviços farmacêuticos, aumentar sua gama de ofertas e, principalmente, precificar para cobrar e analisar seus custos.

Para todos os tipos de farmácias ou clínicas, o plano Free é uma ótima oportunidade para quem está começando ou quer avançar no processo de serviços farmacêuticos, pois possibilita explorar as ferramentas e entender o momento do seu negócio. 

Além de proporcionar suporte técnico, seguir as legislações vigentes e garantir vínculo aos laboratórios clínicos para laudagem de testes. Assim, o farmacêutico pode focar no atendimento à população e no empoderamento da sua prática. 

Por onde começar?

Para começar a utilizar o plano Free, basta você iniciar seu cadastro, você precisa ter em mãos: seus dados pessoais, dados da sua empresa como CPNJ, seu registro profissional. 

Habilite sua unidade com as informações necessárias no primeiro acesso, e depois é só explorar as funcionalidades, escolher os serviços que a farmácia ou clínica quer oferecer, atender seus pacientes e começar a rentabilizá-los.

Esses são os primeiros passos que o profissional da saúde precisa para utilizar a plataforma gratuitamente. 

  • No cadastro, não é necessário registrar cartão de crédito ou pagar alguma taxa. 
Tela plataforma Clinicarx

Quais serviços implementar?

Bom, para responder a essa pergunta, vamos aos serviços de saúde que estão disponíveis na versão gratuita:
  • Pressão Arterial: Exame de medição da pressão arterial, um dos serviços mais procurados na farmácia, para que você avalie seu paciente e realizar um rastreamento em saúde ou ajudar a acompanhar um paciente hipertenso.
  • Exame de Glicemia: Controle e investigação a respeito do equilíbrio metabólico do paciente, rastreamento e auxílio na prevenção do diabetes.
  • Aplicação de injetáveis: Aplicação de medicamentos injetáveis com prescrição médica, amplamente procurado nas farmácias.
  • Perfuração de lóbulo: Perfuração do lóbulo do paciente para a colocação de brincos. É comum que os pacientes que realizam este serviço sejam bebês.
  • Testes rápidos: Exames padronizados dos melhores fornecedores do país, com protocolos clínicos de atendimento que guiam o farmacêutico em relação à indicação, realização, interpretação de resultados, notificações ao Ministério da Saúde e entrega do laudo ao paciente. Os testes disponíveis são: Covid-19, Glicemia, Perfil Lipídico, Hemoglobina Glicada e Dengue.
  • Triagem para Covid-19: Triagem clínica de pacientes com sintomas de síndrome gripal, suspeitos de Covid-19, incluindo avaliação de alguns sinais vitais, oximetria e sintomas.
  • Prescrição farmacêutica: Base completa com todos os produtos isentos de prescrição médica, com orientações, apresentação e posologia corretos, para elaboração da prescrição em segundos, cumprindo a legislação.

Os serviços de saúde possuem uma ordem de complexidade, relativa à prática e experiência clínica que determinado serviço desempenha, alguns são básicos e outros já são procedimentos avançados na atuação farmacêutica. 

Por exemplo, os testes rápidos são um dos serviços que mais cresceram no último ano, e seu papel no rastreamento em saúde tem relevância no valor do atendimento, gera informações importantes para o paciente que podem agregar em relatórios ao médico. 

  • São diversos testes rápidos cadastrados na plataforma, com Laboratório Clínico de Apoio, responsável pela realização e assinatura do laudo de todos os testes rápidos realizados. 

  • Esse laboratório cuida da garantia da qualidade, integrado ao Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ), e fornece todo suporte para o ponto de saúde que realiza testes rápidos. 

  • Além disso, a plataforma Clinicarx conta com Painel de gerenciamento de lotes para laudagem personalizada

Escolher quais oferecer depende de alguns fatores, como sua experiência prévia em atendimento de pacientes, o tipo de paciente que você deseja atingir e quais são seus objetivos em relação ao negócio da farmácia. 

As dúvidas podem ser várias, mas com clareza de objetivos e pesquisa, é possível visualizar quais serviços mais rentabilizam e que seus pacientes precisam.

Pensando nessa jornada, também, a Clinicarx desenvolve cursos de capacitação para profissionais da saúde que oferecem ou desejam oferecer mais serviços avançados, para que o empoderamento do conhecimento se alie à prática. 

Esses cursos estão disponíveis no plano Free e contemplam diversos assuntos.

Para cada um dos serviços existe um modelo pronto aliado à plataforma, ou seja, mesmo sem experiência prévia, o software disponibiliza POP’s automáticos para implementação, cursos exclusivos e muito mais para o farmacêutico começar a trabalhar e evoluir.

  • Quanto mais amplo for o portfólio de serviços, maior potencial financeiro e mais rapidamente você alcançará a sustentabilidade de seu negócio baseado em serviços.

Quanto cobrar pelos serviços?

O plano Free contempla a gestão financeira da clínica ou farmácia, por isso, através do painel gerenciador, é possível analisar e calcular seus custos por procedimento e número de atendimentos realizados. 

Além disso, a plataforma possui sugestões de preços integrados aos serviços oferecidos, com base em pesquisa de cálculos e médias de valores de mercado, ainda, é possível cadastrar o procedimento de forma personalizada com o valor desejado.

A Clinicarx permite que sejam criadas metas ou comissões diferentes para os seus funcionários. 

Ou seja, todos os atendimentos são conectados com seu checkout de serviços, com diversos relatórios financeiros e de produtividade para que exista um controle sobre os resultados e planejamento financeiro.

Nesse processo, o farmacêutico consegue fazer a precificação adequada dos seus serviços, cobrar por procedimento de forma autônoma e organizar o orçamento para que possa ampliar sua atuação.

  • Quer saber tudo sobre como precificar cada um dos seus serviços? Baixe nosso eBook gratuito.  

Analise com cuidado com seus custos, para que possa alcançar um preço final que traga sustentabilidade ao seu negócio baseado em serviços. Para alcançar uma precificação justa e competitiva, você deve considerar também os preços médios do mercado. 

Quanto posso faturar com serviços farmacêuticos?

Essa é a pergunta chave que com certeza todos querem a resposta! Já no primeiro mês de uso da plataforma no plano gratuito, você consegue começar a analisar seus números e visualizar quanto de renda seus serviços podem agregar. 

É claro que demanda mais tempo para ter uma base sólida de rentabilidade, pois você precisa planejar, implementar um modelo sustentável e fidelizar seus pacientes. Com o plano Free, o farmacêutico percorre esse caminho mais rápido e de graça. 

Existe um amplo leque de serviços de saúde que podem ser prestados na farmácia e eles não são todos iguais. 

Por isso, deve-se pensar em “mix de serviços“, numa lógica semelhante ao “mix de produtos” que uma loja possui. Maior variedade de oferta de serviços significa maior rentabilidade.

