6 dicas para uma avaliação antropométrica rápida em sua farmácia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Antropometria

Se você está pensando em oferecer um serviço de gestão ou perda de peso na sua farmácia, então você precisa cuidar para que sua avaliação antropométrica seja eficiente e de alta qualidade.

Vamos entender primeiro o que significa “avaliação antropométrica”. A antropometria pode ser definida como a parte da antropologia que trata da mensuração do corpo humano ou de suas partes, ou; como o registro das particularidades físicas de um indivíduo.

No campo da saúde, uma avaliação antropométrica consiste na avaliação de parâmetros físicos de um indivíduo, com objetivo de estadiar sua composição corporal. Ela pode ser composta por peso, índice de massa corporal (IMC), circunferência abdominal (CA), distribuição corporal (% de massa muscular, % de gordura), dentre outros parâmetros.

👉Descubra cursos online gratuitos na área de serviços farmacêuticos 😍

👉O que mais de 5 mil farmacêuticos do Brasil estão fazendo, menos você? 👀 Descubra aqui.

Mas por que fazer avaliação antropométrica?

Pois bem, em primeiro lugar o estadiamento do paciente, antes e periodicamente durante um programa de perda de peso, permite o acompanhamento objetivo, ou seja, de parâmetros mensuráveis, durante um programa de perda de peso. Pense, por exemplo, no quanto um paciente se sentirá estimulado ao saber que perdeu 10 cm de cintura e o quanto isso irá significar para sua saúde.

Além disso, alguns parâmetros apresentam correlação direta com o risco de doenças cardiometabólicas e mortalidade, como o IMC, a CA e o percentual de gordura. Os benefícios da melhora dos parâmetros antropométricos devem ser abordados com o paciente a fim de estimular o autocuidado e uma “vida mais saudável” ou uma “melhor saúde”.

Além disso, não se esqueça de que uma avaliação antropométrica pode ser realizada durante uma campanha, para rastreamento e educação em saúde, como forma de divulgação dos serviços farmacêuticos. Se você quer saber mais sobre campanhas de saúde na farmácia, clique aqui.

Você deve estar pensando: “mas é difícil e demorado fazer isso”, “eu não tenho tempo” ou eu “não sei como fazer isso”. Pensando nisso, elaboramos este artigo, com algumas dicas infalíveis para te ajudar nessa rotina:

Garanta o ambiente de trabalho

Para um serviço completo, que aborde a perda de peso em um contexto individualizado, o ideal é que você tenha disponível um ambiente privativo, de preferência uma sala de serviços farmacêuticos ou o consultório farmacêutico. Isso permitirá uma anamnese mais detalhada e evitará constrangimentos durante a avaliação.

Claro que o serviço pode ser adaptado a depender do seu objetivo. Por exemplo, durante uma campanha para rastreamento e educação em saúde a medida do peso e o cálculo do IMC podem ocorrer em estrutura da farmácia ou externa, montada para essa finalidade, como uma “tenda da saúde”, ou um “cantinho da saúde”.

Defina as medidas que serão avaliadas

Você provavelmente já deve ter feito uma avaliação antropométrica em algum momento da vida, por exemplo, ao iniciar um programa de exercícios na academia ou em uma visita a nutricionista, e deve ter notado que os parâmetros avaliados variam. Na farmácia, é o mesmo, os parâmetros a serem avaliados devem ser definidos previamente e vão depender do seu objetivo e equipamentos disponíveis (veja a próxima dica).

Se você deseja fazer uma avaliação completa, recomendamos que você aplique: Peso, IMC, CA, Relação cintura-quadril RCQ, índice de adiposidade central (IAC) e opcionalmente a bioimpedância. Para uma avaliação mais rápida e concisa, recomendamos que você faça o cálculo do IMC e, em pacientes com sobrepeso ou obesidade, a medida da circunferência abdominal.

Verifique os equipamentos para avaliação antropométrica

Para a avaliação antropométrica, você precisará minimamente de uma balança corporal e de uma fita antropométrica. Caso tenha disponível equipamento para medida da altura, esse também pode ser útil, mas lembre-se que na sua ausência a altura pode ser informada pelo paciente, visto que se trata de um parâmetro mais ou menos constante no adulto.

Se a sua balança for de bioimpedância, aproveite essa função, e verifique a distribuição corporal.

