Descubra como podemos aumentar o faturamento da sua farmácia com serviços farmacêuticos

Como calcular o IMC e o peso ideal para seu paciente na farmácia

busca

O peso ideal  trata de uma estimativa do peso considerado adequado para prover as necessidades energéticas  basais de acordo com o gênero e altura do paciente. Descubra como calcular e ajudar seu paciente a chegar ao peso ideal neste artigo. 


A obesidade é um problema de saúde pública e está associada ao risco aumentado para uma ampla gama de doenças crônicas, tais como diabetes, hipertensão, dislipidemia, entre outras. 

Mais da metade dos brasileiros está acima do seu peso ideal. São quase 100 milhões de pessoas com índice de massa corporal (IMC) acima de 25 kg/m², e muitas dessas pessoas estão na faixa de obesidade, com IMC acima de 30 kg/m².

Como podemos mudar essa realidade? A resposta é complexa e não depende apenas de uma categoria de profissionais da saúde, como os nutricionistas. 

Na verdade, todos os profissionais têm um papel a cumprir, considerando a sua prática, os respectivos limites e competências técnicas. Por isso, o combate ao sobrepeso e obesidade é uma causa de todos.

A busca pelo peso ideal deve ser adotada com uma rotina de vida saudável e com qualidade para evitar complicações como hipertensão e diabetes.

Neste artigo, vamos destacar ações de rastreamento e gestão em saúde para ajudar a encontrar o peso ideal do seu paciente. Para isso destacamos duas ferramentas simples: O Índice de Massa Corporal e o cálculo da estimativa do peso ideal

O que é o Índice de Massa Corporal (IMC)?

O IMC é a forma mais simples de avaliar a composição corporal de um paciente, apenas pela distribuição de seu peso corporal em relação à sua área (altura ao quadrado). 

Ele é utilizado por farmacêuticos e outros profissionais de saúde para o rastreamento e avaliação clínica de pacientes, a fim de identificar pessoas com baixo peso, peso normal, sobrepeso ou obesidade.

O IMC apresenta algumas limitações por  não distinguir a massa gordurosa da massa magra e não refletir necessariamente a distribuição corporal. Essas limitações devem ser consideradas pelo farmacêutico durante avaliação do paciente. Apesar disso, ele pode ser utilizado para auxiliar em alguns pontos.

O IMC ajuda a:

  • Conscientizar os pacientes sobre os riscos associados ao sobrepeso e a obesidade;
  • Estadiar o paciente quanto ao IMC;
  • Realizar educação em saúde relativa a importância de hábitos de vida saudáveis;
  • Selecionar pacientes para tratamento específico ou programa estruturado de gestão do peso.

Ainda que apresente limitações clínicas bastante conhecidas, o IMC é a forma mais utilizada para avaliação do sobrepeso e obesidade.

O IMC apresenta boa relação com a incidência de doenças cardiovasculares e mortalidade e é recomendado pela Organização Mundial da Saúde e principais instituições reguladoras da obesidade, em todo o mundo, como parâmetro padrão.

Como utilizar o IMC

O IMC é calculado através da seguinte fórmula:

IMC = (Peso corporal em kg) / (altura em metros ao quadrado). 