Serviços farmacêuticos básicos, como pressão arterial, testes de glicemia, aplicação de injetáveis, geralmente possuem ticket-médio menor (por volta de R$ 9,70) porém maior volume e boa margem (~80%). 

Por isso, são fundamentais para a saúde financeira de um negócio baseado em serviços. Serviços básicos geram dinheiro novo para a farmácia.

Então, o novo plano gratuito da Clinicarx atende todos os tipos de farmácias e clínicas que estejam começando a ofertar serviços farmacêuticos ou que querem entrar nesse movimento pela saúde e atender à população com qualidade. 

Agora é a hora de colocar a mão na massa e experimentar na prática, afinal, é de graça!   👉🏽 Acesse e comece hoje.

Como montar uma sala de vacinação na farmácia

sala de vacinação

Se você está implantando uma sala de vacinação na sua farmácia para oferecer o serviço e está com dificuldades, este artigo é para você.

Muitas farmácias em todo Brasil já oferecem serviços em saúde. Se você está se preparando e pensando em como implantar o serviço de vacinação na farmácia, há pontos que precisam ser considerados nesse processo. 

Qualquer farmácia pode oferecer esse serviço, mas para isso é necessário ter a sala de vacinação segundo algumas legislações para não ter problema com a fiscalização. 

O serviço de vacinação nas farmácias 

Em dezembro de 2017, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou a RDC 197/2017, que estabeleceu os requisitos mínimos para serviços de vacinação humana. Esse foi um marco na liberação de serviços de vacinação porque permitiu a responsabilidade técnica por farmacêuticos. 

Essa RDC da Anvisa veio regulamentar o Artigo Nº7 da Lei 13.021/2014, que autorizou aplicação de vacinas nas farmácias.

Alguns marcos regulatórios e pontos importantes para poder oferecer esse serviço:

  • RDC 197/2017: Dispões sobre os requisitos mínimos para o funcionamento dos serviços de vacinação humana;
  • A RDC 197/2017 determina que a farmácia deve ter instalações físicas adequadas, de acordo com o que é exigido pela RDC 50/2002. 
  • A Anvisa não exige sala exclusiva para vacinação, mas muitas vigilâncias municipais fazem essa exigência. Por isso, é necessário entrar em contato com a vigilância local durante o processo de implementação desse serviço.
  • Inclua em seu CNPJ o CNAE 8630-5/06 Serviços de vacinação e imunização humana;
  • Segundo a resolução CFF nº 654/2018, o farmacêutico precisa estar capacitado e habilitado para realizar o procedimento de vacina, portanto ele deve realizar um curso presencial e homologar o certificado no Conselho Regional de Farmácia;
  • É obrigatório ter  POP para o serviço de vacinação.

Não esqueça da documentação:

A documentação é um dos quesitos mais “atraentes” para a vigilância sanitária. Você irá precisar de um plano de gerenciamento de resíduos e diversos Procedimentos Operacionais Padrão (POPs)

Os principais POPs são para atividades de conservação, armazenamento e transporte de vacinas, higiene de pessoas e ambientes, e o processo de atendimento.

Como deve ser a sala de vacinação

A infraestrutura de uma farmácia que oferece esse serviço deve contar com três ambientes principais: uma área de recepção, um banheiro acessível para clientes e a sala de vacinação. A metragem mínima exigida para sala é 6 m²

  • Estrutura da sala de vacinação

A sala de aplicação de vacinas deve ter pisos e paredes íntegros e laváveis; portas e janelas de material lavável; ponto de água; ponto de internet; 1 tomada para cada equipamento; iluminação (natural ou artificial), temperatura, umidade e ventilação adequadas; espaço destinado à sanitário para clientes.

  • Mobiliário da sala

Mesa e cadeiras para atender o paciente, maca, bancada, armário para insumos, lixo com tampa e pedal para descarte de lixo comum e infectado, dispensador de sabonete líquido e papel toalha. 

Computador e impressora fazem parte desse conjunto e saiba que cada equipamento da sala precisa ter uma tomada elétrica exclusiva.

  • Equipamentos

Termômetro de máxima e mínima para ambiente calibrado, equipamento para refrigeração das vacinas (geladeira de vacinas) e caixa térmica de fácil higienização. 

  • Insumos

  • Agulhas e seringas;
  • Álcool 70% e algodão ou gaze;
  • Stopper ou esparadrapo.

 

  • Recursos materiais

Bobinas de gelo reutilizáveis, recipiente para descarte de pérfuro cortante e material biológico. 

 

  • Recursos humanos 

  • Farmacêutico habilitado, com autonomia técnica e regular perante o CRF;
  • Equipe de atendimento treinada, colaborativa e comprometida;
  • Equipe de limpeza treinada.

Montar um consultório farmacêutico pode mudar sua carreira e sua vida, mas também pode ser mais complicado do que apenas seguir a legislação. Um consultório é, na verdade, um negócio, por isso precisa entregar valor ao paciente e ser sustentável financeiramente.

sala de vacinação

Prepare as pessoas

Segundo o CFF, o(a) farmacêutico(a) deverá estar apto (habilitado) para poder fazer a vacinação. Para isso deverá concluir um curso de capacitação reconhecido e averbado pelo Conselho Regional de Farmácia de seu Estado. 

A equipe de vendas e gerência da loja também devem passar por treinamento nos aspectos operacionais do serviço.

A Clinicarx tem um curso online completo sobre vacinação na farmácia. Confira!

Licencie seu estabelecimento

Obter as autorizações para começar a operar costuma ser a parte mais demorada, pois são muitos protocolos, taxas e burocracia! 

Não se esqueça da inclusão de atividades CNAE específicas em seu CNPJ e seu projeto arquitetônico/ memorial descritivo. Além disso, você precisará do alvará da prefeitura, certidão de regularidade do CRF, autorização de funcionamento da Anvisa, licença sanitária incluindo atividade de vacinação e CNES (cadastro nacional de estabelecimento de saúde).

Adquira um software

Um bom software para cuidar de toda sua operação e inteligência de negócio é uma escolha importante. 

Você precisará manter um prontuário do paciente, registros de atendimento, fornecer declarações de atendimento, carteira de vacinação, segurança da informação e cumprimento da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Conte com a Clinicarx para ajudar a gerenciar seus serviços farmacêuticos e se preocupar com o atendimento ao seu paciente. 

Com a plataforma, você tem acesso a calendários vacinais com todas as vacinas que podem ser aplicadas nas farmácias, de acordo com os calendários da Sociedade Brasileira de Imunização (SBIM) e do SUS.

O sistema avalia o paciente para você, recomenda as vacinas necessárias, guia sua anamnese em busca de contra indicações para a imunização, orienta sobre dose, via e local mais indicado de aplicação, agenda os retornos e lembra o paciente de voltar para você. 

