H3N2: nova cepa do tipo A do vírus Influenza em circulação no país

A influenza, popularmente conhecida como gripe, é uma doença ocasionada por uma infecção viral. Trata-se de uma doença respiratória aguda, altamente transmissível e autolimitada provocada pelo vírus influenza.

A influenza ou gripe tem padrões sazonais e, no Brasil, a maioria dos casos geralmente ocorre no outono e inverno, porém, desde o final da primavera de 2021, alguns estados brasileiros vêm registrando alta nos casos de gripe e por essa razão um cenário completamente diferente do que é habitual vem sendo observado no país.

Considerando essa situação, alguns estados declararam, no mínimo, estado de alerta. O Paraná, por exemplo, declarou estado de epidemia e reforçou a importância da vacinação contra Influenza.

Neste artigo, iremos abordar sobre o vírus Influenza e o subtipo A (H3N2), que foi apontado como o responsável pelo aumento nos casos de influenza. 

 

O que é vírus influenza

O vírus influenza é um RNA-vírus, pertencente à família Ortomixiviridae, antigenicamente dividido entre os tipos A, B e C. O vírus tipo A está mais associado a casos de pandemias e o tipo B a epidemias mais localizadas, enquanto o tipo C está associado a quadros mais leves e subclínicos.

O período de incubação no ser humano pode variar de 1 a 4 dias e o período de transmissibilidade, ou seja, o período em que uma pessoa infectada pode transmitir o vírus para outras pessoas, varia de acordo com a faixa etária e imunocompetência do indivíduo. 

Adultos hígidos podem transmitir o vírus entre 24 a 48h antes do aparecimento dos sintomas, mesmo com carga viral mais baixa que no período sintomático. No caso de indivíduos imunologicamente comprometidos, a transmissibilidade do vírus pode durar semanas ou meses.

As crianças, por sua vez, são capazes de excretar o vírus em tempos menores após a infecção, com maiores cargas virais e por períodos mais extensos quando comparadas aos adultos.

O que é H3N2

O tipo A do vírus Influenza é classificado em subtipos, como o A(H1N1) e o A(H3N2).  O aumento no número de casos de influenza atraiu atenção para uma nova cepa do tipo A(H3N2), nomeada de Darwin.

A cepa Darwin, que inicialmente foi descoberta na Austrália, não estava inserida na composição das vacinas contra Influenza do Hemisfério Sul e isso pode ter  contribuído para o aumento de casos de gripe.

Além disso, pesquisadores afirmam que as flexibilizações nas restrições e medidas de enfrentamento à pandemia da COVID-19 combinadas com a baixa cobertura vacinal contra a influenza também contribuíram para o cenário atípico no Brasil.

Imunização contra a Influenza

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda as cepas que devem compor as vacinas contra a Influenza e, para 2022, ficou definido que os imunizantes devem  ser compostos por:

  • Influenza A/Victoria/2570/2019 (H1N1)pdm09;
  • Influenza A/Darwin/9/2021 (H3N2);
  • Influenza B/Austria/1359417/2021 (linhagem B/Victoria).

     

No Brasil, a vacina já está sendo produzida pelo Butantan e estima-se que 80 milhões de doses da vacina sejam distribuídas no Sistema Único de Saúde (SUS) em 2022.

 

Diferenças entre COVID-19 e Influenza

A Influenza (gripe) e COVID-19 são doenças respiratórias contagiosas causadas por vírus diferentes. A COVID-19 é uma doença causada pelo vírus SARS-CoV-2 e a gripe ou influenza é uma doença causada pelo vírus Influenza.

Apesar de ambas apresentarem sintomas semelhantes, as duas doenças requerem um manejo clínico diferenciado, por isso o diagnóstico diferencial é fundamental na prática clínica.

Como funciona o teste rápido de Influenza

O teste de influenza pode ser usado como um critério diferencial na identificação de pessoas que apresentam sintomas de gripe e não estão com coronavírus.

Trata-se de um teste realizado com swab nasal para detecção de infecção ativa pelo vírus influenza. Dessa maneira, o teste ajuda o profissional da saúde a identificar e orientar adequadamente o paciente.

Por isso, essa tecnologia é uma ferramenta que conduz a encaminhamento e orientações mais assertivas e prudentes. 

Uma das metodologias empregadas é o ensaio imunoenzimático de fluorescência, que apresenta alta sensibilidade e especificidade e é similar a metodologia empregada por laboratórios tradicionais.

A facilidade de acesso ao estabelecimento, coleta de amostra, curto tempo para emissão do resultado (leitura do resultado em até no máximo 20 minutos) e a alta confiabilidade, faz do teste rápido uma opção altamente vantajosa para o indivíduo que busca atendimento em saúde de qualidade e segurança.

 

Testes Rápidos Clinicarx

Com o serviço de Testes Rápidos do Clinicarx, você pode realizar Testes Laboratoriais Remotos (TLR), com todo suporte do nosso Laboratório Clínico Central, e assim obter um laudo laboratorial válido para entregar ao seu paciente. Confira como implementar o serviço de testes rápidos em seu consultório

A Clinicarx é a Plataforma Digital que leva serviços básicos de saúde a farmácias e consultórios de todo Brasil. Presente em todos os estados brasileiros, auxilia profissionais a estruturarem seu portfólio de serviços e padronizar protocolos de atendimento. 

Se você é proprietário ou profissional da saúde e deseja ampliar seu negócio oferecendo serviços como avaliações de saúde, acompanhamento de pacientes crônicos, vacinação e exames rápidos, embarcados em muita tecnologia, descubra o que o Clinicarx pode fazer por você.



Gostou deste conteúdo? Compartilhe com a sua rede.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
5 2 votos
Avaliação
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Sumário

Busca

Compartilhe

Clinicarx + 1000 inscritos no Youtube

A Clinicarx é a Plataforma que leva Serviços de Saúde à população através das farmácias.

Quer saber mais sobre serviços farmacêuticos?

Isabela Pina Meza
Isabela Pina Meza
Farmacêutica, Especialista em Farmácia Clínica e Mestre em Ciências Farmacêuticas. Analista Farmacêutica de Produtos Digitais na Clinicarx.
Confira minhas postagens

Aproveite e veja também

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para personalizar e melhorar a sua experiência conosco.
Para mais informações sobre cookies bem como para exercer o seu direito de desabilitá-los, consulte nossa Política de Privacidade.  Ao Clicar em aceitar, você concorda com todos os cookies.