Descubra como podemos aumentar o faturamento da sua farmácia com serviços farmacêuticos

Seja o farmacêutico de referência dos seus clientes

busca

No último domingo, dia 16 de maio,  o Fantástico exibiu uma reportagem sobre “empurroterapia” nas farmácias do Brasil.

 A “empurroterapia”, infelizmente, é uma prática antiga de muitas farmácias, em que atendentes sem preparo técnico recomendam produtos aos clientes, baseados apenas em incentivos comerciais, como comissões por vendas. 

Sabemos que essa prática é perigosa, promove o uso inadequado de medicamentos e pode trazer danos aos pacientes.

Após essa reportagem, a ABRAFARMA divulgou uma nota esclarecendo algumas informações e o Conselho Federal de Farmácia propôs um pacto contra a empurroterapia, frisando que o os farmacêuticos têm responsabilidade ética, legal e sanitária de coibir qualquer atividade em desacordo com as boas práticas que regem o uso seguro e racional de medicamento.

Isso me lembrou algumas situações que passei e clientes que conheci enquanto trabalhava em uma grande rede de farmácias. Uma, em especial, aconteceu em 2018 e vou relatar neste artigo.

Certa vez, um cliente que sempre atendia no balcão da farmácia (que ainda não tinha consultório farmacêutico) levou os pais até a farmácia para comprar alguns medicamentos e me apresentou dizendo “essa é a minha farmacêutica”.

Sorri e me apresentei.

No mesmo momento, eu lembrei que esse mesmo cliente tinha levado também a filha dele para eu atender.

Quando ainda estava na graduação, talvez  até um pouco depois da metade do curso, não me imaginava trabalhando em farmácia porque durante os estágios obrigatórios tive contato com pouquíssimos preceptores que realmente gostavam do que faziam e inspiravam os estagiários.

Por isso, eu pensava que os farmacêuticos estavam na farmácia, assim como outros funcionários, para vender caixinhas de medicamentos que as pessoas compram não conhecendo os perigos e adquirem mesmo assim para aliviar algo ou porque a vizinha indicou.

Depois de terminar a graduação e começar a trabalhar como farmacêutica em uma farmácia, comecei a notar que existem pessoas que entram na farmácia sem entender os efeitos dos medicamentos e por isso fazem escolhas erradas.

Mas com o tempo também percebi muitas pessoas que faziam essas escolhas porque não conhecem alguém para orientar sobre uso de medicamentos e quando me dispunha a ajudar sempre tinha alguém para ouvir e agradecer.

Isso me fez pensar que podemos ser os profissionais que aspiramos ser em qualquer local de trabalho e a farmácia é um ótimo lugar para o farmacêutico ser o profissional de saúde de referência dos clientes e se apropriar disso porque a farmácia muitas vezes é o primeiro contato que as pessoas têm com um profissional de saúde e é o estabelecimento de saúde mais acessível para muitas pessoas. 

Os clientes não têm obrigação alguma de saber sobre medicamentos, mas nós, farmacêuticos, temos obrigação de saber e orientar todos sempre que possível.

Dessa maneira, segui  conversando e orientando os clientes que estavam comprando medicamentos. Foi assim que eu descobri que eu era a farmacêutica de confiança de alguém que tinha levado pessoas importantes para eu atender.

Eu garanto: ter o trabalho reconhecido não tem preço.


Hoje, três anos depois, percebemos que a farmácia está caminhando para ser reconhecida como o estabelecimento de saúde que é.

Existem consultórios dentro das farmácias e diversos serviços farmacêuticos que destacam o farmacêutico cada vez mais como o profissional de saúde da farmácia.

Ainda, cabe destacar que legalmente, segundo a RDC 44/2009, os farmacêuticos têm obrigação de prover as condições necessárias para capacitação e treinamento de todos os profissionais envolvidos nas atividades da farmácia.

Espero que sigamos trabalhando para  tornar a farmácia cada vez mais reconhecida e respeitada como estabelecimento de saúde que é e que os farmacêuticos, colegas de profissão se apropriem da função e sigam comprometidos com a saúde da população.

Conte com a Clinicarx para ajudar na missão de levar e possibilitar serviços de saúde acessíveis a todos.

A Clinicarx

Nossa missão é promover serviços de saúde acessíveis, convenientes, contínuos e de qualidade a todos, de forma integrada ao sistema de saúde, tendo o paciente no centro de todo processo.

Desenvolvemos uma plataforma para esses locais e profissionais, que padroniza os processos de como implantar e gerir serviços de saúde inovadores, atuando como um hub de conexões entre fornecedores, indústria, estabelecimentos, profissionais da saúde e pacientes.

“Nós organizamos tudo para que você ofereça serviços de saúde em sua farmácia.”

busca

Categorias

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Posts Recentes

Quer saber mais sobre serviços farmacêuticos?

Clinicarx - Logo

Aproveite e veja também