Além disso, o farmacêutico conta com orientações clínicas e uma Declaração de Serviço Farmacêutico (DSF) que é gerada automaticamente pelo software ao final do atendimento. 

Ele fornece também indicadores de gestão financeira e operacional, além de permitir exportar automaticamente o relatório de doses aplicadas ao SI-PNI Web.

Organize sua operação

Identifique as distribuidoras e faça seu cadastro para adquirir suas vacinas. Mas antes disso, você precisará definir o estoque de vacinas a trabalhar e precificar seu gesto vacinal. 

Atenção para as questões comerciais e tributárias envolvendo a venda de produtos e serviços e cuidado para não pagar impostos desnecessários.

Pronto! Seu serviço de vacinação atualizado e instalado na farmácia, com profissional capacitado, estoque inicial de vacinas, serviço precificado e divulgado, pronto para aplicar a primeira dose no primeiro paciente.

Nesta fase, seu foco principal será no bom atendimento, promoção e divulgação de seus serviços. Não descuide da sinalização da sua loja e ações de marketing digital, que são fundamentais para atrair mais clientes.

Parece complicado?

Parece complicado e, às vezes, pode mesmo ser. Pensando nisso, organizamos todo esse passo-a-passo em um curso online aprofundado sobre implantação de serviço de vacinação. Nosso objetivo é que milhares de farmácias no Brasil ofereçam este serviço e alcancem milhões de pessoas. Para isso, sabemos que superar a fase da implantação é fundamental. Se você achar necessário, podemos ajudá-lo a fazer isso mais rapidamente através da nossa Plataforma.

É possível ter a sala de vacina perfeita. Combinando os elementos certos na dose certa, você chegará lá!

 

Por fim, boa sorte em seu projeto! Esperamos que muitas famílias possam ser impactadas por seu serviço de vacinação, para uma vida mais saudável e feliz, protegidas de diversas doenças.

 

*Esse conteúdo foi aprovado pelo corpo técnico da Clinicarx.

Clinicarx automatiza gestão de laudo de Testes Rápidos

laudo de testes rápidos

Mais uma novidade Clinicarx chegando para facilitar o dia a dia dos nossos clientes. A nova funcionalidade da vez automatiza processos de gestão de laudo de Testes Rápidos na farmácia.

Através do novo Painel de Controle de Testes Rápidos, o administrador agora pode cadastrar novos lotes de TLR, atualizar estoque de testes com lotes já cadastrados e remover, ativar ou desativar lotes de laudo de testes rápidos.

O objetivo da nova ferramenta é agilizar esse processo e promover a autonomia dos nossos clientes na gestão de testes rápidos para otimizar a liberação de lotes de laudo de testes rápidos. 

Cadastro de lote para laudo de Testes Rápidos

Nós explicamos o passo a passo para você, administrador da clínica ou farmácia, cadastrar novos lotes de testes rápidos disponíveis para laudos. 

Esse processo pode ser realizado somente pelo usuário registrado com o perfil administrador na plataforma.

  1. Na página inicial, clique no ícone “Painel de Controle de Testes Rápidos”;

  2. Na página inicial do Painel de Controle de Testes Rápidos, insira as informações do lote para cadastrar ou pesquisar dentro da sua plataforma:
  • TESTE: Descrição do lote inserido na caixa. Exemplo: CORONAVÍRUS ANTÍGENO PANBIO ABBOTT (NASAL);
  • LOTE: Número do lote presente na caixa. Exemplo: 20103458;
  • QUANTIDADE: Quantidade de testes com o número de lote registrado. Exemplo: 150;
  • VALIDADE: Data de validade conforme descrito na caixa, conforme o padrão DD/MM/AAAA. Exemplo: 12/10/2022.
  1. Clique em “Confirmar Cadastro”.

Pronto! Seu lote está cadastrado disponível para realização do teste e emissão de laudos.

Se você é administrador e estiver dentro do atendimento, emitindo o laudo para o seu paciente e o lote do teste não estiver cadastrado, não se preocupe. 

Agora você poderá acessar o Painel de Controle de Testes Rápidos e cadastrar em tempo real o lote que deseja laudar. 

*Não esqueça de sempre atualizar a quantidade de testes que você recebeu em novas remessas de lotes, para garantir que seu estoque esteja sempre atualizado. Isso garante que você pode emitir todos os laudos que precisar.

Para maiores dúvidas, acesse nossa Central de Ajuda.

Gerenciamento de lotes de TLR

Através da nossa plataforma, no painel, agora você também pode gerenciar os lotes de testes rápidos. 

Você consegue controlar a quantidade de laudos emitidos para cada lote, os lotes que estão ativos ou inativos e, ainda, remover lotes com dados incorretos. 

Através dos filtros, o administrador também pode selecionar o que deseja visualizar: testes ativos ou inativos, busca por teste ou lote específico e exportar em Excel a listagem. 

O administrador da clínica ou farmácia gerencia todos os testes rápidos da farmácia disponíveis para laudagem através de uma única tela. 

Tela laudo de testes rápidos

Para desativar um lote ou removê-lo, é possível buscar por um lote específico ou filtrar os lotes por status. O passo a passo completo você encontra aqui.

*Lembre-se que ações de remoção de lote não podem ser desfeitas.

O profissional da saúde, seja o farmacêutico ou gerente da farmácia, terá acesso ao Painel, porém, não tem autorização para gerenciar os lotes, ele deverá reportar ao administrador para cadastrar, ativar, desativar ou remover lotes.

Com o Painel de Controle de Testes Rápidos, a Clinicarx facilita a gestão de lotes, laudo de testes rápidos que você oferece na sua farmácia, assim, é possível cadastrar mais testes e liberar lotes para laudagem em tempo real.

Você pode focar em oferecer uma maior variedade de testes rápidos com a segurança de que a emissão de laudo clínico estará automatizada e os lotes disponíveis para o processo completo através da plataforma. 

Testes Rápidos Clinicarx

Com o serviço de Testes Rápidos da Clinicarx, você conta com todo suporte do nosso Laboratório Clínico Central para emitir e entregar ao seu paciente um laudo laboratorial válido. 

Você também pode encontrar um curso completo online sobre testes rápidos em nossa plataforma educacional, ideal para quem está começando a atuar nesta área e quer se capacitar.

Clinicarx é uma Plataforma Digital que leva serviços básicos de saúde a farmácias e clínicas de todo Brasil.

Presente em todos os estados brasileiros, padroniza protocolos de atendimento e auxilia profissionais a estruturarem seu portfólio de serviços. 

Se você é profissional da saúde e deseja ampliar seu negócio oferecendo serviços como avaliações de saúde, acompanhamento de pacientes, vacinação e TLR com tecnologia, descubra o que a Clinicarx pode fazer por você.

banner blog free

7 dúvidas mais comuns sobre serviços de saúde em farmácias

serviços de saúde em farmácias
Este artigo é para você que tem dúvidas sobre serviços de saúde em farmácias. Iremos abordar:
 
  • o que são serviços de saúde;
  • como são esses serviços nas farmácias;
  • como oferecê-los na sua farmácia.

