Como fazer gestão de peso na farmácia

gestão de peso

Os serviços de gestão de peso estão entre os mais procurados. Como a farmácia pode ajudar seus clientes que desejam perder peso ou prevenir o sobrepeso e a obesidade? Descubra neste artigo.

O farmacêutico é um profissional da saúde acessível à população principalmente por se encontrar em uma posição estratégica: a farmácia. Nesse contexto, ele pode atender a algumas necessidades de saúde das pessoas, inclusive auxiliar na gestão de peso.

Isso porque na farmácia é possível encontrar serviço de gestão de peso e é um local pelo qual muitas pessoas procuram produtos isentos de prescrição médica usados para emagrecer. 

No entanto, sem uma orientação adequada, as pessoas podem utilizar mal esses produtos e não atingir o objetivo esperado. O serviço de gestão de peso começa na identificação desses clientes.

A identificação desses clientes é um passo importante para trabalhar a perda de peso de uma maneira saudável e combater o sobrepeso e obesidade começando com o compartilhamento de  informações e métodos confiáveis.

A obesidade é uma doença prevalente na população brasileira. Isso reflete na insatisfação da maioria das pessoas que não está satisfeita com seu corpo ou peso. Mais de 50% da população encontra-se em uma faixa de sobrepeso ou obesidade.

Então qual o papel do farmacêutico nesse cenário?

Podemos resumir a atuação do farmacêutico nesses casos em duas palavras: rastreamento e acompanhamento. Ambas ações são respaldadas pela Resolução 585/2013 do Conselho Federal de Farmácia, que define as atribuições clínicas desses profissionais.

Vale lembrar, ainda, que a Lei 13.021/2014 define como uma obrigação do farmacêutico “proceder ao acompanhamento farmacoterapêutico de pacientes, internados ou não, em estabelecimentos hospitalares ou ambulatoriais, de natureza pública ou privada”.

Como você, farmacêutico(a), pode ajudar os pacientes na gestão de peso? Você está preparado(a) e têm as ferramentas necessárias para oferecer esse serviço?

O objetivo deste artigo é te ajudar nessa jornada de implementação do serviço de gestão de peso ou emagrecimento na sua farmácia. A primeira coisa a ser considerada é a necessidade de implantar um serviço estruturado e com acompanhamento periódico.

Mil dietas e programas radicais são amplamente divulgados e estão disponíveis na internet para gestão de peso. Provavelmente o seu paciente já deve ter tentado algum, e mais ainda, perdido algum peso com algum deles!

Mas o âmago do problema não está em emagrecer, mas na manutenção do peso perdido, já que em dietas muito restritivas a tendência em longo prazo é a recuperação do peso perdido – algumas pessoas até ganham mais peso do que perderam originalmente.

Rastreamento em saúde

Rastrear significa identificar riscos em pessoas aparentemente saudáveis ou assintomáticas. E o serviço de gestão de peso na farmácia também é sobre isso.

São avaliações de saúde que permitem ao paciente conhecer melhor “seus números” ou resultados de parâmetros clínicos e, assim, poder tomar uma atitude mais proativa em busca de mudança de hábitos ou tratamento adequado.

Essas ações podem ser oferecidas de forma permanente, em consultas, ou durante campanhas de saúde. Exemplos de avaliações de saúde simples, não invasivas, que podem ser feitas pelo farmacêutico:

O que você precisa saber para começar a gestão de peso

Comece oferecendo serviços de avaliação e checkup da saúde, que vão ajudar seu paciente a ganhar consciência de sua condição atual.

Isso é necessário porque se o paciente não conhece bem sua condição de peso atual, ele não terá um ponto de partida para iniciar as mudanças.

Procedimentos do serviço de gestão de peso

IMC

É básico e obrigatório. Ter uma balança e uma régua de altura, para determinar o índice de massa corporal do paciente na farmácia. Mesmo um serviço simples como esse pode encantar o paciente, se você puder entregar o resultado de uma forma diferente.

Medidas corporais

Medidas como circunferências (cintura, quadril, braço, panturrilha), juntamente com altura, idade, sexo e peso, permitem calcular parâmetros antropométricos. O investimento em uma fita antropométrica de uso profissional é baixíssimo e faz toda diferença.

Bioimpedância

A análise por bioimpedância permite estimar o percentual de gordura corporal e massa muscular. É uma avaliação essencial para conhecer não apenas o peso, mas a distribuição corporal. 

É útil para pessoas que estão iniciando programas para perda de peso ou ganho de massa muscular.

Existem diversas balanças de bioimpedância no mercado, sendo algumas profissionais, outras nem tanto. Dependendo do modelo é possível obter também a massa óssea ou percentual de água corporal.

Serviço de gestão de peso

A boa notícia para você oferecer esse serviço é a seguinte: padrões de pensamento e comportamento podem ser modificados. Esse é o ponto central que justifica criar serviços de gestão de peso na farmácia. 

Os medicamentos e produtos para emagrecimento podem ajudar, mas é o trabalho do farmacêutico sobre os aspectos comportamentais que podem fazer a diferença e levar ao sucesso do paciente. 

