Muitos farmacêuticos com quem converso dizem que estão pensando em iniciar serviços na sua farmácia, mas não sabem bem por onde começar. Ficam em dúvida se deveriam fazer algum curso, uma pós-graduação, contratar uma consultoria ou simplesmente montar uma sala e começar a atender.

Se você está começando a trabalhar com serviços farmacêuticos, preparamos uma série de passos, para te ajudar a organizar um plano de implementação da forma mais prática possível. Com menos erros e mais sucesso.

Existem 6 estágios que todas as farmácias percorrem, mais cedo ou mais tarde, quando começam a pensar em serviços farmacêuticos. Você vai descobrir a fase que mais combina com seu momento atual e algumas dicas de como se organizar e avançar.

 

Estágio #1. Descoberta

  • Você sabe o que são serviços farmacêuticos?
  • Você conhece a Lei n13.021 de 2014?
  • Sabia que o farmacêutico pode fazer mais do que apenas dispensar medicamentos?
  • Sabia que os serviços não são uma utopia, mas uma estratégia concreta para aumentar o faturamento, fidelizar clientes e criar novas unidades de negócio?
  • Você sabia que há concorrentes seus implantando serviços farmacêuticos nesse momento?

Se nada disso soa familiar para você, então provavelmente você esteja na fase de descoberta. Mas se você já superou esta fase, então é possível que você esteja no momento da exploração.

 

Estágio #2. Exploração

  • Você está pensando em implantar serviços na sua farmácia?
  • Está pensando em estrutura física?
  • Tem pesado os pós e contras disso para seu negócio?
  • Está investigando o que os concorrentes estão fazendo?

Então você deve estar no momento de explorar se a oferta de serviços clínicos, pelo farmacêuticos, pode ser parte da cultura e do DNA da sua empresa.

Sendo a exploração feita de modo formal ou informal, ao final do processo vem a decisão. Vamos tentar implementar esses serviços ou não? Se você decide continuar, então chega a fase de preparação.

 

Estágio #3. Preparação

  • Quem será responsável pelo projeto dos serviços na sua farmácia?
  • Como será a estrutura física? Que equipamentos você precisa adquirir?
  • Que sistema informatizado pode me ajudar nisso?
  • Como vou fazer a divulgação?

Nesta etapa é preciso pensar também sobre o gerenciamento do dia-a-dia das consultas, a agenda, o registro em prontuário e o acompanhamento dos resultados. Essa é a parte de gestão da prática. Você pode optar por trabalhar à moda antiga, com formulários em papel e arquivos em pasta suspensa, ou levar esse modelo manual para o computador, com pastas com nomes de pacientes e arquivos em Excel ou Word. Esse modelo funciona, mas o problema está na escala.

Para um serviço bem mais eficiente e menos dor de cabeça, você precisará de um sistema informatizado que economize tempo, simplifique e organize o registro, conecte seus farmacêuticos e lojas, reduza custos, os riscos e evite aborrecimentos. Este é um ponto estratégico para o sucesso de todo projeto.

Tudo pronto, é hora de começar os primeiros atendimentos. Você pode começar isso devagar, primeiro em uma etapa de teste, para depois ganhar escala.

 

Estágio #4. Teste

  • Você já está atendendo pacientes?
  • O número de pacientes que você atende é pequeno?
  • Está descobrindo o que funciona melhor, e o que não funciona?
  • Está deixando a jornada do seu paciente mais “redonda”?

A etapa de teste, ou piloto é quando você já tem a mão na massa. Em pequena escala. O teste inicial serve para refinamento de procedimentos, familiarização, aumento da confiança, conforto e convicção das decisões tomadas até então. Você poderá ter os primeiros resultados financeiros também, começar a entender as métricas que fazem sentido para a gestão do seu novo negócio.

Quando você está mais confiante sobre seu serviço, e ele começa a crescer, é hora de partir para a operação.

 

Estágio #5. Operação

  • Você já analisou os primeiros resultados do seu período de teste?
  • O número de pacientes está crescendo?
  • Você já sente confiança de investir em divulgação mais pesada?
  • Os serviços farmacêuticos já estão fazendo parte da rotina da sua empresa?

Então sua farmácia está se movendo para a provisão de serviços de forma profissional. Isso não significa que o serviço está estático. Mudanças de planos e estratégias são comuns e fazem parte desta etapa, em que os serviços começam a ganhar um pouco mais de escala.

Pontos importantes nesta fase incluem o aperfeiçoamento da publicidade, geração de demanda, a equipe de vendas, as formas de remuneração dos farmacêuticos e o acompanhamento das métricas-chave do seus serviços.

Manter os serviços em operação te levará ao último estágio da implementação. O olimpo dos serviços farmacêuticos. A sustentabilidade.

 

Estágio #6. Sustentabilidade

Os serviços farmacêuticos são uma novidade no Brasil, por isso, poucas farmácias já alcançaram este estágio da implementação. Ele ocorre quando o serviço já está maduro, em operação há bastante tempo, com resultados sólidos e persistentes. É o momento de colher frutos e sempre pensar em continuar inovando, para se manter competitivo.

Para chegar lá, fique atento ao próximo passo, sobre como definir seu portfólio inicial de serviços.

Tenho certeza de que você vai conseguir. Boa sorte pra você!

Posts relacionados