 

Hoje em dia as pessoas buscam cuidar da saúde de forma ágil, prática e conveniente, e os serviços de saúde em farmácias se tornaram essenciais nesse movimento.

Os serviços farmacêuticos cresceram exponencialmente nos últimos anos e a sua necessidade se fez notável, em especial com a oferta de testes rápidos e vacinação.

Você, farmacêutico, que quer começar a oferecer mais aos seus clientes, têm dúvidas?

Nós esclarecemos para você as principais perguntas sobre os serviços de saúde em farmácias

Entendendo o que são e quais são os serviços de saúde em farmácias

1. O que são os serviços farmacêuticos?

Serviços farmacêuticos são aqueles serviços de cuidado à saúde, prestados por farmacêuticos aos pacientes em farmácias ou consultórios particulares.

O modelo de prática no qual os serviços farmacêuticos se fundamentam é chamado de “cuidado farmacêutico” ou “atenção farmacêutica”.

Os serviços farmacêuticos tornaram-se uma tendência para as farmácias nos últimos anos, devido aos benefícios de sua implementação, como maior valor ao atendimento, entrega de saúde de qualidade ao paciente, rentabilidade e destaque no mercado para a farmácia.

Existem diversos tipos de serviços que podem ajudar a farmácia e beneficiar a saúde dos clientes.

2. Que serviços clínicos o farmacêutico está autorizado a oferecer?

As atribuições do farmacêutico no campo da farmácia clínica e dos serviços farmacêuticos avançaram muito na última década, e isso começa pela própria formação na graduação.

Estão entre as competências desse profissional ligadas à prestação de serviços de cuidado em saúde, destacam-se:

    • Rastreamento em saúde; 
    • Educação em saúde; 
    • Manejo de problemas de saúde autolimitados;
    • Revisão da farmacoterapia;
    • Gestão  da condição clínica;
    • Entre outros serviços de saúde como: testes rápidos e vacinação. 

Dentre as atribuições clínicas do farmacêutico, na assistência à saúde, destacam-se:

    • Estabelecer e conduzir uma relação de cuidado centrada no paciente;
    • Desenvolver, em colaboração com outros profissionais de saúde, ações para a promoção, proteção e recuperação da saúde, e a prevenção de doenças e de outros problemas de saúde;
    • Realizar intervenções farmacêuticas e emitir parecer farmacêutico a outros profissionais de saúde, com o propósito de auxiliar na seleção, adição, substituição, ajuste ou interrupção da farmacoterapia do paciente;
    • Prover a consulta farmacêutica em consultório farmacêutico ou em outro ambiente adequado que garanta a privacidade do atendimento;
    • Fazer a anamnese farmacêutica, bem como verificar sinais e sintomas, com o propósito de prover cuidado ao paciente;
    • Solicitar exames laboratoriais, no âmbito de sua competência profissional, com a finalidade de monitorar os resultados da farmacoterapia;
    • Avaliar resultados de exames clínico-laboratoriais do paciente, como instrumento para individualização da farmacoterapia;
    • Determinar parâmetros bioquímicos e fisiológicos do paciente, para fins de acompanhamento da farmacoterapia e rastreamento em saúde;
    • Realizar ações de rastreamento em saúde baseadas em evidências técnico-científicas e em consonância com as políticas de saúde vigentes; 
    • Informar, orientar e educar os pacientes, a família, os cuidadores e a sociedade sobre temas relacionados à saúde, ao uso racional de medicamentos e a outras tecnologias em saúde.

3. Que tipos de clientes a farmácia atende com esses serviços?

Com a variedade de serviços de saúde em farmácias, podemos dizer que toda a população pode se beneficiar em diferentes momentos do ciclo de vida (criança, adolescente, adulto e idoso) ou da história natural de doenças.

    • Serviços como procedimentos básicos e avançados podem auxiliar na avaliação de sintomas e fatores de risco, servindo tanto para detecção precoce de doenças, como parâmetros de saúde no acompanhamento de doenças crônicas. 
    • O paciente crônico pode ter na farmácia seu ponto de apoio de acompanhamento da doença, levando relatórios de evolução e avaliação farmacêutica ao médico, agilizando e otimizando o ajuste contínuo do tratamento. 
    • A maioria das vacinas do calendário nacional do setor público e privado podem ser encontradas na farmácia, incluindo vacinas para meningites, HPV, hepatites, influenza, herpes zoster, pneumonias, entre outras. 
    • Serviços de testes rápidos são um recurso importante para detecção precoce de várias doenças, possibilitando encaminhamento rápido e informação acurada para o médico realizar o diagnóstico e prescrever um tratamento. 

Na Clinicarx, o profissional de saúde conta com todos esses serviços padronizados e com algoritmos inteligentes que vão ajudar a guiar o atendimento e dar mais segurança ao farmacêutico.


4. Quanto tempo leva um atendimento na farmácia?

O tempo médio por atendimento fica entre 10 e 15 minutos, dependendo do serviço prestado na sua drogaria ou farmácia.

Na Clinicarx, analisando os mais de 2,8 milhões de atendimentos feitos entre janeiro/2020 e fevereiro/2021, o tempo médio por atendimento no software foi de 13 minutos. Na configuração padrão da agenda da clínica, reservamos 20 minutos para cada atendimento.

Alguns serviços de saúde, como testes rápidos, exigem que o paciente aguarde pelo resultado do exame no equipamento ou cassete, o que pode levar cerca de 15 minutos em alguns casos. 

Por isso, esse tipo de atendimento geralmente vai consumir 20 a 30 minutos da agenda.  Outros serviços, como procedimentos básicos, são mais ágeis e podem levar apenas 5 a 10 minutos.

No acompanhamento de pacientes crônicos, principalmente aqueles que utilizam muitos medicamentos, o farmacêutico pode ficar tentado a passar muito tempo com o paciente, em consultas longas de 30 a 60 minutos, mas esse não é o formato recomendado. 

É preferível que o profissional limite o tempo de consulta, investindo em mais retornos do paciente, abordando os problemas de saúde aos poucos e priorizando as situações mais graves e urgentes.

5. Quais testes rápidos podem ser realizados nas farmácias?

Os testes rápidos podem ser realizados hoje em ambientes como consultórios privados, unidades básicas de saúde, pronto atendimento, empresas, farmácias e até mesmo na casa do paciente. 

São também chamados de “point-of-care testing”.