Como interpretar os resultados

VALORES DE REFERÊNCIA PARA IMC PARA ADULTOS
IMCCLASSIFICAÇÃOINTERPRETAÇÃO
1Menor do 18,5Abaixo do pesoPode ser uma característica pessoal, mas pode ser um sinal de desnutrição. Avaliar individualmente.
2Entre 18,6 e 24,9Peso normalIMC normal. Educar quanto à importância da manutenção de hábitos de vida saudáveis para manutenção do peso.
3Entre 25 e 29,9Sobrepeso / pré-obesidadeRisco um pouco aumentado para doenças cardiometabólicas. Educar sobre a necessidade de mudanças de hábitos de vida (dieta + exercícios) para alcançar peso adequado. Convidar paciente para o programa perda de peso.
4Entre 30 e 34,9Obesidade grau 1Risco aumentado para doenças cardiometabólicas. Frisar a necessidade de mudança imediata, mesmo se exames e/ou parâmetros físicos normais. Educar sobre a necessidade de mudanças de hábitos de vida (dieta + exercícios) para alcançar peso adequado. Indicar programa para perda de peso.
5Entre 35 e 39,9Obesidade grau 2Risco muito alto para doenças cardiometabólicas. Frisar a necessidade de mudança imediata, mesmo se exames e/ou parâmetros físicos normais. Educar sobre a necessidade de mudanças de hábitos de vida (dieta + exercícios) para alcançar peso adequado. Indicar fortemente programa para perda de peso.
6Acima de 40Obesidade grau 3

 

O cálculo do IMC pode ser aplicado tanto em campanhas para rastreamento de pacientes em sobrepeso e obesidade, como em programas estruturados para busca do peso ideal na farmácia – para acompanhar a evolução do paciente ao longo do tempo.

Uma boa maneira de ter uma interpretação mais objetiva do IMC é relacioná-lo com o peso ideal.

O Peso Ideal 

Uma boa maneira de fornecer uma interpretação objetiva da necessidade de perda de peso do paciente é associar a avaliação do IMC com o peso ideal. 

O peso ideal  trata-se de uma estimativa do peso considerado adequado, de acordo com o gênero e altura do paciente, para prover suas necessidades energéticas basais.

cálculo peso ideal

Partindo do cálculo do peso ideal e do IMC, é possível estimar o excesso de peso do paciente.

cálculo peso ideal

Com essa informação você e o paciente podem estabelecer metas para perda de peso em curto, médio e longo prazo, de forma estruturada e factível.

Uma dica: Não se assuste com os resultados de Peso Ideal e Excesso de Peso. Lembrem-se que uma perda de peso possível gira em torno de 5-10% em relação ao peso total.

Na prática, fazendo com a Clinicarx

Na Clinicarx, no procedimento de IMC, após você inserir as informações de peso e altura, o sistema irá identificar sexo e idade do paciente, e calcular automaticamente o IMC, Peso Ideal e a Diferença do Peso Atual para essa meta. 

A interpretação e orientação automáticas ao paciente estarão no software e na declaração de serviço farmacêutico (DSF) ao paciente.

Ainda criamos um protocolo padronizado chamado avaliação antropométrica, que reúne as principais medidas corporais que você pode fazer.

As ferramentas necessárias são uma balança de peso corporal, fita métrica validada e uma régua de medida da altura.

Inserindo as medidas principais de peso, altura, abdômen e quadril, o sistema fornece as interpretações automaticamente, interpretando com base no sexo e idade do paciente e fornecendo uma orientação. 

Essas informações e resultados são impressos em uma Declaração de Serviço Farmacêutico simples e intuitiva. Ela será assinada e entregue por você ao seu paciente.

Como já foi citado, o combate ao sobrepeso e obesidade é uma causa de todos. 

Os farmacêuticos podem auxiliar detectando e acompanhando pacientes, encaminhando ao nutricionista e ao médico quando necessário. É possível obter um resultado muito melhor com o trabalho multiprofissional e, assim, o paciente se beneficia. 

O combate ao sobrepeso e obesidade em termos de saúde pública passa, ainda, pelo acesso a alimentos melhores e menos calóricos, cidades com mais espaços abertos para atividades físicas, mudanças de cultura e muita educação.

Esta causa é também uma questão de cidadania. Vamos fazer nossa parte. Ajude os seus pacientes a encontrar e alcançar o peso ideal para evitar risco aumentado para doenças crônicas. Comece utilizando essas fórmulas simples.

busca

Categorias

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Posts Recentes

Quer saber mais sobre serviços farmacêuticos?

Clinicarx - Logo

Aproveite e veja também