Teste Rápido COVID e Influenza: o que o farmacêutico precisa saber

Os testes rápidos de COVID e Influenza permitem agilidade no processo de rastreamento (triagem) e uma conduta orientada e individualizada, de acordo com a leitura do resultado do teste.

Os termos teste rápido ou teste laboratorial remoto (TLR) referem-se a qualquer teste de triagem ou diagnóstico localizado no local ou próximo ao local no qual o paciente se encontra.

Essa tecnologia oportuniza um serviço mais acessível e conveniente para todos, além de acelerar a jornada de cuidado do paciente ao fornecer um rápido tempo de resposta do resultado dos testes.

Durante a pandemia da COVID-19 e aumento nos casos de Influenza, os testes rápidos se tornaram especialmente importantes no contexto de saúde pública e mitigação da disseminação do vírus.

Neste artigo, separamos o que o farmacêutico precisa saber sobre esses testes.

É possível testar positivo para COVID-19 e Influenza ao mesmo tempo?

É possível testar positivo para COVID-19 e Influenza ao mesmo tempo, sim. Essa coinfecção ou infecção simultânea foi observada em diferentes locais do mundo, incluindo o Brasil.

Considerando que existe a circulação dos dois vírus no país e que os sinais e sintomas da COVID e da Influenza são semelhantes, métodos para diferenciar um quadro gripal de um quadro de COVID-19 tornam-se fundamentais.

Entenda como funciona o teste COVID/Flu 

O teste rápido COVID/FLU A/B Ag é um teste qualitativo capaz de detectar e diferenciar os antígenos virais da Influenza (gripe) e da COVID-19

Os testes são realizados a partir da coleta de amostras de swab nasal, nasofaríngeo ou orofaringe e apresentam três resultados distintos: COVID-19, Influenza A e Influenza B.

Em apenas alguns minutos, o profissional da saúde e o paciente têm o resultado em mãos para que uma conduta adequada e orientada seja tomada.

Esses testes são indicados para pessoas sintomáticas que estão com suspeita de infecção pelo vírus da Influenza ou da COVID-19 e pessoas assintomáticas que tiveram exposição de risco.

Algumas sugestões são feitas para que o teste tenha maior valor preditivo:

  • Realizar o teste em pessoas com sintomas suspeitos de COVID-19 ou Influenza A/B com sintomas entre 3 a 6 dias;
  • Pessoas assintomáticas com exposição de risco para influenza e para o coronavírus podem realizar o teste entre terceiro e sexto dia após a exposição.

Testes rápidos de COVID e Influenza

Existem também testes individuais de COVID-19 e Influenza, que também têm sido muito utilizados nas farmácias.

Os testes rápidos de COVID-19 podem ser utilizados para investigar infecção ativa (testes de antígeno), detecção de anticorpos (testes de IgG e IgM) e testes para detecção de anticorpos específicos contra proteína Spike (testes anti-Spike).

Já os testes rápidos de Influenza são capazes de detectar infecção ativa pelo vírus Influenza A e Influenza B.

Cada teste tem um período de indicação específica e é fundamental que o farmacêutico esteja ciente do período recomendado para a realização do teste para evitar resultado falso negativo.

Notificação do resultado dos testes

A COVID-19 é uma doença de notificação compulsória. Todos os testes, com resultados reagente ou não reagente, devem ser notificados via formulário do e-SUS VE, disponível em http://notifica.saude.gov.br. O cadastramento do profissional para envio das notificações é pessoal e gratuito.

A Influenza também é uma doença de notificação compulsória. Assim, resultados reagentes devem ser comunicados à autoridade sanitária local. Observe normas locais ou estaduais que podem definir procedimentos específicos para notificação.

O que farmácias precisam para oferecer o teste

Não existe uma RDC específica da Agência Nacional de Vigilância (ANVISA) para testes rápidos em farmácias. 

No entanto, a farmácia pode oferecer esse serviço vinculada a um laboratório clínico, conforme a RDC 302/2005. Esse é o caminho para evitar problemas com a VISA.

Você precisa ler e conhecer as seguintes normas:

  • RDC 44/2009 (boas práticas de farmácia)
  • RDC 302/2005 (farmácia vinculada a laboratório para fazer testes rápidos).
  • RDC 377/2020 (autorizou, em caráter temporário e excepcional, os testes de COVID-19 nas farmácias)
  • Nota Técnica 7/2021 (Orientação para a utilização de testes rápidos para COVID-19 em farmácias privadas durante o período da pandemia (atualização da Nota Técnica 97/2020).
  • Resolução 585/2013 do Conselho Federal de Farmácia (regulamenta as atribuições clínicas do farmacêutico).

A Vigilância Sanitária e o Teste para COVID e Influenza na farmácia

A RDC 377/2020 não outorga o serviço teste rápido COVID/Flu e o teste rápido de Influenza. Por esse motivo, fica obrigatória a emissão do laudo do teste com laboratório de análises clínicas vinculado para esse serviço.

Nesse contexto, é importante ressaltar que a Clinicarx possui um laboratório clínico e isso respalda legalmente as farmácias e drogarias a realizarem testes rápidos no próprio estabelecimento.

Sem o vínculo com laboratório clínico, a farmácia fica impossibilitada de emitir laudos laboratoriais e fica irregular perante as autoridades sanitárias locais.

Os processos seguem as exigências da RDC 302/2005 e outros documentos relacionados à realização de Testes Laboratoriais Remotos. Com isso, as farmácias que utilizam a plataforma Clinicarx não têm problemas e ficam 100% regulares com a vigilância sanitária.

Testes rápidos Clinicarx

Com o serviço de Testes Rápidos do Clinicarx, você pode realizar Testes Laboratoriais Remotos (TLR), com todo suporte do nosso Laboratório Clínico Central, e assim obter um laudo laboratorial válido para entregar ao seu paciente. Confira como implementar o serviço de testes rápidos em seu consultório.

Você pode encontrar também um curso online completo sobre o assunto em nossa plataforma educacional, ideal para quem está começando no tema.

A Clinicarx é a Plataforma Digital que leva serviços básicos de saúde a farmácias e consultórios de todo Brasil. Presente em todos os estados brasileiros, auxilia profissionais a estruturarem seu portfólio de serviços e padronizar protocolos de atendimento. 

Se você é proprietário ou profissional da saúde e deseja ampliar seu negócio oferecendo serviços como avaliações de saúde, acompanhamento de pacientes crônicos, vacinação e exames rápidos, embarcados em muita tecnologia, descubra o que a Clinicarx pode fazer por você.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com a sua rede.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
5 4 votos
Avaliação
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

Sumário

Busca

Compartilhe

News Clinicarx

Clinicarx + 1000 inscritos no Youtube

A Clinicarx é a Plataforma que leva Serviços de Saúde à população através das farmácias.

Quer saber mais sobre serviços farmacêuticos?

Isabela Pina Meza
Isabela Pina Meza
Farmacêutica, Especialista em Farmácia Clínica e Mestre em Ciências Farmacêuticas. Analista Farmacêutica de Produtos Digitais na Clinicarx.
Confira minhas postagens

News Clinicarx

Aproveite e veja também

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para personalizar e melhorar a sua experiência conosco.
Para mais informações sobre cookies bem como para exercer o seu direito de desabilitá-los, consulte nossa Política de Privacidade.  Ao Clicar em aceitar, você concorda com todos os cookies.