Os testes rápidos mais procurados em farmácias, são:

Covid-19 IgG/IgM

Covid-19 Antígeno

Beta-HCG (Gravidez)

Glicemia

Hemoglobina Glicada A1c

Perfil Lipídico

Dengue (DUO; IgG/IgM; NS1)

Ácido Úrico

Antígeno Prostático Específico (PSA)

Chikungunya

Covid/Flu A/B Ag

Dímero-D

Estreptococos Grupo A

H. Pylori

Hemoglobina (Hematócrito)

Hepatite B

Hepatite C

Hormônio Luteinizante (LH)

HIV

HIV/Sífilis

Influenza A/B (Gripe)

Malária

Lactato

Proteína C Reativa (PCR)

Rubéola

Sífilis

Toxoplasmose

Vírus Sincicial Respiratório (VSR)

Zika

 

6. Qual o investimento necessário para começar a oferecer?

O investimento depende dos serviços que serão prestados e dos materiais e infraestrutura que você precisará adquirir para iniciar seus serviços.

Sala de Atendimento

Depende muito da necessidade de reforma e do padrão de acabamento desejado. Uma sala básica com divisórias pode sair por menos de R$ 5.000,00. 

A aquisição de móveis e equipamentos básicos, como computador e impressora, pode ficar em torno de R$ 7.000,00.

Além da estrutura física e mobiliário, o investimento em insumos é marginal, pois são itens como álcool 70%, algodão, stopper, papel toalha, entre outros itens normais de consultório.

Procedimentos Básicos e Avançados

Os equipamentos e insumos necessários para esses serviços costumam ter baixo custo. O investimento para adquirir equipamento de pressão, glicosímetro, fita antropométrica e balança gira em torno de  R$ 1.000,00.

Confira mais sobre investimentos pontuais sobre cada serviço aqui.

7. Serviços de saúde em farmácias aumentam as vendas?

Sim, e isso acontece de duas formas diferentes. Uma delas é pela criação de novas oportunidades de vendas geradas pela prestação de serviços.

Um paciente vai a farmácia para receber um serviço e pode adquirir algum medicamento ou produto destinado a melhorar sua saúde, receitados pelo médico ou para problemas detectados pela própria prestação do serviço. 

Falando em números, com a Clinicarx, o farmacêutico Alan Rezende, da PharmaReal, aumentou em aproximadamente 40% seu faturamento

Além de garantir um atendimento personalizado e aumentar a receita, a plataforma ajudou a profissionalizar a operação e valorizar o papel do farmacêutico na atenção primária à saúde.

Existem muitas oportunidades de vendas agregadas para uma série de categorias de produtos de prescrição e isentos de receita médica.

Outra forma de aumentar as vendas é pela fidelização do cliente. Todos os meses, são alguns clientes que compram muitos medicamentos e representam uma parte substancial do seu faturamento. São clientes que “garantem a meta” das vendas da farmácia.

Agora que você já tirou as principais dúvidas que podem surgir na hora de desenhar os seus serviços de saúde em farmácias, não deixe de experimentar gratuitamente a plataforma mais utilizada por farmacêuticos.

Conheça e acesse o plano Free da Clinicarx e comece a oferecer serviços farmacêuticos!

Nova ferramenta Clinicarx: emissão 2ª via do laudo no aplicativo

2ª via do laudo

A Clinicarx lança mais uma feature para facilitar a vida dos profissionais de saúde que utilizam a plataforma e dos pacientes: emissão da 2ª via do laudo pelo aplicativo.

Agora é possível emitir a 2ª via do laudo de todos os  testes rápidos realizados através da plataforma Clinicarx.

Dessa forma,  através da nossa página de Laudos, o farmacêutico ou paciente pode acessar os e resultados dos testes  realizados na farmácia. 

Assim, o paciente sempre terá ao seu alcance informações importantes sobre sua saúde, e, ao ir na farmácia, o profissional também conseguirá rapidamente acessar os laudos dos testes desse cliente.

emissão de laudo

2ª via do laudo: como emitir

O processo é simples para facilitar e otimizar o atendimento.

Para o farmacêutico emitir a 2ª via do laudo:

  1. Inicie o atendimento do paciente e realize qualquer procedimento de Teste Rápido Clinicarx;
  2. Após preencher todos os campos necessários e executar o teste, no lado esquerdo abrirá a opção de “baixar laudo” e “enviar para whatsapp”;
  3. Caso opte por baixar, irá iniciar o download do laudo e poderá ser impresso no momento do atendimento e disponibilizado para o cliente;
  4. Caso opte por enviar via whatsapp será enviado para o número do telefone cadastrado as informações para que o paciente possa emitir o laudo após o atendimento;
  5. Também ficará disponível na tela de fechamento a opção de enviar via whatsapp.

Caso o paciente não possua nenhum número de telefone cadastrado, iremos solicitar através de um pop-up que insira um número válido, salvando assim no cadastro do paciente.

Além disso, agora será possível através da plataforma enviar o número do laudo direto para o Whatsapp do cliente. Basta o farmacêutico clicar no link do whatsapp que aparecerá na tela de resultado do laudo após a realização do teste. 

O paciente recebe no seu Whatsapp o número correspondente para acessar o laudo.

Para o paciente emitir seu laudo de casa:

  1. Acesse a página clinicarx.com.br/laudo;
  2. Insira o número do laudo no primeiro campo e o CPF ou E-mail no segundo campo;
  3. Clique em emitir laudo;
  4. Em seguida escolha qual laudo deseja baixar/visualizar clicando no ícone ou no botão “Baixar”.

Para menores que não possuem CPF, deve-se colocar o CPF do responsável conforme cadastro.

Para estrangeiros, deve-se colocar o e-mail.

Ao proporcionar mais facilidade dos pacientes acessarem informações importantes sobre sua saúde e laudos, você agrega valor ao seu atendimento além de fidelizar clientes com esse diferencial na farmácia ou clínica. 

Com a Clinicarx você oferece mais e entrega saúde de qualidade. Conheça nosso plano Free, gratuito e por tempo ilimitado, comece hoje!

Imunização: a vacinação contra Influenza e Covid-19

Imunização

Em tempos de vacinação contra a Covid-19, a campanha nacional de imunização contra a gripe, que inicia hoje, dia 12 de abril e se estende até o dia 09 de julho, torna-se particularmente necessária. 

A influenza pode ser causada por diferentes vírus, entre eles estão o tipo A e o B. O vírus A, por exemplo, está associado a epidemias e pandemias, tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos entre as estações climáticas mais frias.  

O período de incubação do vírus no ser humano geralmente é de 2 dias, mas pode variar de 1 a 4 dias.

A influenza é uma infecção viral, caracterizada por uma doença respiratória aguda, altamente transmissível e autolimitada, popularmente conhecida como gripe. 

A vacina contra a Influenza. segundo calendário SBIM, é:

  • Anual;
  • Gratuita na rede pública apenas para menores de 6 anos e maiores de 55;
  • Disponível na rede privada para todos os públicos (começando com crianças a partir de 6 meses de idade);
  • Disponível nos  CRIEs.

