Toxoplasmose: rastreamento e detecção precoce

Teste Rápido Toxoplasmose

A toxoplasmose é uma infecção causada por protozoário. Trata-se de um quadro infeccioso agudo, que pode se tornar crônico.

Resulta de infecção com um parasita comum encontrado em fezes de gato e alimentos contaminados. Pode causar graves complicações para gestantes e pessoas com o sistema imunológico debilitado. Os sintomas da toxoplasmose incluem dor muscular, febre e dor de cabeça, que podem durar semanas, as 90% das pessoas contaminadas podem cursar sem nenhum sintoma.

Transmissão da Toxoplasmose

A transmissão pode acontecer por via oral (através da ingestão de água e/ou alimentos contaminados), vertical (via placentária) ou, em casos raros, respiratória (havendo a inalação de partículas dispersas no ambiente), parenteral (transfusional) e por contato (inoculação acidental). Não há transmissão direta entre seres humanos.

Agente etiológico da toxoplasmose

A toxoplasmose é causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, capaz de parasitar o ser humano como hospedeiro intermediário.

Vetor

O vetor responsável pela transmissão vetorial da toxoplasmose é o gato doméstico, que também é o hospedeiro definitivo e se destaca entre os felinos pela domesticação e proximidade com o ser humano.

Período de incubação

O período de incubação do Toxoplasma gondii no ser humano varia de acordo com a fonte de ingestão: a ingestão direta de carne contaminada tem 10 a 23 dias como período de incubação; a incubação no caso da ingestão de fezes e oocistos provenientes do vetor por meio de água e/ou alimentos contaminados varia de 5 a 20 dias.

Suscetibilidade e imunidade

A suscetibilidade ao protozoário é universal, entretanto populações com hábitos sanitários precários estão mais expostas ao risco de infecção. Nota-se maior incidência de casos na região tropical, sendo as populações ali residentes, naturalmente mais propensas à infecção.

A pesquisa imunológica para rastreamento da doença, consiste na detecção de anticorpos anti-T.gondii, que refletem imunidade adquirida de longa duração a partir de contato prévio com o antígeno do agente etiológico.

Característicos da fase aguda do quadro infeccioso, os anticorpos IgM podem ser detectados a partir do início da infecção e até a remissão da sintomatologia. Após isto, resultado reagente para IgG é representativo de memória imunológica e quadro de infecção crônica, que pode perdurar por toda a vida.

Importância em gestantes

Em gestantes, a verificação de amostra reagente ou não para anticorpos anti-T.gondii tem grande importância, devendo a sorologia ser testada desde o início do 1º trimestre. A confirmação de IgM reagente, independentemente da fase gestacional, demanda encaminhamento clínico urgente da paciente visando tratamento imediato e monitoramento para os possíveis riscos da infecção congênita.

Os grupos de risco para a doença incluem fetos de gestante recém-infectadas pelo agente durante ou logo antes da gravidez; indivíduos imunodeprimidos, imunocomprometidos ou em tratamento com terapias imunodepressoras; indivíduos vivendo com HIV/AIDS; pacientes em tratamento quimioterápico ou transplantados.

A ingestão de carne crua e/ou malcozida, bem como a má higienização na preparação de alimentos, também são fatores de risco considerados importantes para a incidência da doença, uma vez que se trata da principal via de transmissão de formas infectantes do agente etiológico.

A parasitose não tem cura conhecida e, uma vez infectado, o indivíduo passa a conviver com a espécie por toda a vida, podendo haver remanifestação da doença em momentos distintos.

Manifestações clínicas da Toxoplasmose

A doença é geralmente assintomática, mas as manifestações clínicas da toxoplasmose, quando presentes, podem ser agudas ou crônicas, variando grau e intensidade de acordo com o estágio da infecção. A sintomatologia é inespecífica e sistêmica e se apresenta como mialgia (dor muscular), cefaleia (dor de cabeça), dificuldades motoras, visão embaçada e alterações ganglionares linfáticas.

Em recém-nascidos, os sinais clínicos podem surgir no período neonatal ou ao longo dos primeiros meses de vida. As consequências e sequelas da infecção congênita são potencialmente graves e envolvem acometimento visual em diferentes graus, comprometimento auditivo, retardo mental e anormalidades motoras.

Prevenção da Toxoplasmose

A prevenção primária consiste na atenção ao pleno cozimento e/ou congelamento de carnes, bem como na plena higienização dos alimentos a serem consumidos crus, como frutas e vegetais.

