Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2024

Dia Mundial de Luta Contra a Aids: Saiba mais!

<span class="artigo-escrito">Artigo escrito por: </span>Marcela Mazetto

Artigo escrito por: Marcela Mazetto

Todos os meus artigos

O Dia Mundial de Luta Contra a AIDS acontece no dia 1 de dezembro como uma oportunidade de conscientização e solidariedade em relação à epidemia do HIV/AIDS. 

Os números no Brasil comprovam ainda mais a necessidade da informação sobre a prevenção e cuidados: são mais de um milhão de pessoas que vivem com a doença aqui em nosso país, segundo dados do Ministério da Saúde

Saiba mais informações aqui neste artigo e tome todos os cuidados e prevenções para se proteger contra a doença.

Como a AIDS surgiu?

Como a AIDS surgiu?

A AIDS surgiu pela primeira vez na década de 1980, onde inicialmente foi identificada como uma doença misteriosa que afetava o sistema imunológico das pessoas, tornando-as vulneráveis a infecções e doenças oportunistas.

Logo, pesquisadores e cientistas identificaram o HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) como o agente responsável pela doença. 

A ação desse vírus ataca e destrói as células do sistema imunológico, enfraquecendo a capacidade do corpo de combater infecções e doenças.

Acredita-se que o HIV tenha sido transmitido aos seres humanos através da caça e consumo de primatas infectados, como o chimpanzé. 

Com o passar dos anos, houve avanços significativos na prevenção, diagnóstico e tratamento do HIV/AIDS. 

Atualmente, existem medicamentos antirretrovirais eficazes que podem controlar o vírus e melhorar a qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV/A a enfermidade.

A conscientização sobre a prevenção, o acesso a testes de HIV, o tratamento adequado e a redução do estigma associado ao HIV/AIDS continuam sendo desafios importantes na luta contra a doença. 

Por isso, é fundamental promover a educação para o cuidado preciso com a doença! Leia mais abaixo.

Como é a transmissão da AIDS?

Como já citado anteriormente a AIDS é uma condição causada pelo vírus da imunodeficiência humana, onde o mesmo ataca o sistema imunológico, deixando o corpo vulnerável a infecções e doenças oportunistas. 

O HIV é transmitido por meio de:

  • Relações sexuais desprotegidas, 
  • Compartilhamento de agulhas contaminadas, 
  • Transmissão de mãe para filho durante a gravidez, parto ou amamentação
  • Exposição e contato com sangue contaminado.

Desde o início da epidemia de AIDS, foram registrados milhões de casos em todo o mundo, com um número significativo de mortes, porém, ao longo dos anos, houve avanços significativos na prevenção e no tratamento do HIV/AIDS. 

Como já citado anteriormente, hoje existem vários remédios antirretrovirais eficazes que podem controlar o vírus e permitir que as pessoas tenham vidas longas e saudáveis, além de reduzir a transmissão do HIV.

Mas, é importante destacar que a luta contra o HIV/AIDS está longe de acabar. 

Ainda existem muitos desafios a serem enfrentados, especialmente em áreas com recursos limitados e em populações marginalizadas. 

É essencial manter os esforços de prevenção, educação e tratamento para reduzir o impacto do HIV/AIDS, além de melhorar a qualidade de vida das pessoas que possuem essa enfermidade.

Como se prevenir da doença?

Homem segurando embalagem de preservativo

A prevenção é um dos pilares fundamentais na luta contra o HIV/AIDS! Existem várias medidas que podem ser adotadas para reduzir o risco de infecção pelo HIV, como:

  • Uso de preservativos: O uso correto e consistente de preservativos durante as relações sexuais é uma das formas mais eficazes de prevenir a transmissão não somente dessa doença, mas também de outras infecções sexualmente transmissíveis.
  • Testagem regular: fazer o teste de HIV regularmente é importante para identificar precocemente a infecção e iniciar o tratamento o mais cedo possível. Além disso, saber o status sorológico do parceiro sexual também é essencial para tomar medidas de prevenção adequadas.
  • Profilaxia pré-exposição (PrEP): A PrEP é uma estratégia de prevenção que envolve o uso diário de medicamentos antirretrovirais por pessoas que estão em maior risco de contrair o HIV. Essa abordagem tem se mostrado eficaz na redução do risco de infecção pelo vírus.
  • Tratamento como prevenção: Pessoas que vivem com o HIV e estão em tratamento antirretroviral eficaz têm uma carga viral indetectável, o que significa que o vírus não pode ser transmitido sexualmente. 

Além da prevenção, é fundamental combater o estigma e a discriminação associados ao HIV/AIDS. 

Esse preconceito afeta negativamente a qualidade de vida das pessoas vivendo com o HIV, além de dificultar o acesso a serviços de saúde e apoio adequados, incluindo a própria divulgação sobre os cuidados com a doença. 

É importante promover a educação, a empatia e a solidariedade, garantindo que todas as pessoas afetadas pelo HIV/AIDS sejam tratadas com dignidade e respeito.

No Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, é essencial reforçar a importância da prevenção, da testagem, do tratamento e do apoio às pessoas afetadas pelo HIV/AIDS. 

É um momento para unir esforços e conscientizar a sociedade sobre a importância de combater essa doença e trabalhar em direção a um mundo livre do HIV/AIDS. 

Através de ações coletivas e individuais, podemos fazer a diferença na prevenção e no enfrentamento do HIV/AIDS.

Aqui na Clinicarx trabalhamos sempre em prol da educação, do cuidado e do bem estar de todos por meio da informação e do acesso à saúde. Saiba mais em nosso site!

Compartilhe

Gostou do artigo? Compartilhe em duas redes sociais

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Sumário

Veja essas outras categorias

Veja outros artigos

Outros conteúdos que você pode gostar

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias para personalizar e melhorar a sua experiência conosco. Para mais informações sobre cookies bem como para exercer o seu direito de desabilitá-los, consulte nossa Política de Privacidade.  Ao clicar em aceitar, você concorda com todos os cookies.