Orientações sobre a imunização contra Influenza e Covid-19

O Ministério da Saúde fez recomendações referentes à vacinação contra a gripe em paralelo à imunização contra a Covid-19.

Ainda não se sabe como será a temporada de maior risco de contágio pelo vírus da gripe em 2021, mas com a cocirculação dos vírus influenza e do SARS-CoV-2 (que causa a Covid-19), a imunização se torna mais uma medida de segurança.

Com o objetivo de reduzir os associados à Influenza, a campanha nacional de vacinação de 2021 voltada, principalmente, para grupos de risco, visa reduzir a carga da doença e prevenir hospitalizações.

Além disso, diante do colapso sanitário da saúde pública no Brasil devido à Covid-19, é importante que a vacinação cumpra o papel de reduzir as chances de agravamento nos quadros de gripe de populações mais vulneráveis e diminua o número de pessoas que podem procurar os serviços de saúde com sintomas semelhantes ao da Covid-19.  

As recomendações do Ministério da Saúde  são:

  • Grupos prioritários para vacinação: profissionais da saúde, idosos, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e portadores de determinadas doenças crônicas; 
  • Adiamento da vacinação contra a influenza nas pessoas com quadro sugestivo de infecção pela covid-19 em atividade;
  • Deve-se priorizar a dose contra a Covid-19 em pessoas pertencentes ao grupo prioritário para a vacinação contra Influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19. A vacina contra a Influenza deve ser agendada posteriormente respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.

Orientações de medidas de segurança aos profissionais da saúde durante o período de vacinação:

  • Uso de máscaras de proteção individual à toda população que buscar o serviço de imunização no setor público ou privado;
  • Equipamentos de proteção individual (EPIs) obrigatórios durante a rotina de vacinação;
  • A máscara cirúrgica é obrigatória durante todo o período de vacinação, prevendo-se a troca sempre que estiver suja ou úmida;
  • EPIs recomendados durante a rotina de vacinação: proteção ocular – proteção facial (face shield) ou óculos de proteção; o avental descartável para uso diário ou avental de tecido higienizado diariamente;
  • EPIs com possibilidade de uso eventual (somente para situações específicas):
    Luvas: Não está indicada na rotina de vacinação. Dispor de quantitativo na unidade somente para indicações específicas: vacinadores com lesões abertas nas mãos ou raras situações que envolvam contato com fluidos corporais do paciente. Se usadas, devem ser trocadas entre os pacientes.

Com a Clinicarx você pode oferecer um serviço de vacinação completo, com as vacinas padronizadas dentro da plataforma com:

  • Protocolos automáticos que sugerem as vacinas e guiam sua aplicação;
  • Todas as vacinas do mercado padronizadas, conforme calendários do SUS e SBIM;
  • Treinamento online com checklist completo para implantação do serviço;
  • Suporte técnico por farmacêuticos;
  • Emissão de declaração de serviço, carteira de vacinação digital e vacinas recomendadas ao paciente;
  • Integração com SI-PNI Web para emissão de relatórios à vigilância sanitária.

    Acesse para saber mais.

Segundo o Ministério da Saúde, está prevista a distribuição de 80 milhões de doses da vacina influenza trivalente para garantir a vacinação de toda a população-alvo. 

As medidas de segurança contra a Covid-19 devem continuar: lavagem frequente das mãos, uso de máscara, distanciamento físico, evitar lugares lotados e ambientes fechados. 

                                                 “Estaremos todos seguros apenas quando todos estiverem seguros.”

 

*Esse conteúdo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.

7 Passos para ter uma farmácia referência na comunidade

farmácia referência

Se você é farmacêutico e oferece serviços em saúde, certamente pensa em como manter essa estrutura de forma rentável e fazer da sua farmácia referência na comunidade. 

Uma farmácia referência, seja no seu bairro ou cidade, começa pela oferta de serviços que interessam aos clientes e uma variedade de procedimentos.

Além disso, é imprescindível que você consiga administrar todos os seus serviços e os fluxos de trabalho de forma otimizada para focar no melhor atendimento ao seu cliente. 

Vamos conferir os 7 passos para você alcançar esse sucesso?

Sua farmácia referência na comunidade: como?

1. Fidelize os seus clientes com um atendimento que ofereça tudo o que ele precisa

Não existe uma fórmula mágica pronta para encantar os seus clientes, porém um bom atendimento que ofereça todos os procedimentos que ele procura com certeza é um diferencial.

Além disso, atenção e cuidado ao seu cliente são indispensáveis, por isso:

  • Acolha e receba bem o seu cliente. Ofereça seus serviços sempre;
  • Sempre que possível agregue no mesmo atendimento diferentes serviços que o paciente necessita;
  • Registre os medicamentos que o paciente utiliza e suas doenças também;
  • Agende o retorno do seu paciente;
  • Agende a dispensação para pacientes polimedicados, promova adesão e aumente suas vendas.


    2. A comunidade precisa saber que serviços sua farmácia oferece

É fundamental oferecer os serviços de saúde da farmácia para todos os clientes que “combinem” com algum de seus serviços.

Por exemplo, se você executa os procedimentos básicos, então pacientes que comprar anti-hipertensivos, antidiabéticos, medicamentos injetáveis são seu público-alvo preferencial.

Uma técnica muito famosa que você pode aplicar em sua farmácia, é o Spin Selling. O nome faz referência aos quatro tipos de pergunta que o vendedor deve fazer durante a venda de seus serviços, sendo elas:

  • Perguntas de Situação: São utilizadas para entender o contexto da compra. Nesse momento você já sabe quem é seu cliente, suas necessidades e identifica se ele se encaixa no perfil que você pode atender. Exemplos de perguntas:
  • “Como está sua saúde?”
  • “Você está em tratamento?”
  • Perguntas de Problemas: Essas perguntas devem ser feitas com o objetivo de entender o que está incomodando o cliente. Por isso, questioná-lo já evidenciando o problema é a melhor forma de usar esse modelo de perguntas a seu favor. Exemplos de perguntas:
  • “Por que você está tomando este medicamento?”
  • “O que você está sentindo agora?”
  • Perguntas de Implicações: Serve para identificar quais as consequências para o cliente, caso seus problemas não sejam solucionados. Além disso, evidencia como seu serviço pode ajudar esse cliente. Exemplos de perguntas:
  • “Você já se automedicou quando sentiu esse sintoma?”
  • Perguntas de Necessidade de Solução:  Serve para auxiliar o cliente a entender que seu serviço se encaixa no que ele precisa. Exemplos de perguntas:
  • “Você sabia que aqui pode receber atendimento farmacêutico, além de acompanhamento no seu tratamento?”


    3. Estoque: evite que falte produtos importantes na sua farmácia


    Registre e saiba tudo o que você oferece, principalmente os produtos e medicamentos. Evite que o cliente chegue com uma demanda e seu estoque esteja em falta.