Uma vez que o gato doméstico é um dos principais vetores da toxoplasmose, é fundamental que, após manipular caixa de areia e/ou fezes potencialmente contaminadas, evite-se o contato com secreções e alimentos, devendo fazer lavagem das mãos de forma a remover formas infectantes do parasita discutido.

Diagnóstico da Toxoplasmose

O diagnóstico clínico é feito através de exame físico e anamnese completa, que permite associação da história clínica com a condição apresentada pelo paciente.

DIAGNÓSTICO LABORATORIAL

O diagnóstico laboratorial é feito através da pesquisa sorológica de anticorpos anti-Toxoplasma, capaz de informar a respeito do estágio da doença (agudo ou crônico), e do perfil hematológico do paciente obtido por meio de hemograma completo, que evidencia a presença do quadro infeccioso e de outras alterações, que variam de acordo com a gravidade do quadro.

Exames mais específicos, como dosagem sérica de IgA e IgE anti-Toxoplasma, avaliação do índice de avidez da IgG específica para Toxoplasma e imunoblot das imunoglobulinas (IgM e IgG), podem ser associados ao hemograma para maior assertividade diagnóstica e melhor interpretação da condição clínica do paciente.

Amostra hemolisada é considerada um interferente para o teste.

PAPEL DO TESTE RÁPIDO

O teste rápido para toxoplasmose com metodologia imunocromatográfica, visando detecção e diferenciação simultânea de IgM e IgG, consiste em uma técnica de elevada sensibilidade e especificidade.

A realização do teste favorece ao paciente devido a maior agilidade na obtenção do resultado, possibilitando ao profissional da saúde prestar um atendimento assertivo, orientando e encaminhando de forma mais adequada o paciente, conforme as necessidades apresentadas.

A facilidade de acesso ao estabelecimento, coleta de amostra, curto tempo para emissão do resultado (em até 15 minutos) e a alta confiabilidade fazem do teste rápido uma opção altamente vantajosa para o indivíduo que busca atendimento em saúde de qualidade e segurança.

Tratamento da Toxoplasmose e orientações

O tratamento medicamentoso de primeira escolha convencional para casos de toxoplasmose é dividido em fases, de acordo com o estágio patológico do paciente.

MEDICAMENTOS

O tratamento medicamentoso, em geral, consiste na associação pirimetamina + sulfadiazina + folinato de cálcio, associado ou não com predinisolona.

No caso de infecção em gestantes, além da associação anteriormente citada, utiliza-se também espiramicina. Dosagem, duração do tratamento e posologia são variáveis de acordo com idade, condição clínica e outras características do paciente.

Deve-se fazer acompanhar os pacientes infectados através de exames laboratoriais, como hemograma completo. Em casos de paciente com coriorretinite, deve-se incluir fundoscopias periódicas como exame de acompanhamento.

Testes Rápidos Clinicarx

Com o serviço de Testes Rápidos do Clinicarx, você pode realizar Testes Laboratoriais Remotos (TLR), com todo suporte do nosso Laboratório Clínico Central, e assim obter um laudo laboratorial válido para entregar ao seu paciente. Confira como implementar o serviço de testes rápidos em seu consultório.

Você pode encontrar também um curso completo online sobre o assunto em nossa plataforma educacional, ideal para quem está começando no tema.

Clinicarx é a Plataforma Digital que leva serviços básicos de saúde a farmácias e consultórios de todo Brasil. Presente em todos os estados brasileiros, auxilia profissionais a estruturarem seu portfólio de serviços e padroniza protocolos de atendimento. Se você é proprietário ou profissional da saúde e deseja ampliar seu negócio oferecendo serviços como avaliações de saúde, acompanhamento de pacientes crônicos, vacinação e exames rápidos, embarcados em muita tecnologia, descubra o que o Clinicarx pode fazer por você.

Acessar bibliografia

ASSINE A NEWSLETTER E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

logo clinicarx branca

Nós organizamos tudo para que você ofereça serviços de saúde em sua farmácia.

2021 Clinicarx, todos os direitos reservados. Política de Privacidade
R. Dr. João Evangelista Espíndola, 1559 – Jardim Social, Curitiba/PR
CNPJ: 26.740.121/0001-63. Licença Sanitária 04.234/2019 | Inscrição CRF/PR: 26520 | CNES 0029637
Responsável Técnico Serviços Laboratoriais: Dr. Héron Emmanuel Passos Petris CRF/PR 18.206 l Diretor Farmacêutico: Dr. Cassyano J Correr CRF/PR 11.516