Imunização: a vacinação contra Influenza e Covid-19

Imunização

Em tempos de vacinação contra a Covid-19, a campanha nacional de imunização contra a gripe, que inicia hoje, dia 12 de abril e se estende até o dia 09 de julho, torna-se particularmente necessária. 

A influenza pode ser causada por diferentes vírus, entre eles estão o tipo A e o B. O vírus A, por exemplo, está associado a epidemias e pandemias, tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos entre as estações climáticas mais frias.  

O período de incubação do vírus no ser humano geralmente é de 2 dias, mas pode variar de 1 a 4 dias.

A influenza é uma infecção viral, caracterizada por uma doença respiratória aguda, altamente transmissível e autolimitada, popularmente conhecida como gripe. 

A vacina contra a Influenza. segundo calendário SBIM, é:

  • Anual;
  • Gratuita na rede pública apenas para menores de 6 anos e maiores de 55;
  • Disponível na rede privada para todos os públicos (começando com crianças a partir de 6 meses de idade);
  • Disponível nos  CRIEs.

Orientações sobre a imunização contra Influenza e Covid-19

O Ministério da Saúde fez recomendações referentes à vacinação contra a gripe em paralelo à imunização contra a Covid-19.

Ainda não se sabe como será a temporada de maior risco de contágio pelo vírus da gripe em 2021, mas com a cocirculação dos vírus influenza e do SARS-CoV-2 (que causa a Covid-19), a imunização se torna mais uma medida de segurança.

Com o objetivo de reduzir os associados à Influenza, a campanha nacional de vacinação de 2021 voltada, principalmente, para grupos de risco, visa reduzir a carga da doença e prevenir hospitalizações.

Além disso, diante do colapso sanitário da saúde pública no Brasil devido à Covid-19, é importante que a vacinação cumpra o papel de reduzir as chances de agravamento nos quadros de gripe de populações mais vulneráveis e diminua o número de pessoas que podem procurar os serviços de saúde com sintomas semelhantes ao da Covid-19.  

As recomendações do Ministério da Saúde  são:

  • Grupos prioritários para vacinação: profissionais da saúde, idosos, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e portadores de determinadas doenças crônicas; 
  • Adiamento da vacinação contra a influenza nas pessoas com quadro sugestivo de infecção pela covid-19 em atividade;
  • Deve-se priorizar a dose contra a Covid-19 em pessoas pertencentes ao grupo prioritário para a vacinação contra Influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19. A vacina contra a Influenza deve ser agendada posteriormente respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.

Orientações de medidas de segurança aos profissionais da saúde durante o período de vacinação:

  • Uso de máscaras de proteção individual à toda população que buscar o serviço de imunização no setor público ou privado;
  • Equipamentos de proteção individual (EPIs) obrigatórios durante a rotina de vacinação;
  • A máscara cirúrgica é obrigatória durante todo o período de vacinação, prevendo-se a troca sempre que estiver suja ou úmida;
  • EPIs recomendados durante a rotina de vacinação: proteção ocular – proteção facial (face shield) ou óculos de proteção; o avental descartável para uso diário ou avental de tecido higienizado diariamente;
  • EPIs com possibilidade de uso eventual (somente para situações específicas):
    Luvas: Não está indicada na rotina de vacinação. Dispor de quantitativo na unidade somente para indicações específicas: vacinadores com lesões abertas nas mãos ou raras situações que envolvam contato com fluidos corporais do paciente. Se usadas, devem ser trocadas entre os pacientes.

Com a Clinicarx você pode oferecer um serviço de vacinação completo, com as vacinas padronizadas dentro da plataforma com:

  • Protocolos automáticos que sugerem as vacinas e guiam sua aplicação;
  • Todas as vacinas do mercado padronizadas, conforme calendários do SUS e SBIM;
  • Treinamento online com checklist completo para implantação do serviço;
  • Suporte técnico por farmacêuticos;
  • Emissão de declaração de serviço, carteira de vacinação digital e vacinas recomendadas ao paciente;
  • Integração com SI-PNI Web para emissão de relatórios à vigilância sanitária.

    Acesse para saber mais.

Segundo o Ministério da Saúde, está prevista a distribuição de 80 milhões de doses da vacina influenza trivalente para garantir a vacinação de toda a população-alvo. 

As medidas de segurança contra a Covid-19 devem continuar: lavagem frequente das mãos, uso de máscara, distanciamento físico, evitar lugares lotados e ambientes fechados. 

                                                 “Estaremos todos seguros apenas quando todos estiverem seguros.”

 

*Esse conteúdo foi revisado pelo corpo técnico da Clinicarx.