Este trabalho deve acontecer em conjunto com a equipe multiprofissional, sempre que possível, para obtenção de resultados ainda melhores.

Considerando isso, você deve entender que o foco de um programa para perda de peso não deve ser apenas a perda de peso momentânea, mas sim uma mudança comportamental duradoura.

Pensando nisso, elaboramos algumas dicas para te ajudar, mas antes de começar a oferecer esse serviço, planeje o programa. 

Perguntas que você deve responder para definir para seu planejamento

Como será minha avaliação inicial?

Sua avaliação inicial pode ser abrangente, incluindo antropometria, distribuição corporal, gasto energético total, hábitos de vida, tentativas anteriores e perfil clínico do paciente. Um sistema informatizado pode ajudar a fazer esta avaliação de forma bastante otimizada. 

Você pode ainda recomendar produtos isentos de prescrição que podem ajudar o paciente, mas deve manter seu foco nas mudanças de comportamento. Elabore um plano de ação e metas factíveis.

Qual a periodicidade e o tempo das consultas?

Quando um paciente com sobrepeso ou obesidade inicia acompanhamento na farmácia, nós recomendamos uma periodicidade semanal durante os primeiros 1 ou 2 meses. 

Durante cada consulta seu objetivo é ajudar o paciente a resolver os problemas daquela semana e mantê-lo motivado. Mantenha o foco e procure fazer esse atendimento em 15 a 20 minutos.

As consultas de gestão de peso são sempre presenciais?

É evidente que a primeira consulta, e aquelas em que a avaliação antropométrica está planejada (você que vai definir a frequência, pode ser a cada 30 dias por exemplo) devem ser presenciais. Mas e as demais? 

Será que outros meios de comunicação podem ser utilizados com a sua população? Vários estudos têm demonstrado que a telessaúde pode ajudar a melhorar a perda de peso. 

Que tal tentar criar um grupo motivacional no WhatsApp com seus pacientes ou manter uma comunicação por e-mail?

Qual a duração do acompanhamento?

Um programa que vise perda de peso deve partir do pressuposto de que os pacientes estarão mais motivados e propensos a perda de peso no início (1 a 2 meses). 

Portanto nesse período o paciente deve ser estimulado a estabelecer metas realistas, de 5-10% de perda em relação ao peso corporal inicial, e a se engajar fortemente na reeducação alimentar para isso.

Após esse período o paciente deve ser orientado a manter hábitos de vida saudáveis para não recuperar peso. Nessa etapa, um programa de exercícios é a pedra angular. Recomendamos uma duração mínima de 3 meses e máxima de 1 ano;

Como será a divulgação do serviço de gestão de peso?

Fique atento à divulgação e treine sua equipe para identificar clientes potenciais. Utilize os meios de comunicação a seu favor. 

Você pode organizar campanhas de saúde sobre obesidade em sua farmácia, por exemplo, em parceria com fornecedores de produtos relacionados. É muito importante, não prometa milagres! Seja claro – ofereça um acompanhamento estruturado e não uma pílula mágica;

Quanto irá custar para o paciente obter o serviço de gestão de peso?

É preciso pensar nas fontes de receita, pois isso é o que tornarão esse serviço sustentável. 

Você pode cobrar de várias formas: um valor fixo mensal pelo programa de acompanhamento, apenas pelos procedimentos realizados e produtos adquiridos, ou pelas consultas presenciais realizadas, já incluídos os procedimentos.

Em qualquer desses modelos, portanto, será preciso decidir sobre valores e métodos de pagamento, além de uma análise de seus custos.

Como será o espaço onde você atenderá os seus pacientes?

Você precisa de um ambiente de trabalho. 

Como em outros serviços clínicos de acompanhamento, um ambiente particular, como uma sala destinada a serviços farmacêuticos é fundamental para estabelecer uma relação terapêutica adequada e conduzir uma avaliação antropométrica completa.

Coloque em prática – Mãos à obra! Você pode sentir um pouco de dificuldade no começo, por isso utilize ferramentas e fontes de pesquisa confiáveis para te ajudar! 

E aí farmacêutico, animado para essa nova jornada clínica? Nós estamos torcendo por você!

Na Clinicarx, você tem todos esses procedimentos padronizados, com protocolos automáticos e resultados gerados a partir do cruzamento de dados, de forma rápida e simplificada. 

Além disso, ao final do atendimento, você entrega a Declaração de Serviço Farmacêutico ao paciente com todas as informações necessárias para auxiliar no tratamento.

ASSINE A NEWSLETTER E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

logo clinicarx branca

Nós organizamos tudo para que você ofereça serviços de saúde em sua farmácia.

2021 Clinicarx, todos os direitos reservados. Política de Privacidade
R. Dr. João Evangelista Espíndola, 1559 – Jardim Social, Curitiba/PR
CNPJ: 26.740.121/0001-63. Licença Sanitária 04.234/2019 | Inscrição CRF/PR: 26520 | CNES 0029637
Responsável Técnico Serviços Laboratoriais: Dr. Héron Emmanuel Passos Petris CRF/PR 18.206 l Diretor Farmacêutico: Dr. Cassyano J Correr CRF/PR 11.516