Recomendamos a avaliação da % de gordura e % de músculos, que são extremamente úteis clinicamente. Nesse caso, não é necessário avaliar o índice de adiposidade central. Outra função disponível em algumas balanças é a estimativa da idade corporal, com base na distribuição corporal esperada para o gênero e faixa etária – esse é um parâmetro na maioria das vezes “chocante”, e apesar de ter uma utilidade clínica limitada, pode ser utilizado para motivar o paciente a se engajar no programa de perda de peso.

Organize o seu tempo

Separe um tempo para avaliação antropométrica do paciente. O procedimento de avaliação antropométrica mais completa não precisa durar mais do que 5-7 minutos – 2-3 minutos para medidas e 3-4 minutos para os cálculos. Já a avaliação concisa pode durar menos, em média 2 minutos. Considerando o tempo agregado para aconselhamento do paciente, cada atendimento conciso não precisa durar mais do que 5 minutos.

De forma prática, vamos supor que você tem um período na semana (4h) para acompanhamento do programa perda de peso e avaliação antropométrica, considerando que alguns pacientes complexos podem levar mais tempo, o ideal seria planejar uma média de 10 consultas.

Já durante uma campanha de rastreamento o mesmo tempo seria suficiente para 45 a 50 atendimentos! Nada de falar que não dá tempo viu farmacêutico, com um pouco de experiência você vai ver que é possível.

Fizemos um teste aqui, contando o tempo para o paciente retirar os calçados e para o cadastro de dados na balança de bioimpedância, demorei 1 minuto e 50 segundos para fazer a bioimpedância + medida de circunferência abdominal + medida da circunferência do quadril. Com as fórmulas cadastradas no excel ou com a ajuda de um software como o Clinicarx, demorei apenas 20 segundos para ter todos os cálculos! Haverá tempo de sobra para aconselhar o paciente e agendar uma avaliação mais prolongada se necessário.

Registre os dados da avaliação antropométrica

Para um acompanhamento efetivo, é fundamental manter o histórico de medidas do paciente. Isso traz seriedade ao acompanhamento, e torna fácil a visualização da evolução. Além disso, a comparação das medidas é uma ótima ferramenta motivacional. Vamos pensar no exemplo de um paciente que estava bastante desanimado na última visita. Ele acabou abusando da alimentação nas férias e acha que engordou. Ele faltou em uma consulta e veio para essa já cabisbaixo…

Durante a avaliação, você realmente percebe que ele ganhou 1kg, mas que tal utilizar os dados iniciais para mantê-lo motivado… Você mostra que desde o início do programa ele já perdeu 6 kg, e que com engajamento, na próxima semana, esse quilo ganho nas férias será perdido, assim você em vez de desmotiva-lo mais, e exaltar o seu fracasso semanal, ressalta o seu sucesso no programa. Lembre-se: a perspectiva que você utiliza faz toda diferença para o sucesso do seu programa.

Registre a sua produtividade

Uma vez ouvi um colega falar que farmacêutico era como pato – “nem nadava, nem voava, nem andava bem”, na hora eu esbravejei com a pessoa e falei, mas por que você fala isso, se eu trabalho tanto? A pessoa me respondeu com uma pergunta simples, quantos atendimentos você fez hoje? E essa semana? Esse mês? Onde está o seu trabalho?

Essa experiência me levou a uma reflexão importante e conclui que apesar de desempenhar o meu trabalho da melhor forma possível, era fundamental manter um registro de produtividade. Apesar de inicialmente eu ter a ideia de que estaria perdendo tempo, e que aquilo iria me atrapalhar, o registro acabou me ajudando a organizar o meu tempo e utilizá-lo melhor. Além disso, tenho todos os meus dados disponíveis e posso apresenta-los sempre que necessário!

É isso, a principal mensagem desse artigo é desmitificar a ideia de que uma avaliação antropométrica não é factível na farmácia e te ajudar nesse processo. Espero que tenha ajudado. Boa sorte em seu projeto!

Autora: Walleri Reis. É farmacêutica e professora na Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa.

Sobre nós

Clinicarx é a Plataforma de Serviços Farmacêuticos mais utilizada do Brasil. Nós organizamos tudo para que você ofereça serviços de saúde em sua farmácia.

Post Relacionados

Experimente grátis por
30 dias

Acompanhe

O que é o Clinicarx?

EXPERIMENTE O CLINICARX AGORA MESMO POR 30 DIAS!

2019 Clinicarx, todos os direitos reservados. Política de Privacidade   Edifício Fleming – Av. Mal. Humberto de Alencar Castelo Branco, 131 – Curitiba/PR  |   CNPJ: 26.740.121/0001-63