4. Invista no marketing de seus serviços farmacêuticos


Uma farmácia referência deve saber atrair seus clientes com com divulgação e posicionamento.

  • Sinalização da loja e merchandising. Prepare o interior da sua farmácia para atrair a atenção e converter mais clientes. 
  • Redes Sociais. Crie um calendário de postagens sobre saúde em suas redes sociais (facebook, instagram) para seus clientes. Aborde temas que façam sentido para os serviços que você presta. 
  • Agendamento online. Com a Clinicarx, você pode oferecer seus serviços na internet e atrair mais clientes. Compartilhe a agenda web da sua farmácia/clínica com seus pacientes utilizando um link exclusivo.
    Saiba mais sobre esta funcionalidade disponível sem custo adicional para assinantes da Clinicarx.
  • Cadastre sua empresa no google. Com a conta do Google Meu Negócio, você se conecta com os clientes através da Busca do Google e no Google Maps de forma gratuita.

Estar presente nos principais canais utilizados pelo seu público fará uma grande diferença.  Então, confira quais são as mídias fundamentais para a sua estratégia:

  • Website;
  • Redes sociais – Instagram, Facebook.

Com isso, você mantém um relacionamento com os seguidores e novos clientes.

5. Campanhas externas encantam e destacam sua farmácia


As campanhas externas são uma forma de levar a saúde para mais perto da população.

Campanhas de check up de pressão arterial e glicemia, por exemplo, são sucesso pela alta demanda e pela importância do rastreamento em saúde. 

Essas campanhas têm como público alvo pessoas adultas com idade entre 18 e 60 anos que podem ser atendidos em diversos locais diferentes como em empresas, salões, clínicas, escolas, mercados, etc.

Não se esqueça das ações para vacinação, confira aqui o que você precisa.

Além disso, campanhas temáticas como a de obesidade em farmácias são um ótimo gancho para atrair clientes e tornar seus serviços mais visíveis para a comunidade ou bairro.

6. Sinalização da sua farmácia


A sinalização de loja pode incluir adesivos (fachada, portas), cartazes, displays no balcão ou no caixa, panfletos. 

Materiais que divulguem seus novos serviços aos clientes que já frequentam sua farmácia. O objetivo é converter compradores de medicamentos em pacientes.

Como ferramentas de merchandising, utilize ponta de gôndola, mobiles, wobblers, para atrair a atenção de seus clientes em momentos específicos da jornada de compra. 

Por exemplo, se você oferece teste rápido Beta-HCG, você pode colocar uma sinalização ao lado dos kits de auto teste de gravidez na gôndola. 

Na Clinicarx, nós desenvolvemos um Kit pronto para materiais gráficos para sinalização e merchandising da loja, disponível sem custo adicional para usuários de alguns planos de assinatura.

7. Administração e gerenciamento com um software inteligente

Você precisa gerenciar tudo isso, certo? Principalmente seus pacientes atendidos e os procedimentos que sua farmácia realiza, é importante contar com uma ferramenta que centraliza essas operações.

A Clinicarx oferece solução única em um só lugar: serviços avançados em saúde padronizados, administração dos serviços farmacêuticos, gerenciamento de processos e finanças, controle de laudos de testes rápidos e mais. 

Você já conhece o plano Free da nossa plataforma?
Uma assinatura gratuita por tempo ilimitado para que você utilize e veja o sucesso da sua farmácia crescer. 

Gerencie sua base de clientes com todo cuidado. Existem 20% dos seus clientes que, provavelmente, estão garantindo 80% das suas receitas. Cuide bem deles. 

Ofereça produtos e serviços de qualidade para todos e atraia novos clientes pela melhor propaganda do mundo: o boca-a-boca. Faça isso e veja a diferença.

 

*Esse conteúdo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.

Teste rápido de Dímero-D: interpretação de resultados e orientações

Teste rápido de Dímero-D

Os testes rápidos permitem agilidade no processo de rastreamento (triagem) e encaminhamento do paciente quando necessário.

O teste rápido de Dímero-D é baseado em uma metodologia imunoenzimática de fluorescência para análise quantitativa de Dímero-D. 

O exame fornece mais assertividade e segurança para o profissional da saúde orientar ou encaminhar o paciente da melhor maneira possível.

Esse TLR utiliza sangue total como amostra e é indicado para pessoas com sintomas sugestivos de trombose, para assintomáticos com múltiplos fatores de risco ou em uso de medicamentos antitrombóticos ou anticoagulantes.

A quantificação do Dímero-D é importante para auxiliar no diagnóstico de complicações vasculares, como: coagulação intravascular disseminada (CID), trombose venosa profunda (TVP) e tromboembolismo pulmonar (TEP).

Pacientes com estas condições apresentam elevação do dímero-D (DD) decorrente da alta taxa de fibrinólise endógena logo na primeira hora após a formação do trombo.

Os níveis de DD permanecem elevados, em média, por até 7 dias.

Conheça os valores de referência para o teste e como interpretá-los.

Valores de referência para o teste rápido de Dímero-D

Valores
Até 350 ng/mL
Negativo para eventos tromboembólicos; valor preditivo negativo para ocorrência de eventos tromboembólicos.
Entre 351 e 500 ng/mL
Intermediário
Acima de 500 ng/mL
Pode estar associado a quadros tromboembólicos. Valores >500 ng/mL FEU são considerados críticos na presença de sinais e sintomas (vide indicações do teste). Neste caso, a condição é considerada urgência médica e requer conduta terapêutica imediata.

Interpretação dos resultados

O teste rápido de Dímero-D tem alta sensibilidade, mas baixa especificidade.

Isso significa que um resultado considerado negativo para ocorrência de eventos tromboembólicos ajuda a descartar causas trombóticas em pacientes com sintomas sugestivos de trombose.

Porém um resultado com valor elevado de DD não está necessariamente relacionado a um evento trombótico (falso-positivo).

Por isso, tenha cautela ao orientar pacientes com resultados elevados.

A leitura do resultado referente aos valores de Dímero-D é mostrado no painel do equipamento em ng/mL FEU. Esse é o valor que deve constar no laudo.

Vamos ver como você, farmacêutico, deve interpretar os resultados do teste rápido de Dímero-D e qual a conduta adequada para cada interpretação.

