Diferenças entre testes para Covid-19: métodos e resultados

Testes para Covid-19

Com a pandemia do coronavírus e as novas fases desse contexto, diversas expectativas em relação à saúde e aprimoramentos estão sendo feitas para a prevenção da doença. Principalmente com os testes para detecção do vírus, com algumas empresas e ramos trabalhistas voltando à rotina presencial, metodologias novas surgiram e são variadas. É importante sabermos as diferenças entre testes para Covid-19.

Vamos conhecer as diferenças entre os virológicos e de anticorpos?

Teste virológico RT – PCR

O teste diagnóstico de antígeno para Covid-19 é o mais demorado para receber seu resultado e tem algumas limitações. Por demandarem estrutura laboratorial para sua realização e avaliação de amostra, seu uso não é indicado para a testagem rápida, como aeroportos ou pontos de testagem em massa. 

O RT – PCR  é um teste molecular da reação em cadeia da polimerase em tempo real. O teste identifica o RNA do Sars-Cov-2 presente no trato respiratório, pela amplificação do ácido nucleico pela reação em cadeia da polimerase. Ele é realizado a partir da coleta swab com cotonete no canal do nariz e garganta. O recomendado é que esse teste seja feito logo no início dos sintomas, na fase aguda da doença. O profissional da saúde que irá aplicar o teste precisa saber do tempo de infecção e em qual fase a doença está no paciente. O resultado é entre 2 e 3 dias. 

O exame PCR pode ser encontrado em laboratórios, devido à alta complexidade para análise e equipamentos.

Para quem é indicado?

Para pacientes que tiveram contato com o vírus ou com suspeita, pois o exame identifica a presença do Sars-Cov-2 no organismo. 

Teste de antígeno

O teste diagnóstico de antígeno, conhecido como a sigla Ag-RDT, detecta a presença do vírus SARS CoV-2 no organismo. Ele é recomendado para casos suspeitos ou para pessoas que tiveram contato com pacientes infectados. Dessa forma, o exame é feito a partir da amostra coletada pelo Swab de nasofaringe e orofaringe. 

Como o teste detecta a presença do vírus, é recomendado que seja realizado entre 2 e 7 dias de contato ou aparecimento dos sintomas. Um teste com resultado não reagente não exclui o diagnóstico e é indicada a complementação com o teste padrão ouro, ou seja, RT-PCR.

Para quem é indicado?

Com eficácia de 90%, ele identifica a presença da proteína do coronavírus no organismo. Indicado para pacientes com doenças crônicas que podem agravar o quadro, para profissionais da saúde ou em hospitais.

Você encontra o exame rápido em farmácias, hospitais, clínicas, unidades de saúde, empresas e locais para testagem em massa.

Teste de anticorpo IgM/IgG

A principal diferença entre o teste de sorologia e o teste rápido são as técnicas de leitura dos resultados. O teste sorológico aponta a quantidade de anticorpos presentes que demonstram contato com o vírus e a resposta imunológica à ele. Já o teste rápido, detecta quantitativamente se há presença de anticorpos contra o vírus por meio da análise do sangue capilar com adição do reagente, sem mensuração exata. 

A amostra pode ser tanto para sangue total, soro ou plasma. Esse teste é recomendado para pessoas com início de sintomas entre 7 e 10 dias para que o resultado tenha maior precisão possível. Isso devido ao tempo de produção de anticorpos, pois nem todas as técnicas conseguem captar a presença exata de anticorpos, principalmente em assintomáticos ou sintomas leves. Por isso, o teste de sorologia pode dar negativo mesmo para o PCR positivo.

Para quem é indicado?

O teste de anticorpo IgM é indicado para quem pode ter se infectado na primeira semana, pois ele capta a proteína do sistema imune nos primeiros dias. Esse anticorpo é produzido de forma rara no organismo, por se tratar de um dos primeiros anticorpos que são produzidos quando há uma infecção. Ou seja, o teste é indicado para saber se houve contato com o vírus, mas não é totalmente preciso. 

O teste de anticorpo IgG é indicado duas semanas depois do início dos sintomas, quando a doença da Covid-19 quase já não está se manifestando mais no corpo. Ele é a segunda proteína imunológica produzida pelo organismo e permanece maior tempo nele. 

As principais diferenças entre os testes para Covid-19 de anticorpos são o tempo de permanência do anticorpo no organismo e fase da doença. Porém, ambos não confirmam com certeza quem está infectado no exato momento do teste.

Você encontra o exame rápido em farmácias, hospitais, clínicas, unidades de saúde, empresas e locais para testagem em massa.

Quer implementar e começar a oferecer testes rápidos em sua farmácia? 

Baixe nosso Ebook de Implantação de Testes Laboratoriais Remotos e saiba como começar. 

Sobre nós

Clinicarx é a Plataforma de Serviços Farmacêuticos mais utilizada do Brasil. Nós organizamos tudo para que você ofereça serviços de saúde em sua farmácia.

Post Relacionados

Acompanhe

O que é o Clinicarx?

Ao clicar em "aceitar" você concorda com o armazenamento de cookies em seu dispositivo para aprimorar a navegação do site, analisar o uso do mesmo e auxiliar em nossos esforços de marketing. Acesse nossa Política de Privacidade de Dados.

Ao clicar em "aceitar" você concorda com o armazenamento de cookies em seu dispositivo para aprimorar a navegação do site, analisar o uso do mesmo e auxiliar em nossos esforços de marketing. Acesse nossa Política de Privacidade de Dados.