Atenção Farmacêutica: entenda o que é, o impacto e benefícios na sociedade

Com um novo nível de consciência sobre a relação do paciente e uso de medicamentos, a Atenção Farmacêutica permite uma recuperação mais rápida para enfermidades de diversos tipos.

Surgida em meados do século 80, nos Estados Unidos, a Atenção Farmacêutica, Pharmaceutical Care no original, trouxe novas discussões e uma nova visão sobre a forma com a qual tratamos a relação do paciente com medicamentos.

Estabelecer critérios de uso de medicamentos não é uma tarefa fácil, uma vez que o contato do paciente com a farmácia acontece apenas no momento da ida do paciente em busca do medicamento que precisa.

Após esse momento, não se tem mais contato e, consequentemente, não há informações de como o paciente está usando o medicamento que acabou de adquirir, se houve bom uso e qual o nível de sua recuperação. 

atencao-farmaceutica

O que é Atenção Farmacêutica

Como promotora de uso racional de medicamentos, a Atenção Farmacêutica é, segundo Consenso Brasileiro de Atenção Farmacêutica (2002), uma prática farmacêutica que envolve “atitudes, valores éticos, habilidades, compromissos e co-responsabilidades na prevenção de doenças, promoção e recuperação da saúde, de forma integrada à equipe de saúde.”

Trata-se, portanto, de uma interação direta entre farmacêutico e usuário, tendo como objetivo resultados mais mensuráveis, de acordo com o esperado. Como dito, na maioria das vezes, o usuário, após sair da farmácia, não fornece retornos sobre seu processo de recuperação e, sendo assim, não há dados suficientes sobre o manuseio adequado dos medicamentos adquiridos.

Essa metodologia clínica abrange alguns pontos principais identificados na relação paciente-medicamento que cooperam na obtenção de resultados mais previsíveis e satisfatórios do atendimento farmacêutico.

Preparo

Todo remédio possui uma fórmula genérica, que procura atender ao maior público possível, mas cada indivíduo precisa de uma atenção especial para identificar a melhor forma de usar seu medicamento. Alguns medicamentos, tais como, antibióticos, precisam de certo preparo antes de serem utilizados. Com falta de informação, o usuário pode ingeri-los de forma errado, podendo provocar atrasos em sua recuperação.

Utilização

Em geral, a recomendação do período de intervalo entre um medicamento e outro não é suficiente quando pensamos na utilização do remédio. Outros cuidados, como alimentos e bebidas que não podem ser misturados, faltam à consciência dos usuários, necessitando de intervenções mais presentes do farmacêutico na utilização medicamentosa.

Armazenamento

Como produtos que carregam componentes químicos, caso não haja armazenamento adequado do medicamento, podem acarretar danos aos seus componentes, trazendo situações adversas à recuperação.

Com tantos cuidados e com tantos remédios disponíveis no mercado, é mais que necessário o acompanhamento responsável e profissional referente ao uso desse tipo de produto. Com esse amparo, o nível de assistência farmacêutica promove mais qualidade de vida aos usuários.

Atenção Farmacêutica Vs. Assistência Farmacêutica

Existe uma diferença entre Atenção Farmacêutica e Assistência Farmacêutica. A primeira é uma metodologia que está dentro da segunda, ou seja, a assistência engloba, como um programa de subsídio, a prática da Atenção, oferecendo diretrizes para seu melhor desempenho e cooperando com o acesso mais igualitário de medicamentos a toda população.

O Papel do Farmacêutico na Atenção Farmacêutica

atencao-farmaceutica

O farmacêutico é visto como o profissional treinado para designar a melhor solução para problemas que necessitam de cura, ou seja, qual remédio é recomendado para o problema apresentado pelo paciente-usuário. Seu papel nesse momento é crucial, pois cabe a ele deter o conhecimento técnico para oferecer a melhor solução para o problema apresentado.

Em uma pesquisa feita com 47 consumidores de farmácia e 5 gerentes de estabelecimentos farmacêuticos, demonstrou-se que usuários de medicamentos apresentam baixa informação sobre aquilo que compram, atentando-se, muitas vezes, apenas à marca do produto e utilizando medicamentos através de senso comum.

Dessa forma, o profissional se torna a principal ponte da qualidade e efetividade do processo todo. Desempenha suas funções de forma mais condizente com suas atribuições profissionais. Torna-se, de fato, um profissional de fármacos, percorrendo todo o caminho, desde a entrada do paciente na farmácia, até sua recuperação final.

Benefícios da Atenção Farmacêutica à Sociedade

Diante da necessidade dessa prática, os benefícios são inúmeros, estabelecendo, de forma primordial, critérios de atendimento farmacêutico como eles deveriam ser. Além disso, esses benefícios se ajudam mutuamente, envolvendo tantos os usuários quanto às farmácias e farmacêuticos.

Quando pensamos na importância do acompanhamento, devemos entender que, no Brasil, a intoxicação por medicamentos é uma das primeiras causas. Com dados da SINITOX, desde 1994 os medicamentos intoxicam 40% das vítimas por acidente, sendo 19% a faixa etária de adultos de 20 a 29 anos. Com o auxílio da Atenção Farmacêutica, problemas como esse são atenuados, entre outras vantagens.

Aumento da qualidade de saúde da população. O uso recomendado de medicamentos faz com que o processo de recuperação dos pacientes seja mais rápido, retirando do caminho obstáculos comuns sobre o uso de medicamentos. Como mostram os dados apontados acima, a adoção dessa prática farmacêutica atenua os índices de riscos e reações adversas no uso de medicamentos.

Uso correto de medicamentos. Acontece a redução dos riscos de problemas paralelos relacionados ao mal uso dos fármacos. O nível de consciência dos usuários aumenta e, assim, a qualidade dos medicamentos também.

Promoção, proteção e recuperação da saúde nos níveis individuais e coletivos. Cria-se procedimentos padronizados para tratar a saúde em diversos níveis que, consequentemente, melhoram os índices de qualidade da farmacovigilância.

Diretrizes melhores para a prática farmacêutica. Deixa o profissional farmacêutico mais habilitado para suas verdadeiras funções, ou seja, mais qualidade de atendimento e expertise sobre medicamentação e os procedimentos envolvidos.

Valorização do profissional farmacêutico. Reconhecimento do desempenho de suas funções, profissionais esses que, muitas vezes, são colocados à margem da importância nos cuidados à saúde, pois desempenham papel mais voltado a procedimentos não tão arriscados, mas seu comprometimento é de maior prazo em relação aos demais processos de saúde.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com a sua rede.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
4 1 voto
Avaliação
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Sumário

Busca

Compartilhe

News Clinicarx

Clinicarx + 1000 inscritos no Youtube

A Clinicarx é a Plataforma que leva Serviços de Saúde à população através das farmácias.

Quer saber mais sobre serviços farmacêuticos?

Ricardo Branco
Ricardo Branco
Formado em Letras, Analista de Conteúdo na Clinicarx.
Confira minhas postagens

News Clinicarx

Aproveite e veja também

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para personalizar e melhorar a sua experiência conosco.
Para mais informações sobre cookies bem como para exercer o seu direito de desabilitá-los, consulte nossa Política de Privacidade.  Ao Clicar em aceitar, você concorda com todos os cookies.