Resultado Interpretação Conduta
≤500 ng/mL FEU
Não associado a alterações tromboembólicas. Até 350 ng/mL FEU – Negativo para eventos tromboembolíticos: valor preditivo negativo para a ocorrência de eventos tromboembolíticos; Entre 351 e 500 ng/mL FEU – Intermediário.
Orientar o paciente sobre o resultado. Este resultado ajuda a descartar causas trombóticas em pacientes com sintomas. Se o paciente estiver em tratamento para evitar trombos, esse resultado ajuda a descartar risco, indicando efetividade do tratamento. Na presença de sintomas sugestivos de trombose, encaminhar o paciente ao médico, mesmo com resultado normal de DD no laudo TLR.
>500 ng/mL FEU
Na presença de sinais e sintomas, significa DD em quantidades superiores a 500 ng/mL FEU, resultado que pode estar associado a quadros vasculares como Coagulação Intravascular Disseminada (CID), Trombose Venosa Profunda (TVP) e Tromboembolismo Pulmonar (TEP).
Na presença de sintomas sugestivos de trombose, realizar encaminhamento imediato ao médico, juntamente com laudo TLR. Em assintomáticos tenha cautela, pois o resultado elevado pode estar relacionado a outros fatores (vide interferentes).

Interferentes para alteração nos valores de Dímero-D

Diversos fatores contribuem para a alteração nos valores de Dímero-D. Os principais interferentes e que devem ser considerados pelo profissional de saúde que realiza o teste são: 

  • Fator reumatóide acima de 100 UI/mL; 
  • Concentrações de heparina acima de 100 UI/mL;
  • Concentrações elevadas de fragmentos D (estrutura parcial do produto de degradação da fibrina) – comum de ocorrer em casos de lise e elevação dos níveis de IgM, (especialmente em pacientes com mieloma, podendo produzir valores falsamente elevados).

O produto DD apresenta valor preditivo apenas em pacientes com baixa probabilidade clínica para ocorrência de trombose venosa profunda (TVP).

O Dímero-D não apresenta 100% de especificidade. Esta propriedade apresenta variação inversamente proporcional em relação ao avanço da idade. 

Causas associadas

Listamos algumas condições clínicas que podem estar associadas ao aumento do valor do Dímero-D e os respectivos sintomas que devem ser investigados na anamnese.

Confira:


Trombose Venosa Profunda (TVP)

É caracterizada pela formação de trombos no sistema venoso periférico.

O coágulo é formado comumente em grandes veias profundas da perna, coxa, pelve ou abdomen, obstruindo o vaso e comprometendo o fluxo sanguíneo local. 

Sintomas: Pode haver dor ou inchaço na perna, bem como não ocorrer sintomas. Em alguns casos não apresenta sintomas, mas as pessoas podem ter: 

  • Dores locais: na perna ou panturrilha 
  • Inchaço nas extremidades, pele quente ou sensibilidade.

Tromboembolismo Pulmonar (TEP)

Também conhecido como embolia pulmonar (EP), corresponde ao quadro caracterizado pela presença de coágulo na vasculatura pulmonar. 

A obstrução promovida por este coágulo aumenta a resistência vascular pulmonar (RVP), sobrecarregando o ventrículo direito, que busca compensação elevando a frequência cardíaca e dilatando o coração. 

Sintomas:  falta de ar, dor no peito e tosse.

  • Dores circunstanciais: no peito, ao respirar;
  • No coração: palpitações ou ritmo cardíaco acelerado;
  • No sistema respiratório: falta de ar ou respiração rápida;
  • Também é comum: baixos níveis de oxigênio no corpo ou tosse seca.

Coagulação Intravascular Disseminada (CID)

É uma síndrome que pode se desenvolver a partir da ativação de cascatas de coagulação, que resulta na formação de trombos e na depleção de plaquetas.

Sintomas: formação de coágulos de sangue e hemorragia, possivelmente em vários locais do corpo.

  • Na pele: erupção de pequenas manchas arroxeadas ou manchas vermelhas;
  • Confusão mental, desconforto respiratório, insuficiência hepática, insuficiência renal aguda, lesões ou sangramento.

Rastreamento pelo Teste rápido de Dímero-D

Com o teste rápido, o farmacêutico pode realizar rastreamento em saúde e verificar se existe associação a quadros tromboembólicos através o teste rápido de Dímero-D. 

No rastreamento em pacientes assintomáticos, lembre-se que o teste possui alta sensibilidade, mas baixa especificidade (maior chance de falso-positivo), por isso indique o teste apenas a pessoas com vários fatores de risco. 

É importante estar atento aos fatores de risco para eventos tromboembólicos:

  • Histórico familiar de eventos trombóticos;
  • Hormonoterapia; cirurgias de longa duração (pós-cirúrgico);
  • Idade acima de 40 anos;
  • Dificuldade para caminhar; insuficiência cardíaca e/ou respiratória;
  • Obesidade;
  • Confinamento na cama, pacientes acamados; pós viagens aéreas ou terrestres que Obriguem o passageiro a ficar sentado por muitas horas;
  • Gravidez e pós-parto;
  • Traumas recentes em membros inferiores ou superiores; desidratação;
  • Câncer;
  • Veias varicosas; após acidentes ofídicos;
  • Uso de contraceptivo oral;
  • Tabagismo;
  • Doença hepática.

Acompanhamento de pacientes sob tratamento com medicamentos antitrombóticos ou anticoagulantes

O teste rápido de Dímero-D também pode ser indicado para monitorar a evolução e acompanhar o tratamento de pacientes com risco ou quadros trombóticos. 

Exemplos de tratamentos antitrombóticos ou anticoagulantes:

  • Varfarina 2,5 e 5 mg comprimido;
  • Dabigatrana 110 mg, 150 mg;
  • Enoxaparina 20 mg, 40 mg, 60 mg, 80 mg e 100 mg, seringa preenchida;
  • Heparina não fracionada 5000 UI/0,25ml solução injetável subcutânea;
  • Heparina não fracionada 5000 UI/ml solução injetável intravenosa;
  • Fondaparinux 2,5 mg e 7,5 mg seringa preenchida;
  • Clopidogrel 75mg comprimido;
  • Abciximabe 2 mg/ml frasco ampola 5 ml;
  • Tirofiban 0,25 mg/ml frasco ampola 50 ml.

O farmacêutico pode utilizar o resultado do teste rápido para avaliar a efetividade do tratamento pelo qual o paciente está submetido e fazer o encaminhamento médico para ajustes de doses sempre que necessário.

Testes Rápidos Clinicarx

Com o serviço de Testes Rápidos da Clinicarx, você conta com todo suporte do nosso Laboratório Clínico Central, e, assim, obter um laudo laboratorial válido para entregar ao seu paciente. 

Você também pode encontrar um curso completo online sobre testes rápidos em nossa plataforma educacional, ideal para quem está começando no tema.

Clinicarx é uma Plataforma Digital que leva serviços básicos de saúde a farmácias e consultórios de todo Brasil.

Presente em todos os estados brasileiros, auxilia profissionais a estruturarem seu portfólio de serviços e padroniza protocolos de atendimento. 

Se você é profissional da saúde e deseja ampliar seu negócio oferecendo serviços como avaliações de saúde, acompanhamento de pacientes, vacinação e TLR com tecnologia, descubra o que a Clinicarx pode fazer por você.

 

*Este artigo foi aprovado pelo corpo técnico da Clinicarx.